Em nota oficial, governo do Paraná “esclarece”, mas não explica contratação de Ibope

Governo Beto Richa contrata Ibope pela bagatela de R$ 2,3 milhões, mesmo sabendo que o instituto errou feio em Curitiba e Foz do Iguaçu. O Ibope é alvo de investigação de CPI na Assembleia por fraude eleitoral. Como o governo tucano acredita em uma empresa com um histórico desse? Alguém poderia explicar?

Governo Beto Richa contrata Ibope pela bagatela de R$ 2,3 milhões, mesmo sabendo que o instituto errou feio em Curitiba e Foz do Iguaçu. O Ibope é alvo de investigação de CPI na Assembleia por fraude eleitoral. Como o governo tucano acredita em uma empresa com um histórico desse? Alguém poderia explicar?

O governo do Paraná, por meio da assessoria de comunicação na Celepar, emitiu uma nota oficial de esclarecimento, nesta noite (14), acerca da contratação do Ibope pelo valor de R$ 2,3 milhões em licitação homologada no último dia 28 de fevereiro.

Na nota, o governo “esclarece”, mas não explica nada. Apenas se limita a dizer que o Ibope venceu a licitação porque apresentou o menor preço.

O blog questionou na manhã de hoje o fato de o instituto ser investigado por uma CPI na Assembleia Legislativa, cuja iniciativa da comissão partiu de governistas, e ser agraciado por um contrato (clique aqui para relembrar).

As indagações levantadas por este blog ainda continuam em aberto. Vou repeti-las:
1- Richa não está nem aí para a investigação dos deputados na Assembleia?

2- Levando em consideração o histórico de erros, os números do Ibope serão confiáveis para as ações de governo?

3- O governo do PSDB deve favores ao Ibope?

Aproveito para acrescentar mais uma pergunta:

4 – A RPCTV/Globo, mesmo com a lambança do Ibope, pretende contratá-lo novamente?

A seguir, publico a íntegra da nota oficial de esclarecimento do governo do Paraná/Celepar:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação à  contratação de prestação de serviços de pesquisas de opinião pública e enquetes pela Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), esclarecemos que:

– A Lei Estadual 17480, de 10 de janeiro de 2013, institui o Sistema Estadual de Informações de Governo !“ Paraná (SEI-PR), cria o Conselho Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação !“ Paraná (CETIC-PR) e cria o Programa Estadual de Informações Integradas (PEII-PR).

– O Programa Estadual de Informações Integradas !“ Paraná (PEII-PR), tem por objetivo integrar, organizar, consolidar, disponibilizar dados e qualificar informações estratégicas provenientes dos sistemas aplicativos utilizados pelos órgãos e entidades da administração pública estadual.

– No âmbito de atuação do PEII-PR, a Celepar deve prover mecanismos e soluções de monitoramento da qualidade dos serviços públicos prestados.

– Para aferir a qualidade dos serviços públicos prestados pelo Estado aos cidadãos paranaenses a Celepar abriu processo licitatório para contratação de empresa especializada em pesquisa.

– A concorrência pública 028/2012 apontou o Ibope como empresa vencedora, por apresentar menor preço.

Comentários encerrados.