Ex-marido de Dilma aponta ‘núcleo de tortura’ entre empresários

Em depoimento à  Comissão Nacional da Verdade em Porto Alegre, o militante do PDT e ex-marido da presidente Dilma Rousseff, Carlos Araújo, disse que empresários ligados à  Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) "não só financiaram, mas estimularam e assistiram à s sessões de tortura" durante o regime militar; segundo ele, essa "direita raivosa" ainda está integrada à s atividades da Fiesp.

Em depoimento à  Comissão Nacional da Verdade em Porto Alegre, o militante do PDT e ex-marido da presidente Dilma Rousseff, Carlos Araújo, disse que empresários ligados à  Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) “não só financiaram, mas estimularam e assistiram à s sessões de tortura” durante o regime militar; segundo ele, essa “direita raivosa” ainda está integrada à s atividades da Fiesp.

Pela proposta do advogado Carlos Araújo, ex-deputado estadual do Rio Grande do Sul pelo PDT e ex-marido da presidente Dilma Rousseff, não vai sobrar “um meu irmão” neste país.

O ex-marido da presidenta pediu que a Comissão Nacional da Verdade investigue, também, os empresários brasileiros que financiaram a repressão entre 1946 e 1988.

Há informações de que até os donos de empresas de comunicação emprestavam seus carros para a repressão capturar e transferir presos políticos de uma prisão a outra.

Segundo o advogado, no regime militar, havia empresários que iam para a sala de tortura estimular os torturadores e se envaidecer com a tortura de militantes contrários ao regime.

“Não foram poucos os empresários que foram para as salas estimular os torturadores e se envaidecer com a tortura dos nossos companheiros”, disse o ex-deputado.

Carlos Araújo aponta empresários ligados à  Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) teriam financiado e até participado de sessões de tortura durante a ditadura militar.

Militante da VPR, o ex-marido de Dilma pediu que a comissão investigue o “núcleo de tortura da Fiesp”.

A revelação foi feita nesta segunda-feira pelo militante do PDT e ex-marido da presidente Dilma Rousseff, Carlos Araújo, durante depoimento à  Comissão Nacional da Verdade, em Porto Alegre.

Apesar das denúncias, Araújo não citou nomes de empresários envolvidos, nem disse se foi submetido a interrogatório diante de integrantes da Fiesp. Contudo, o ex-militante do VPR disse que a federação financiava a Operação Bandeirante (Oban) e, posteriormente, o DOI-CODI. Ele disse ainda que considera relevante a investigação, porque essa “direita raivosa” ainda está integrada à s atividades da Fiesp.

Com informações do site Brasil 247.

16 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Esse é o tema – muito bem explorado – pelo documentário “Cidadão Boilesen”, dirigido por Chaim Litewski e lançado em 2009. Assistam e divulguem!

  2. Os governos, café com leite,Getúlio Vargas, Jk, Janio e governo militar, são todos farinha do mesmo saco hj bem representados pelo psdb.
    Essa turma sempre foi contra os movimentos sociais,na minha opinião só o Jango tentou e dançou, e espero que o PT não se contamine com essa tigrada.

    • Sempre apoiados por latifundiários entre outros coronéis, e até alas da igreja,e aparece outro com 50 anos em 5, estruturando o pais pros automóveis e as ferrovias,hidrovias bau bau…
      Estes mesmo que brincando de me engana que eu gosto, que atendendo o interesses expansionista dos EUA, fizeram a reforma na educação acabando com o ensino propedêutico e optando por um ensino tecnista, o primeiro era formador de opinião o segundo era e é até hj pro sim sr pois não, ai vem junto a jovem guarda tudo ovelhinha cantando meu coração é verde amarelo azul anil, e que tudo mais vá pro inferno o tudo mais era o POVO…eu prefiro…quem sabe faz a hora e não espera acontecer.

  3. Me digam ai, na foto o cara de terno no primeiro plano atras do policial correndo, não parece o Willian Bonner??? To dizendo que a GloB O, ta envolvida com prisões e delatou muita gente pra conseguir $$$ dos militares…….

  4. *presidente

  5. Esse senhor, Ex marido da Dilma é como as Marias Gasolinas atras de 5 minutos de fama. Está conseguindo. Todos sabem que se investigarem vão dar de cara com uma Certa Rede de TV (GL..O) e ai engavetam qualquer investigação.

  6. Ralf Rickli, morou perto de um vulcão adormecido e natural a sua preocupação.

  7. Engraçado é ver a esquerda fazendo caça as bruxas, quando os crimes destes também foram anistiados.

    • Na pratica a ANISTIA no Brasil, foi a DIREITA (os militares), perdoando a ESQUERDA (os perseguidos) e de contra partida se AUTO-PERDOANDO…
      Se DEUS permitisse que os homens usassem esse critério, até o CAPETA iria para o céu…

  8. Estou checando e checando de novo a data dessa postagem para ver se é de 2013 mesmo. Em que mundo o sr andou nos últimos anos, sr Esmael? Não existe, nada, ABSOLUTAMENTE NADA de novo nesse depoimento, que já não tenha sido amplamente divulgado e comentado na blogosfera há PELO MENOS dois anos, provavelmente mais. É claro que é importante esse homem falar o que sabe, mas novidade ele não trouxe nenhuma. E o senhor, que escreve sobre política, está surpreso? Desculpe, mas está duro de acreditar!

  9. Tem muito empresário do ramo de comunicação que contribui bastante para a ditadura se instalar no país. Tem um documentário que uma certa rede de TV proibiu a sua exibição no Brasil que deve ser assistido:
    “Muito Além do Cidadão Kane”, tem na INTERNET e dublado…
    Outro livro importante sobre o assunto é: “A História Secreta da Rede G…o” do Jornalista Daniel Herz..

  10. Um comentário fora do Assunto do Post, Inércia dos Governos Estaduais e Federais, vejam o Caso do RJ, UM ano depois nada foi feito e tudo aconteceu de novo. Lá onde houve Tsunami… um ano depois está tudo limpo organizado funcionando perfeitamente como se nunca tivesse havido um Tsunami Aqui No brasil vem a Presidenta e : http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=1354796&tit=Medidas-drasticas-devem-ser-tomadas-diz-Dilma-sobre-chuva

  11. Só rindo mesmo, isso não vai dar em nada, especialmente quando uma investigação der de cara com a Rede Globo, que cresceu com ajuda $$$ dos Regimes Militares. Dedurando “inimigos” do poder. Ai a coisa será arquivada e esquecida. Só neste País.