Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Adios muchachos: Dilma tem potencial de votos de 76%, diz Ibope

de Brasil 247

Segundo pesquisa Ibope feita em parceria com o Estadão, 52% dos entrevistados dizem que votariam na presidente Dilma Rousseff em 2014 com certeza, enquanto outros 24% poderiam votar; o índice de preferência da presidente é 2 vezes maior que o da ex-senadora Marina Silva, 3 vezes maior que o do senador Aécio Neves (PSDB-MG), e 7 vezes superior ao do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), seus possíveis concorrentes em 2014. O potencial de 76% da presidente poderá vitaminar os índices da ministra Gleisi Hoffmann, candidata a governador do Paraná.

Segundo pesquisa Ibope feita em parceria com o Estadão, 52% dos entrevistados dizem que votariam na presidente Dilma Rousseff em 2014 com certeza, enquanto outros 24% poderiam votar; o índice de preferência da presidente é 2 vezes maior que o da ex-senadora Marina Silva, 3 vezes maior que o do senador Aécio Neves (PSDB-MG), e 7 vezes superior ao do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), seus possíveis concorrentes em 2014. O potencial de 76% da presidente poderá vitaminar os índices da ministra Gleisi Hoffmann, candidata a governador do Paraná.

Se a pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira indicou crescimento da presidente Dilma Rousseff na cotação para a sucessão presidencial de 2014, levantamento realizado pelo Ibope em parceria com o jornal O Estado de S.Paulo indica quadro ainda mais animador para a petista. Segundo a pesquisa Ibope, Dilma tem 76% de potencial de voto no País. Desses, 52% dizem que votariam nela com certeza, enquanto outros 24% dizem que poderiam votar.

O potencial da presidente é quase o dobro do de sua adversária mais próxima, a ex-senadora Marina Silva, que chegou a 40%. Já o potencial do senador Aécio Neves (PSDB) é três vezes menor que o de Dilma, e o do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), sete vezes menor.

Como 20% dos eleitores disseram que não votariam na presidente de jeito nenhum, seu saldo ficou em 56% — o único positivo entre os presidenciáveis. Nesse cálculo, Marina Silva fica zerada, pois 10% dizem que votariam nela com certeza e 30% que poderiam votar, enquanto outros 40% afirmam que não votariam na ex-senadora de jeito nenhum.

Já Aécio Neves poderia receber votos de um total de 25% dos eleitores entrevistrados, contra 36% que rejeitam seu nome. Eduardo Campos também fica no negativo, com 10% que admitem votar nele contra 35% que não votariam de jeito nenhum. Neste caso, é preciso destacar que grande parte do eleitorado entrevistado não os conhece o suficiente para opinar: 39% desconhecem Aécio; 54% desconhecem Campos.

Serra e Barbosa

O ex-governador José Serra (PSDB) também aparece na pesquisa, e só é conhecido por 14% dos eleitores brasileiros, mas tem saldo negativo de 15 pontos — 35% admitem poder votar nele, contra 50% que afirmam que não votariam de jeito nenhum. O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, e o ex-deputado Fernando Gabeira (PV) são outros nomes sondados pelo Ibope.

Barbosa atingiu um potencial de 17%: 4% dos eleitores dizem que votariam nele com certeza, e 13% afirmam que poderiam votar. Gabeira chegou a 7% de potencial, mas apenas 1% votariam nele com certeza. O Ibope entrevistou 2.002 eleitores pessoalmente em 142 municípios de todas as regiões do Brasil entre os dias 14 e 18 de março. A margem de erro é de dois pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Comentários desativados.