31 de março de 2013
por esmael
23 Comentários

Tarifas do pedágio serão reduzidas em 25%… no Rio Grande do Sul

O governo petista de Tarso Genro, no Rio Grande do Sul, tomou uma importante decisão política no ano passado que agora, em 2013, vai ganhando contornos práticos: as tarifas do pedágio nas rodovias gaúchas serão reduzidas em 25% tão logo se encerrem os contratos com as empresas privadas.

O Paraná sob a direção do tucano Beto Richa segue na contramão. Afrouxa o sutiã para as concessionárias como nunca visto antes. Movimenta-se para retirar ações judiciais movidas pelo ex-governador Roberto Requião (PMDB) que visavam salvaguardar os interesses dos paranaenses. à‰ o que diz o colunista Celso Nascimento, na edição deste domingo (31) do jornal Gazeta do Povo, ao revelar que o governo do PSDB quer extinguir a ação 2005.70.00.007929-7 que tramita na 2.!ª Vara da Justiça Federal do Paraná.

Richa faz questão de mostrar-se amiguinho das concessionárias ao ponto das mesmas deixá-lo posar para a foto em obras feitas por elas, com dinheiro dos usuários das rodovias, é claro, como se fossem do governo dele. à‰ a política do engana que eu gosto!, como explica abaixo o texto de Nascimento:

A boa vontade! do pedágio

No cronograma previsto nos aditivos de 1998 e 2000, as concessionárias não estavam obrigadas a realizar nenhuma grande obra rodoviária no Paraná até 2014. Ou seja, durante praticamente toda a gestão de Beto Richa não se realizaria, por exemplo, obras de duplicação !“ como as que agora, em pequenos trechos, se fazem nas BR-277 e 376. Para gáudio do governo que, primeiro, na propaganda se apropria de realizações pagas com recursos das concessionárias e dos usuários; e, segundo, as apresenta como fruto do fim da era do confronto bélico alimentado no governo Requião e agora substituída por negociações e respeitoso diálogo.

Logo, a antecipação da duplicação dos 14 quilômetros de Medianeira-Matelândia; dos 10 do contorno de Campo Largo e dos 11 da Ponta Grossa-Apucarana é produto das tais negociações, certo? Diante de tal constatação, inevitavelmente surge outra pergunta: que negociações e de que modo elas se dão para inspirar nas concessionárias sentimentos de tanta boa vontade?

A resposta talvez possa ser encontrada no trâmite da ação 2005.70.00.007929-7 na 2.!ª Vara da Justiça Federal do Paraná. Trata-se do processo iniciado pela Procuradoria – Geral do Estado (PGE) pelo qual o então governador Roberto Requião pedia ao judiciário que fizesse retornar aos termos originais o contrato de concessão firmado em 1996 por Jaime Lerner.

Se julgado favoravelmente ao governo, todo o cronograma de obras teria de ser retomado. A esta altura, por exemplo, as BRs 277 e 376 já estariam duplicadas quase inteiramente. Obras canceladas teriam de ser reativadas. E os cálculos tarifários teriam de ser radicalmente refeitos. Uma eventual decisão nestes termos

31 de março de 2013
por esmael
30 Comentários

Governadores do PSDB lideram contratações sem concurso público

do Brasil 247

De 105,5 mil servidores não concursados que trabalham nos Estados, 37,6 mil são contratados pelos oito governadores tucanos; no ranking elaborado pelo IBGE e divulgado pelo jornal O Estado de S.Paulo, PT e PMDB são os próximos da lista.

De 105,5 mil servidores não concursados que trabalham nos Estados, 37,6 mil são contratados pelos oito governadores tucanos; no ranking elaborado pelo IBGE e divulgado pelo jornal O Estado de S.Paulo, PT e PMDB são os próximos da lista.

O PSDB é o líder em contratação de servidores sem concurso público, de acordo com um levantamento realizado pelo IBGE e divulgado pelo jornal O Estado de S.Paulo. Dos 105,5 mil servidores não concursados que trabalham nos Estados, 37,6 mil são contratados pelos oito governadores tucanos. No ranking, o PT, com quatro governadores, tem 23 mil vagas, e o PMDB, também com quatro, tem 21,6 mil, ocupando o segundo e o terceiro lugares na lista. Leia mais

31 de março de 2013
por esmael
45 Comentários

Rapaz finge ser gay e leva surra da mãe; assista ao vídeo

Nestes tempos de pastor Feliciano, quando se debate a liberdade da opção sexual e o reconhecimento das relações homoafetivas pelo Estado, alguns dão asas à  imaginação e à  fantasia. Chegam até simular! que saíram do armário — e se dão mal. à‰ o caso de Rafael Santos que divulgou um vídeo de humor, se passando por gay na frente da mãe. Resultado? Levou uma bela de uma surra.

31 de março de 2013
por esmael
10 Comentários

Cesta básica: a torcida da velha mídia versus a realidade das mesas

O Globo tem histórico de desserviço à  democracia, é antipovo, a favor das elites endinheiradas, e comemorou a instalação da ditadura militar no país.

O Globo tem histórico de desserviço à  democracia, é antipovo, a favor das elites endinheiradas, e comemorou a instalação da ditadura militar no país.

Há exatos quinze dias, O Globo, considerado a vanguarda do atraso no país, cravou em sua manchete a seguinte torcida: Uma semana depois… Cesta básica sobe, ao contrário do prometido!. Leia mais