Por Esmael Morais

Mídia global vê brasileiro favorito em conclave. O que muda isso para o país? Nada

Publicado em 10/03/2013

Durante a celebração, o arcebispo homenageou o casal Maria e Carmine Perseguette, de 89 anos. O casal tem três filhos, quatro netos e três bisnetos e comemorou hoje 70 anos de casamento.
Bem-humorado, dom Odilo abençoou os dois e disse: “Há 70 anos eu nem tinha nascido. Que belo, que lindo, que Deus abençoe essa família.!

O casal agradeceu. Eu estou muito feliz hoje!, disse Maria Perseguette. Sim. Também estou muito feliz!, ressaltou Carmine Perseguette.

Patrono da Igreja de Sant’Andrea, na qual celebrou a missa, dom Odilo falou na cerimônia sobre a importância da Quaresma e da Páscoa para os católicos. Ele destacou a importância do perdão verdadeiro, não apenas do individual, mas daquele que vem do interior de cada pessoa, além de lembrar que este é o período de busca da conciliação.

Não basta só o perdão individual, é preciso pensar na humanidade, no perdão interior. à‰ o perdão completo para se restituir a dignidade!, disse dom Odilo, ressaltando que a eleição do papa tem provocado um grande interesse! pela Igreja Católica Apostólica Romana.

No momento da comunhão, dom Odilo e padres de várias nacionalidades entregaram a hóstia consagrada aos fiéis. Para receber a hóstia das mãos de um possível sucessor de Bento XVI, muitos fiéis enfrentaram uma grande fila.

A missa de dom Odilo foi acompanhada por jornalistas brasileiros e também estrangeiros, entre os quais, muitos italianos, alemães, canadenses, norte-americanos, franceses e espanhóis. Sem reunião preparatória do conclave prevista para hoje (10), vários dos 158 cardeais presentes no Vaticano celebraram missas ao longo do dia em distintas igrejas de Roma.