Assembleia Legislativa do Paraná faz sessão contra Gleisi Hoffmann

Governo tucano de Beto Richa utiliza, na Assembleia Legislativa do Paraná, UGT, braço político do PSD, para "carimbar" Gleisi Hoffmann como privatista e algoz do porto de Paranaguá.

Governo tucano de Beto Richa utiliza, na Assembleia Legislativa do Paraná, UGT, braço político do PSD, para “carimbar” Gleisi Hoffmann como privatista e algoz do porto de Paranaguá.

Lideranças sindicais da União Geral dos Trabalhadores (UGT), seção Paraná, se revezaram na tarde desta terça-feira, na tribuna da Assembleia Legislativa, nas críticas contra a MP 595 (MP dos Portos) em discussão no Congresso Nacional.

O presidente da UGT, Paulo Rossi, disse em seu discurso que a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, foi enganada. Segundo ele, precisa saber quem enganou a petista. Ela especialista em direito financeiro, não administrativo, mas estão privatizando o porto de Paranaguá!, afirmou o sindicalista, ao citar artigo sobre tema assinado por Gleisi.

A UGT, braço político do PSD, no Paraná faz parte da base de sustentação do governo Beto Richa (PSDB).

Parece, mas não é privatização. à‰ concessão!, retrucou o deputado Elton Welter, ao reafirmar que o governo federal pretende modernizar os portos, jamais retirar direitos trabalhistas!.

Comentários encerrados.