Richa planeja pagar R$ 3 bilhões para privatizar serviços do Paraná”, acusa Tadeu Veneri

O deputado estadual Tadeu Veneri (PT) acusou o governo de “Carlos Alberto Richa” (PSDB) de pagar R$ 3 bilhões para privatizar os serviços de inteligência do Paraná.

A transferência dos serviços da prefeitura de Curitiba para o Estado, de acordo com o deputado, não tem a anuência ou conhecimento do prefeito Gustavo Fruet (PDT) e da vice Mirian Gonçalves (PT).

Segundo denúncia do parlamentar petista, as terceirizações estão sendo licitadas para 25 anos com possibilidade de prorrogação para mais 25. Ou seja, a emissão de carteiras de identidades poderá ficar para uma empresa privada pelo período de 50 anos.

O modelo de administração pensado por Richa, segundo Veneri, é o mesmo de São Paulo, Minas, Rio Grande do Sul e Bahia.

Para o deputado do PT, “Carlos Alberto Richa” perdeu o juízo.

“Nem o governo Lerner ousou fazer o que o governo Carlos Alberto faz agora”, critica.

Eu acrescentaria mais uma questão, caro deputado. Com o modelo de administração terceirizado, o Estado ganhará a feição da pessoalidade — quando atualmente em tese é “impessoal” — haja vista que a contratação de servidores, pelas empresas concessionadas, mormente se dará por indicação política.

O erário pagará, mas o coronel político da região indicará quem vai trabalhar no tal “Tudo Aqui” sem a necessidade de concurso público. Um retrocesso sem precedentes.

Comentários encerrados.