Em 2010, Ibope foi censurado por Richa. Recompensa em 2013: contrato de R$ 2,3 milhões

Um dia ante de vencer licitação, Ibope divulgou pesquisa dando 73% de aprovação ao governo e 76% de apoio à  reeleição de Richa.

Um dia ante de vencer licitação, Ibope divulgou pesquisa dando 73% de aprovação ao governo e 76% de apoio à  reeleição de Richa.

Nas eleições de 2010, o então candidato ao governo do Paraná, Beto Richa (PSDB), colocou uma diabólica operação para cercear a liberdade de expressão. Além de censurar, via judicial, blogs, revistas, jornais, portais de notícias, rádios, tevês, jornalistas e ativistas virtuais, o tucano também atacou os institutos de pesquisas. Entre os quais estava o Ibope, que teve suas sondagens sobre a corrida ao Palácio Iguaçu impugnadas.

Como quem diz eu não tenho nada com isso!, na época o tucano se esquivava da seguinte forma: “Só a Justiça Eleitoral tem poder de impedir divulgação de pesquisas ou impugná-las e ninguém mais”.

Este blogueiro que vos escreve, por exemplo, sofreu implacável perseguição política e judicial que não se esgotou com o fim das eleições de 2010. Avançou para os anos seguintes. Sobre isso, o tucano engata o mesmo mantra: Só a Justiça Eleitoral tem poder de censurar e ninguém mais!, repetindo a ladainha eu não tenho nada com isso!.

Volto à  questão do Ibope. Mesmo sendo acusado formalmente de corrupção eleitoral pela Assembleia Legislativa do Paraná, onde uma CPI o investiga, o instituto foi considerado ‘liso’ pelo governador Beto Richa ao homologar contrato de R$ 2,3 milhões para realizar pesquisas e divulgar ações do governo!.

Pois bem, os pragmáticos cínicos diriam que águas passadas não movem moinhos. Verdade. Esta aí o Ibope para comprovar a tese. O instituto fora adotado como órgão principal do tucanato paranaense nas eleições de 2012, embora tenha errado feio em Curitiba e Foz do Iguaçu.

Também, é bom lembrar, um dia antes de declarado vencedor da licitação, o Ibope divulgou pesquisa cravando 73% de aprovação ao governo e 76% de apoio à  reeleição de Richa.

Coincidência ou não, neste final de semana, pesquisadores do Ibope estão entrevistando moradores da Grande Curitiba sobre o impacto do imbróglio com o transporte coletivo na popularidade do governo do estado.

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. É isso deixou muita gente chateada. Dizem que não tem dinheiro p nada e para o ibope tem!!! Quem levou ?? Para os amigos , esmolas, segundo dizem….

  2. O dono do Ibope é muitooo pior que o Beto Richa…..

  3. É brincadeira o que o BETO RICHA faz com o nosso dinheiro, fez muito bem o senador ROBERTO REQUIÃO em querer explicaçoes para onde iria esse dinheiro todo em que o governador emprestou, pois todos o paranaenses estão preocupados, com a situação do nosso Estado. Esso é um governo incompetente mesmo.

  4. O dono do IBOPE é do mesmo nível do Beto.

  5. Moleque sem escrupulo…

  6. Beto Richa nunca mais, nunca votei no cara e nunca vou votar!!!

  7. Que povo nada, estes canalhas estão curtindo da nossa cara.

  8. Escute aqui o povo não aprova essa despesa, pare de gastar o nosso dinheiro suado de forma fútil, crie vergonha na cara…

  9. como diz um chefe de setor da urbs ” me ajude que eu te ajudo”

  10. A máscara da falsidade, da mentira, do engano e da hipocrisia não está caindo! Está desmoronando, está se desfazendo e virando pó junto com a cara torrada a qual cobria!

    Esmael e demais o Tribunal Superior Eleitoral, oficialmente, dá recomendações específicas ao eleitorado na escolha do seu futuro candidato em alguma eleição, ou seja: “Siga sua consciência. Não vote contrariando sua opinião nem influenciado por pesquisas. Conheça o passado do candidato. Conheça o programa do candidato e suas ideias. Preste atenção nas atitudes do candidato. Elas mostrarão o caráter dele.”