O comitê suprapartidário de Requião

Vanhoni cotado para a vice de Requião, "se Gleisi não disputar o governo".

Vanhoni cotado para a vice de Requião, “se Gleisi não disputar o governo”.

Reuniu-se há pouco à  mesma mesa, no restaurante Madero, em Curitiba, o que pode ser considerado o embrião do comitê suprapartidário do senador Roberto Requião (PMDB) ao governo do Paraná.

Os cardeais peemedebistas Marcelo Almeida, João Arruda, Caíto Quintana e Antonio Anibelli, o Anibelinho, debatiam a organização de uma consistente agenda! de Requião pelo interior do estado. O senador se lançou nesta segunda-feira (11) na disputa pelo Palácio Iguaçu.

Alto lá! Tem dois neste post. Afinal, o Anibelinho não tinha vestido cueca de seda!? A reunião/almoço não era suprapartidária?

Vamos à s angústias. Anibelinho jurou de pés juntos que a cueca não lhe serviu, portanto, segundo ele, continua se orientando pela Carta de Puebla. Em relação ao suprapartidarismo, estava à  mesa o deputado federal à‚ngelo Vanhoni, do PT.

Se Gleisi Hoffmann continuar na Casa Civil e não disputar o governo, o Vanhoni seria um ótimo vice para a chapa de Requião!, provocou um dos comensais. O petista se esquivou dizendo que prefere o Senado.

Comentários encerrados.