ACP coloca um pé em cada canoa

O presidente Edson José Ramon, da ACP, tem dúvidas entre Richa e Gleisi. Que fazer?

O presidente Edson José Ramon, da ACP, tem dúvidas entre Richa e Gleisi. Que fazer?

A direção da centenária Associação Comercial do Paraná (ACP) não tem mesmo jeito. Depois de se meter em lambanças homéricas, como aquela briga com os negros, agora resolveu meter um pé em cada canoa.

No ano passado, a ACP homenageou a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, do PT, provável adversária da reeleição do governador Beto Richa (PSDB), no Dia Internacional da Mulher, com o troféu Mulher Simplesmente Mulher 2012!.

A agraciada deste ano foi a primeira-dama Fernanda Richa, secretária da Família. Ela recebeu as mesmas homenagens que a petistas.

Não se discute aqui o merecimento do mimo por ambas. Muito longe disso. O que se estranha é que a ACP mete um pé em cada canoa. De dia é Maria, de noite é João. “Essa posição dúbia dificulta o associado a formar convicção sobre temas importantes ao Paraná”, reconhece um diretor da centenária entidade.

Comentários encerrados.