No Paraná, tucanos acusam Gleisi de aderir ao neoliberalismo e promover “privatização loura”

Com a ideia fixa de atingir a ministra Gleisi Hoffmann (PT), virtual adversária de Beto Richa (PSDB) em 2014, o líder do governo do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB), atira no governo federal, a quem ele acusa de promover "privatização loura".

Com a ideia fixa de atingir a ministra Gleisi Hoffmann (PT), virtual adversária de Beto Richa (PSDB) em 2014, o líder do governo do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB), atira no governo federal, a quem ele acusa de promover “privatização loura”.

A memória tucana é seletiva. Só recorda o que lhe interessa no momento. Esta semana veio à  tona que o governo de Beto Richa (PSDB) pretende privatizar os serviços de atendimento ao povo. Essas tarefas serão drenadas a empresas privadas pela bagatela de R$ 2,9 bilhões nesse projeto que batizaram de “terceirização”.

Não bastasse o governo tucano cobrar uma das tarifas de água mais cara do país para garantir dividendos a sócios privados da Sanepar, a estatal de saneamento, agora chega a informação que até as águas dos rios paranaenses serão privatizadas. Só a título de comparação, na Nova Zelândia a água é gratuita para todos — sem tarifa –, isto porque não se trata de um país socialista; pelo contrário, é monarquista.

Dito isto, estranhamente chega a minhas mãos artigo da lavra do líder de Richa na Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano, que acusa a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, do PT, de promover uma “privatização loura” no país.

“A ministra Gleisi Hoffmann… está comandando a privatização das estradas, dos aeroportos e dos portos brasileiros”, acusa o tucano.

A seguir, leia a íntegra do artigo do deputado Traiano:

Privatização loura

por Ademar Traiano*

O PT é um partido com duas caras. Chegou ao poder em 2003 prometendo uma revolução ética na política e dez anos depois o Brasil assistiu estarrecido ao julgamento do mensalão – o maior escândalo de corrupção da história do país. Um tsunami de lama petista que ainda avança e ameaça atingir em cheio o ex-presidente Lula, o homem que sabia de menos.

E as surpresas do PT não acabaram. O partido, que ganhou três eleições presidenciais demonizando as privatizações, está tocando um enorme programa de privatização de estradas, aeroportos e portos. Um pacote que vai entregar a iniciativa privada 7,5 mil quilômetros de rodovias e 10 mil quilômetros de ferrovias, aeroportos e portos.

O cinismo do PT não tem limites. No Paraná os petistas vêm sistematicamente acusando o governador Beto Richa de tramar, de forma ardilosa, a privatização deste ou daquele bem público. Ora é o ensino, ora é a saúde, a Copel ou então a Sanepar. Só a má fé dos acusadores explica essa prática.

O PT acusa os outros, mas quem privatiza é o PT. A ministra Gleisi Hoffmann, que ao longo das duas campanhas que fez ao Senado e uma à  prefeitura de Curitiba, sempre fez eco à s acusações de que Beto Richa tramava privatizações, está comandando a privatização das estradas, dos aeroportos e dos portos brasileiros.

E na primeira leva de privatizações do setor portuário está justamente o porto paranaense de Paranaguá que deverá, através da Medida Provisória 595, passar ao controle federal e ter 25 áreas privatizadas. Ou seja, tudo o que o PT falava a respeito das privatizações não passava de uma manifestação cínica de oportunismo político.

à‰ importante destacar que não existe nada errado, em si, com a privatização. Quando o Estado não dispõe de recursos para tocar determinadas atividades econômicas, quando a iniciativa privada é mais eficiente para atender demandas da população, a iniciativa privada pode assumir ficando o Estado com o papel de regulador.

O que é errado e constitui estelionato político é um partido chegar ao poder levantando a bandeira da defesa do patrimônio público e uma vez lá passar a privatizar mudando apenas o nome do processo. Assim, como tratava a roubalheira do mensalão como um caso de “simples” caixa dois, o PT trata as privatizações que faz como um processo de “concessão”.

Para piorar as coisas, Paranaguá, Porto em que o PT se movimenta para privatizar, sofreu tratamento discriminatório por parte do governo federal nos últimos anos. Isso ocorreu apesar de o Estado contar, no governo Dilma, com um número inédito de ministros paranaenses (além de Gleisi, Paulo Bernardo, e Gilberto Carvalho). Ministros do PT que jogam juntos contra o Paraná.

Prova disso é que, apesar de maior e mais importante, Paranaguá recebeu menos recursos federais que portos de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Em 2012, os portos catarinenses (Imbituba, Itajaí e São Francisco do Sul), que movimentam juntos pouco mais da metade das cargas de Paranaguá, receberam quatro vezes mais recursos que o porto paranaense.

O porto de Rio Grande, no Rio Grande do Sul (Estado governado pelo PT), apesar de também ter uma movimentação de cargas muito inferior a Paranaguá, recebeu oito vezes mais dinheiro federal que o nosso Porto. Ou seja, antes de iniciar a privatização e de transferir do governo do Paraná para o governo federal o controle dos projetos de expansão dos portos (MP 595) o governo Dilma tratou de enfraquecer Paranaguá cortando recursos.

Gleisi Hoffmann acaba de voltar ao Brasil depois de fazer o circuito Nova York-Londres tentando vender o patrimônio público brasileiro, as estradas federais, os portos e aeroportos. Junto com os portos, Gleisi levou na bolsa, para tentar seduzir os investidores americanos e europeus, além dos portos do Brasil, os direitos trabalhistas dos portuários brasileiros. Ou seja, o Partido dos Trabalhadores além de enterrar em cova rasa suas bandeiras e supostas convicções anti-privatização também oferece de brinde ao capital internacional os direitos de trabalhadores portuários que sempre votaram no PT.

Gleisi, aquela que engrossava o coro histérico contra a venda de empresas públicas, é hoje o novo rosto do cinismo e da privatização petista.

* Ademar Traiano é líder do governo Beto Richa na Assembleia Legislativa do Paraná.

27 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. a questão não é a privatização e sim que o pt ganhou as eleições contra isto, então, se era ruin privatizar nas eleições, como após ela é o melhor a fazer.
    com a campanha obtidas pelo pt nas eleições passadas este partido seria obrigado a torna o estado um gestor eficiente e não privatizar! temos que ser coerente e não fanáticos. Votei na dilma mas pelo fato de ir contra seus principios de eleição não voto mais! obg.

  2. Pô Esmael, eu concordo com muita coisa que você diz.. mas se você sai falando sobre o que você não entende, ou não explica, fica difícil dar credibilidade.

    O que você quis dizer com “agora chega a informação que até as águas dos rios paranaenses serão privatizadas”?
    Se você está falando sobre a implantação da cobrança do uso da água na Bacia do Altíssimo Iguaçu e Afluentes do Ribeira, acho que você deveria dar uma lida na Lei Nacional das Águas (LF 9433/97) para entender melhor este importante instrumento de gestão das águas no Brasil.
    Se não é isso, explica melhor o que você está querendo dizer…

  3. ESMAEL O TEU PARTIDO PETEZADA, E VOCE , ESTAO DECENDO O PAU NO BETO, HOJE, E O QUE O PT FES MENSALAO ROSEMERY ETC, VOCE QUANTINUA NAO FALANDO.

  4. Porque Trainano aparece agora??
    É para tirar o foco do calote nos professores ou para desviar o foco de que Beto abandonou os eleitores da capital em relaçao ao transporte???

  5. ÊSSE TRAIANO, FICHA SUJA, LIDER DO GOVERNADOR, É O MESMO QUE EMPREGOU NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA UM FILHO MENOR, QUE NÃO PODERIA SER FUNCIONÁRIO PÚBLICO, POR MUITOS ANOS E SERÁ QUE DEVOLVEU O DINHEIRO AOS COFRES PÚBLICOS, CORRIGIDO. E QUEM AUTORIZOU A CONTRATAÇÃO DO FILHO MENOR, TAMBÉM TEM O RABO PRESO E NÃO SÃO POVO.

  6. Reconheço que esse governador é mui quebra na arte de colocar o punhal na mão dos seus ascetas para atacarem adversários, todavia, via de regra, deveria acurar um potencial humano mais respeitado. Que me perdoe, o erudito Andrew Lang, mas o Governador usa o Traiano como os bebados usam os postes: mais para apoio do que para iluminação. No entanto , o governador deveria se ocupar em assuntos mais relevantes, tal como usar a questão dos royalties do petróleo, para tentar revogar dispositivo constitucional que o vampiro Serra conseguiu surrupiar do Paraná, a propósito no bom dia Brasil de hoje, a jornalista Mirian Leitão começou a falar da injustiça que o Paraná se submeteu, mas foi interrompida por outra pergunta de Chico Pinheiro, vejam a jornalista não é paranaense, mas tem consciência politica, enquanto isso nós estamos comemorando empréstimo de 350 milhões de dólares, se tivessemos o icms da energia gerada em Itaipu esse valor era trocado para dar a guardador de carro, Vivat, Vivat o tucano José Serra, não por acaso protegido de sua Excelência.

    • Aí Proteu, mandou bem, emborá eu seja a favor de tributar no destino.
      Aguardemos o pior ainda, pois os Estados chorões vão querem rever os royaltis da energia elétrica e podem conseguir tirar o rico dinheirinho dos municípios lindeiros de Itaipú.

  7. Traiano é o “rola bosta” do Beto e do Rossoni.

  8. Na verdade essa Traiano Gaga está se borrando nas calças, está com medo de perder a mamata, ele sabe que a Gleisi vem com tudo pra tirar o Richa do Palácio Iguaçu em 2014.

  9. O PT privatiza de maneira clara e transparente. Na privatização Da BR 101, promovida por eles, você vai até Florianópolis e gasta R$ 7,50 para rodar, são 304 km.
    Na privatização do PSDB, você vai até nossa querida Caiobá que fica a 113 km de distância e paga R$ 13,90.
    Custo da viagem do pedágio PT R$ 0,025/km.
    Custo da viagem do pedágio PSDB R$ 0,123/km…Quase 5 x…
    Então se privatizar direitinho só traz vantagens a população…

  10. Esse Traiano é mais sujo do que pau de galinheiro e ainda fica por aí falando besteiras, de coisas que ele não sabe e não entende.

  11. E aí Richa e Traiano, que preço vai o pedágio quando ficar pronto a duplicação do trecho Ponta Grossa a Apucarana? R$ 20,00? Ja combinaram tudo escondidinho com a concessionária a renovação desses contratos por mais uns 20 anos? Fora tucanada.

    • Só lembrando Paulo que ele não têm nada a ver com esta duplicação
      é a concessionária que executa a obra com nosso dinheiro e tardiamente.
      Vale lembrar que o contrato prevê estas duplicações anunciadas,então não é nenhum favor,é obrigação

  12. Traiano o passado lhe condena, ou “Nós Sabemos o que Vocês Fizeram no Verão Passado.

    http://www.fabiocampana.com.br/2010/05/banestado-acao-aguarda-parecer-do-ministerio-publico-ha-um-ano/

  13. Beto cria cargos pros amigos, mas não paga os professores, nem subsidia as passagens, e pior, Beto acusa que a Gleisi que privatizar, mas quem vai privatizar, já está privatizando é ele. PSDB, vocês devem mudar esse discurso se quiserem ganhar algo, porque vcs se afundam cada vez mais… PARTIDINHO de direita, só existe ainda por causa da PIG, mas esperem…

  14. O duro é ano após ano você perceber que a política involui. Ter que ficar vendo um camarada como o tal Traiano dar discurso é de doer. Não tem a mínima consistência, o mínimo preparo para nada. É apenas um puxa-saco de luxo do governo, sempre. Me dá vergonha esse tipo de situação. Essa prática antiga de ficar demonizando o adversário, usada por todos de A a Z, é no mínimo ultrapassada. Saindo da boca de alguém tão medíocre, soa ainda pior. Tentem levar o discurso para outro nível. Tentem melhorar. Evoluam parasitas.

    • parabens TIO QUIM, perfeita as suas colocações…

    • Quando Beto faz alguma M.. e olha que não foram poucas vezes,aparece este Traia como vitrine para mudar o foco do que Beto fez,isto é jogada política,amigos
      Assim aconteceu na Câmara Municipal de Curitiba na época do Derosso.

      Mais a população já não cai mais nesta,a raposa felpuda têm que mudar a estratégia porque desta,o povão está vacinado

  15. MP 595 vai prejudicar os chamados portuários avulsos.Já por outro lado,visa agilizar e baratear o frete marítimo no país, reduzir o tempo médio de carga e descarga e aumentar a competitividade do setor, considerado um dos principais gargalos para o crescimento do Brasil.E quem é o PSDB,para falar de NEOLIBERALISMO,se o Partido ,Prática o mesmo NEOLIBERALISMO que levou à Europa à crise !

  16. O PSDB privatizou os pedágios no Paraná e foi um caos. Até hoje somos humilhados pelos donos dos pedágios. Depois de muito se ajoelhar e prometer não reclamar muito as concessionários vão liberar nosso dinheiro para fazer a duplicação. E ainda devemos agradecer como se fosse um favor, uma conquista. Não sou contra privatizações mas os portos é algo insuportável nos dias atuais manter as mordomias dos portuários e sindicatos. A Dilma está certa e novamente o Richa vai contra uma questão certa como foi a energia. Temos que incentizar a iniciativa privada nos portos e reduzir o custo do Paraná com menores custos dos portos e menores pedágios.