15 de Março de 2013
por esmael
16 Comentários

TRE livra prefeito de Rio Branco do Sul, mas fulmina o de Rolândia

TRE defenestrou o prefeito Johnny Lehmann (PTB), de Rolândia, mas colocou a vereadora-musa Sabine Giesen (PMDB) no cargo; o mesmo tribunal livrou da cassação o de Rio Branco do Sul, Gibran Johnsson (PSC).

TRE defenestrou o prefeito Johnny Lehmann (PTB), de Rolândia, mas colocou a vereadora-musa Sabine Giesen (PMDB) no cargo; o mesmo tribunal livrou da cassação o de Rio Branco do Sul, Gibran Johnsson (PSC).

A judicialização da política continua mesmo quatro meses depois das eleições municipais. Ontem (14), por exemplo, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) livrou da cassação o prefeito Cezar Gibran Johnsson (PSC), de Rio Branco do Sul, na região metropolitana de Curitiba. Leia mais

15 de Março de 2013
por esmael
4 Comentários

O que muda na distribuição dos royalties entre estados e municípios

da Agência Brasil

royaltiesDepois de anos de debates, a lei que determina a nova divisão dos royalties do petróleo foi promulgada ontem (14) pela presidenta Dilma Rousseff. A legislação brasileira prevê que as concessionárias produtoras de petróleo no Brasil paguem uma indenização á União, aos estados e municípios, que envolve o pagamento de royalties mensais e participações especiais trimestrais, que são calculados em função do volume de petróleo produzido.

Com a nova lei, a União terá sua fatia nos royalties reduzida de 30% para 20%. Os estados produtores passarão de 26,25% de participação para 20% e os municípios produtores, de 26,25% para 17%, chegando a 4% em 2020. Os estados não produtores, que atualmente recebem 7%, terão 20% e a participação dos municípios não produtores vai de 1,75% para 20%. Os municípios afetados pela exploração de petróleo sofrerão cortes de 8,75% para 3%.

15 de Março de 2013
por esmael
1 Comentário

Após 9 dias, velório de Chávez chega ao fim; acompanhe ao vivo

Com informações da Agência Brasil, Opera Mundi e Brasil 247.

Acompanhe ao vivo pela Venezolana de Televisión:

Continue lendo sobre o velório de Chávez e o clima em Caracas:

Leandra Felipe*
Correspondente da Agência Brasil/EBC

Bogotá !“ Terminou há pouco a missa e cerimônia militar em homenagem ao presidente Hugo Chávez. Neste momento, o corpo de Chávez está sendo transportado da Academia Militar ao Museu Histórico Militar, dentro do Quartel da Montanha. Lá, segundo o governo, Chávez ‘repousará’. Ainda não se sabe se posteriormente o corpo de Chávez poderá ser levado ao Panteon !“ lugar onde estão os restos mortais do herói nacional Simon Bolívar, e nem se ele poderá ser embalsamado de maneira definitiva. De acordo com informações da TV estatal Telesur, foi construído um mausoléu para receber o corpo do ex-presidente. O cortejo está sendo transmitido ao vivo pela estatal.

Várias avenidas de Caracas foram fechadas para o translado e milhares de pessoas estão posicionadas para acompanhar a passagem do carro onde o corpo do ex-presidente está sendo transportado.

O chanceler venezuelano, Elias Jauá e o presidente da Bolívia, Evo Morales, participam da caravana oficial que translada o corpo de Chávez. O Quartel da Montanha é um dos lugares mais importantes na trajetória política do ex-presidente. Foi de lá que Chávez comandou a tentativa de golpe em 4 de fevereiro de 1992, que o projetou politicamente para o país. Além disso, o quartel fica dentro do bairro 23 de Janeiro, um dos maiores redutos do chavismo no país. A morte de Chávez foi anunciada na terça-feira (4). O funeral teve início na quarta-feira (6).

*Com informa

15 de Março de 2013
por esmael
37 Comentários

Requião lança “ofensiva” pela própria candidatura

por José Lazaro Jr., via Folha de Londrina

O senador Roberto Requião (PMDB) quer disputar novamente o governo do Paraná em 2014. Ele decidiu que não vai esperar o ano que vem para defender essa vontade e, nessa semana, ”deflagrou uma ofensiva pela candidatura”, como dizem seus assessores mais próximos.

Requião enviou uma ”carta” aos peemedebistas que votarão na convenção partidária em 2014, antecipando a campanha dentro do PMDB.

”Se o PMDB não renunciou aos seus compromissos com a nossa gente, ofereço o meu nome para disputar o governo do Paraná”, escreveu o político.

Para marcar posição, Requião faz várias críticas ao governador Beto Richa (PSDB) na correspondência. Diz que o tucano não se ocupa do Paraná, deixando a administração para o secretário de Estado do Planejamento, Cássio Taniguchi (DEM).

Em tom crítico, Requião lembra ainda que Taniguchi participou do governo José Roberto Arruda (DEM), em Brasília, cujo mandato foi cassado pela Justiça Eleitoral.

Requião aposta num cisão entre os peemedebistas com poder de voto na convenção, parte ligada à  bancada estadual do PMDB (cuja tendência é uma coligação com o PSDB de Beto Richa tanto na majoritária quanto na proporcional), parte vinculada ao PT da ministra Gleisi Hoffmann, potencial candidata ao Palácio Iguaçu. Foi a união desses dois grupos que tirou de Requião o comando estadual do partido, em dezembro de 2012, quando a chapa do senador foi vencida por 289 a 220 votos.

”A

15 de Março de 2013
por esmael
6 Comentários

Dilma troca ministros da Agricultura, Aviação Civil e Trabalho

do Correio Braziliense

A presidente Dilma Roussef está neste momento conversando com o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, para definir se ele assume a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) ou retoma seu mandato na Câmara dos Deputados.

As outras duas mudanças do PMDB já estão acertadas: o deputado Antonio Andrade – presidente do PMDB mineiro – assumirá o Ministério da Agricultura e o atual ministro da SAE, Moreira Franco será remanejado para a Secretaria de Aviação Civil.

Manoel Dias será o ministro do Trabalho no lugar de Brizola Neto.

Já o PSD, depois do jantar de Dilma com Gilberto Kassab na última quarta-feira (13/3), perdeu as chances de entrar na Esplanada neste momento. Com isso, Guilherme Afif Domingos não será ministro da Micro e Pequena Empresa.

Dilma ainda não definiu a situação do PR. Mas o partido sabe que não vai recuperar o Ministério dos Transportes.

15 de Março de 2013
por esmael
10 Comentários

Em 2010, Ibope foi censurado por Richa. Recompensa em 2013: contrato de R$ 2,3 milhões

Nas eleições de 2010, o então candidato ao governo do Paraná, Beto Richa (PSDB), colocou uma diabólica operação para cercear a liberdade de expressão. Além de censurar, via judicial, blogs, revistas, jornais, portais de notícias, rádios, tevês, jornalistas e ativistas virtuais, o tucano também atacou os institutos de pesquisas. Entre os quais estava o Ibope, que teve suas sondagens sobre a corrida ao Palácio Iguaçu impugnadas.

Como quem diz eu não tenho nada com isso!, na época o tucano se esquivava da seguinte forma: “Só a Justiça Eleitoral tem poder de impedir divulgação de pesquisas ou impugná-las e ninguém mais”.

Este blogueiro que vos escreve, por exemplo, sofreu implacável perseguição política e judicial que não se esgotou com o fim das eleições de 2010. Avançou para os anos seguintes. Sobre isso, o tucano engata o mesmo mantra: Só a Justiça Eleitoral tem poder de censurar e ninguém mais!, repetindo a ladainha eu não tenho nada com isso!.

Volto à  questão do Ibope. Mesmo sendo acusado formalmente de corrupção eleitoral pela Assembleia Legislativa do Paraná, onde uma CPI o investiga, o instituto foi considerado ‘liso’ pelo governador Beto Richa ao homologar contrato de R$ 2,3 milhões para realizar pesquisas e divulgar ações do governo!.

Pois bem, os pragmáticos cínicos diriam que águas passadas não movem moinhos. Verdade. Esta aí o Ibope para comprovar a tese. O instituto fora adotado como órgão principal do tucanato paranaense nas eleições de 2012, embora tenha errado feio em Curitiba e Foz do Iguaçu.

Também, é bom lembrar, um dia antes de declarado vencedor da licitação, o Ibope divulgou pesquisa cravando 73% de aprovação ao governo e 76% de apoio à  reeleição de Richa.

Coincidência ou não, neste final de semana, pesquisadores do Ibope estão entrevistando moradores da Grande Curitiba sobre o impacto do imbróglio com o transporte coletivo na popularidade do governo do estado.

15 de Março de 2013
por esmael
10 Comentários

Deu ‘piti’ no líder tucano do Senado: Quem governa é o sr. João Santana!

do Brasil 247

Líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes (SP) disse nesta sexta-feira que “o Palácio do Planalto está se transformando num centro de eventos”, e que quem governa o País não é a presidente Dilma Rousseff, mas o publicitário João Santana. “Quem governa é o marqueteiro da presidente da República, o senhor João Santana, porque é um frenesi de tal ordem para apresentar pacotes sem saber se o pacote anterior está dando resultado, que eu nem sei mais quantos pacotes foram editados só este ano”, criticou o tucano.

Depois de anunciar a redução na conta de energia e a desoneração da cesta básica, a presidente Dilma lançou, nesta quinta-feira, o Plano Inova Empresa, para, no dia seguinte, esta sexta, anunciar um pacote voltado para o consumidor, com medidas que pretendem fortalecer os Procons. Para o tucano, Dilma “só pensa na sua reeleição”. “Ela disse que, na eleição, vamos fazer o diabo. à‰ uma coisa muito grave. Mas pelo jeito ela está fazendo o diabo antes da eleição”, criticou o senador.

“Pasmaceira”

Apesar dos pacotes sucessivos, o senador se disse impaciente com a pasmaceira do país! no enfrentamento dos problemas que impedem o desenvolvimento. No discurso, ele cobrou uma ação mais firme do governo federal, mesmo citando medidas positivas, como a redução de juros e a política de redução da tarifa de energia elétrica. “Fora isso, não vejo uma política coerente e consistente para promover maior competitividade da nossa economia, para ter uma política comercial que permita ao nosso país acesso a mercados importantes e para evitar a primarização crescente da nossa pauta de exportações”, disse.

O parlamentar manifestou ainda preocupação com o desequilíbrio na balança comercial, resultado, entre outros fatores, do aumento das importações para suprir a elevação da demanda interna. “O fato é que estamos nos encaminhando para uma situação de desequilíbrios na nossa balança de pagamentos cada vez mais sérios.

15 de Março de 2013
por esmael
38 Comentários

Lula e Gleisi são armas secretas do PT para derrotar PSDB em “estados centrais”

do Brasil 247

Debruçados sobre o mapa do Brasil, analisado sob a projeção do cenário de verdadeira guerra eleitoral a ser travada em 2014, integrantes do alto comando do PT vislumbram oportunidades inéditas.

“Nunca tivemos tanta chance de bater os tucanos nos estados centrais como a que vai acontecer nas próximas eleições”, conta ao 247 um dos mais estrelados generais do Estado-Maior petista. Pede segredo sobre o próprio nome, em troca de contar, a pedido, detalhes a respeito de como o partido vê o quadro e se prepara para agir. Combinado.

SàƒO PAULO – “Em São Paulo, os tucanos estão divididos e desgastados. Nunca isso foi tão forte”, conta o civil com cacoete de estrategista militar. “O preconceito contra nós, especialmente no interior, diminuiu”.

As vitórias no ano passado de Fernando Haddad, na capital, Carlinhos Almeida, em São José dos Campos, e o desempenho de Marcio Pochmann, que saiu de 2% para um segundo turno em que marcou mais de 40% em Campinas, são contabilizados como prenúncios de que as baterias anti-aéreas contra o PT estão ficando obsoletas. “O discurso deles do preconceito se enfraqueceu porque os governos de Lula e Dilma efetivamente fizeram diferença a favor do povão”, avalia. “Dizer que não sabemos realizar não cola mais, enquanto nós, sim, poderemos mostrar que eles não sabem promover crescimento com distribuição de renda”.

O candidato do PT em São Paulo ainda não está definido. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, continua tendo forte apoio nas mesas de decisões dos diretórios estadual e nacional do partido, apesar da derrota em primeiro turno em 2008. Acredita-se que o resultado se deveu mais a problemas na campanha do que do propriamente do candidato. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, nome assoprado por Lula, poderá assumir o

15 de Março de 2013
por esmael
17 Comentários

Seis ônibus incendiados na região metropolitana de Curitiba. Ação do crime organizado ou curto-circuito?

O Corpo de Bombeiros ainda não sabe as causas do incêndio. Foto: Reprodução/Vídeo de Marieli Castioni.

O Corpo de Bombeiros ainda não sabe as causas do incêndio. Foto: Reprodução/Vídeo de Marieli Castioni.

Até agora não foi explicado à  opinião pública do Paraná o motivo de seis ônibus, biarticulados, pertencentes à  empresa Expresso Azul, pegaram fogo na noite de ontem (14), por volta das 23 horas, no município de Pinhais, na região metropolitana, a 7 km do centro de Curitiba. Leia mais

15 de Março de 2013
por esmael
11 Comentários

Vaticano nega ‘covardia’ do novo papa na ditadura argentina

O ativista de direitos humanos argentino Adolfo Pérez Esquivel, prêmio Nobel da Paz, disse não acreditar que o cardeal Jorge Bergoglio, eleito papa Francisco I, tenha sido cúmplice das violações cometidas pela ditadura argentina, entre 1976 e 1983, mas afirmou que “lhe faltou coragem para acompanhar a luta pelos direitos humanos nos momentos mais difíceis”.

à‰ dentro deste contexto que a Igreja Católica escolheu esta semana o novo sumo pontífice e nos dá o exato tamanho da crise em que o catolicismo está metido.

Nesta sexta-feira (15), o Vaticano divulgou hoje (15) um comunicado desmentindo as informações de que o papa Francisco tenha sido covarde ou conivente com os crimes cometidos durante a ditadura na Argentina (1966-1973).

O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, disse que as informações são originárias de uma campanha difamatória! e com uma forte carga ideológica!.

Ontem (14), este blog mostrou que a Associação Mães da Praça de Maio aponta o cardeal Bergoglio como cúmplice da ditadura!. Segundo as denúncias dos argentinos, Bergoglio teria facilitado de sacerdotes jesuítas e de bebês, filhos de militantes de esquerda presos ou assassinados pela ditadura.

A campanha contra o cardeal Begoglio [papa Francisco] é conhecida e foi promovida por uma publicação caluniosa e difamatória. A origem é conhecida e notória!, ressaltou o porta-voz, informando que Francisco jamais foi denunciado ou punido pelas acusações.

Segundo Lombardi, há provas que mostram o quanto o papa fez em defesa das vítimas da ditadura na Argentina.

Existem várias provas que mostram o quanto ele fez para proteger muitas pessoas!, disse. As acusações vêm de elementos anticlericais para atacar a Igreja e devem ser refutadas.!

Na Argentina, organizações de direitos humanos divulgaram informações de que o papa Francisco invocou o direito, existente na legislação argentina, de se recusar a depor em tribunais que julgavam torturas e assassinatos cometidos dentro da Escola de Mecânica da Marinha (Esma).

O jornal argentino Clarín informou que o papa, ao contrário do que afirmam algumas organizações de direitos humanos, assumiu riscos para salvar os que lutavam contra a ditadura. Detalhes sobre a vida do atual papa fora

15 de Março de 2013
por esmael
11 Comentários

Mãe Dilma! agora vai anunciar maior proteção ao consumidor

do Brasil 247

Após anunciar medidas em benefício geral dos consumidores, como a redução dos juros nos bancos, da tarifa de energia elétrica e dos impostos dos produtos da cesta básica, a presidente Dilma Rousseff anuncia nesta sexta-feira 15, Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, um pacote de medidas nesse sentido. O comércio e os prestadores de serviço são o principal foco do governo, que pretende ampliar a fiscalização, fortalecer os Procons e tornar as punições mais rigorosas no geral.

O compromisso já foi firmado com o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), para colocar em votação todos os projetos que existam nessa direção. “A presidente Dilma tem o nosso compromisso e vamos mapear e votar todos os projetos que tramitam nas duas casas para ampliar a defesa do consumidor. A defesa do cidadão é a agenda da presidente e do Congresso”, disse Renan ao 247. O senador participa do anúncio das medidas, ao lado de Dilma, no Palácio do Planalto.

O modelo das punições adotado pelo governo será o da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), que impõe pesadas multas à s teles. O setor de telefonia móvel é visto como um dos principais vilões quando o assunto é relacionamento com os consumidores. No ano passado, a telefonia celular foi a campeã de reclamações nos Procons do País, com 9,1% dos mais de 2 milhões de queixas registradas. O governo quer que a ANS (Agência Nacional de Saúde) seja igualmente dura em relação aos planos de saúde e hospitais.

Consciência do consumidor brasileiro tem aumentado, diz coordenador do Idec

Heloisa Cristaldo, da Agência Brasil !“ Desde o pronunciamento do presidente norte-americano John Kennedy, em 15 de março de 1962, a data tem sido referência para os direitos do consumidor em todo o mundo. Na ocasião, Kennedy defendeu quatro direitos fundamentais dos consumidores: à  segurança, à

15 de Março de 2013
por esmael
41 Comentários

Petistas ligados a Gleisi acusam governo Richa de fingir defesa do Paraná

Gleisi Hoffman vira "bicho papão" e assusta os aliados do governador Beto Richa.

Gleisi Hoffman vira “bicho papão” e assusta os aliados do governador Beto Richa.

Os correligionários da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, do PT, recorreram ao pai dos burros! para deixar claro o significado do verbo fingir!: ato de simular para enganar; fantasiar, inventar: fingir alegria no sorriso; querer passar (pelo que não é). Leia mais