Na Venezuela, Maduro ensaia goleada com até 22 pontos de vantagem sobre Capriles

da Agência Venezuelana de Notícias, via Agência Brasil

 O candidato à  Presidência pelo PSUV, Nicolás Maduro, cumprimenta populares no bairro de Pertare, em Caracas (Efe).

O candidato à  Presidência pelo PSUV, Nicolás Maduro, cumprimenta populares no bairro de Pertare, em Caracas (Efe).

Os resultados das mais recentes pesquisas de opinião feitas por diversos institutos de pesquisa da Venezuela dão como ganhador o presidente em exercício, Nicolás Maduro, com vantagem entre 16% e 22% sobre o candidato de direita, Henrique Capriles. O jornalista venezuelano José Vicente Rangel, em seu programa dominical, deu informação sobre várias pesquisas realizadas nas últimas semanas.

Uma delas, do Instituto Venezuelano de Análise de Dados (Ivad), indica que nas próximas eleições presidenciais 53,8% dos venezuelanos votariam pelo candidato Nicolás Maduro, que fica com vantagem de 22,2% sobre Henrique Capriles, com 31,6% de respaldo.

O estudo, feito entre 12 e 18 de março de 2013 pelo instituto, registrado no Conselho Nacional Eleitoral, perguntou quem é o melhor candidato para resolver os problemas do país: 54% disseram que é Maduro, enquanto 32,3% disseram que é Capriles e 13,7% se abstiveram de opinar. A vantagem a favor do candidato socialista é 21,7%.

A amostra, feita com 1.200 pessoas em todo o território nacional, também apresentou dados sobre a gestão do gabinete de Governo: 58,5% dos entrevistados consideram positiva.

Maduro também é visto por 54,3% dos venezuelanos como o candidato que garante maior estabilidade política ao país; Capriles obteve 31,5% de respaldo e 14,3% não responderam. A vantagem a favor de Maduro é 22,8%.

Independentemente da preferência de votos, 64,7% dos venezuelanos acreditam que Nicolás Maduro vencerá, 22% consideram que Capriles ganhará, e 13,1% não responderam. A vantagem a favor do socialista é 42,4%.

A respeito da militância partidária, o estudo do Ivad revelou que o Partido Socialista Unido da Venezuela (Psuv) conta com 48,3% de militância e simpatia.

O apoio ou simpatia aos partidos de direita se divide da seguinte maneira: Primeiro Justiça, 6,7%; Ação Democrática, 4,4%; Um Novo Tempo, 3,6%; PPT, 1,4%; Copei, 1,2%; Vontade Popular, 1,1%; outros partidos somados, 3,9%; nenhum, 27,9%; não sabe ou não respondeu, 1,6%.

Pesquisa feita entre 12 e 13 de março deste ano pela Datanálisis indica que o candidato socialista Nicolás Maduro tem respaldo de 49,2%, enquanto Capriles conta com 34,8%. Maduro mantém vantagem de 14,4% sobre Capriles, que perdeu as eleições do dia 7 de outubro de 2012 por mais de 10 pontos.

As pesquisas feitas pela Hinterlaces, concluídas em 16 de dezembro, também revelam que o candidato Nicolás Maduro mantém ampla vantagem sobre o candidato derrotado nas eleições presidenciais passadas. De acordo com o instituto, Maduro tem o respaldo de 53% dos venezuelanos e Capriles de 35%. A vantagem do candidato socialista é 18%. Quanto á percepção de quem ganhará a disputa eleitoral, 61% garantem que será Maduro e 21% que será Capriles. A vantagem é 40% a favor do candidato socialista.

No mais recente estudo do instituto International Consulting Services, 58,2 % dos entrevistados disseram que se as eleições para presidente da Venezuela fossem hoje votariam em Maduro, enquanto 40,5% responderam que votariam em Capriles. A vantagem a favor de Maduro nessa pesquisa é 17,7%.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I just want to mention I am very new to blogs and truly loved your web page. Almost certainly I’m going to bookmark your blog post . You really have incredible well written articles. Kudos for sharing with us your website page.

  2. o maduro que tome cuidado. entrar no krenlin na epoca da guerra fria era impossivel,a segurança era perfeita.mas segundo a voz da russia .um emissario assacino quebrou a segurança ,para acabar com stalin . quem era o cabeça o ex da iugoslavia ,na epoca. general tito. passado uns tempos ele foi um ditador pró americano dentro do cumunismo. coisa que comunismo nunca hove no mundo ,e nem haverá ,mas a ditadura planificada sim existe ,existiu ,e semple vai investir.o que a ex iugoslavia ganhou de presente ?depois da morte de tito ,os herdeiros do poder não tiveram a carisma do velho lider,que manteve todos num so estado dentro do controle ,mão de ferro.depois inventado pela onu ,desrespeito aos direitos humanos,desintegraram o pais ,e criando varios estados nacionais fracos e falidos.por ultimo kossovo, a unica saida pacifica foi a recem criada republica de monte negro.a servia ficou com a maior parte do exrcito. por isso que a russia deixou acontecer ,foi uma vigança russa ,por causa da iugoslavia ter traido o pacto de varsovia. historias da iugoslavia ler.

  3. Por mim, que se danem. Cada povo tem o maluco que merece. Nós também estamos bem servidos por aqui.

  4. Chavismo ou os Americanos toma conta do pedaço.

  5. Estou Cagand… pra eleiçoes na Venezuela. Falta de assunto dá nisso. Vai buscar o que postar que interesse a nós paranaenses e brasileiros. Na amaerica latina, tem um monte de paisinhos que se dizem democracia , mas governador por pequenos ditadores pequenos.

  6. Como pode esse povo do Chavez alienou a cabeça dos habitantes da Venezuela. Com todo aquele Petróleo, a vida de do povo é uma m…a, mas como o governo controla tudo, elas acham aquilo uma maravilha…
    E tem gente no Brasil que defende essa bandidarada….
    Se o governo mandar eles comerem coco, eles come…

  7. Chavez 2 x 0 capriles