11 de Março de 2013
por esmael
24 Comentários

Movimento gay se solidariza com a apresentadora Xuxa Meneghel

Nota Oficial da ABGLT em solidariedade a Xuxa Meneghel que está sendo ameaçada de processo pelo Pastor Marco Feliciano

A ABGLT !“ Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, fundada em 1995, é uma entidade de abrangência nacional que congrega 286 organizações em todo território brasileiro e tem como objetivo a defesa e promoção da cidadania desta população.

A ABGLT vem a público se solidarizar com a atriz e apresentadora Xuxa Meneghel, e grande defensora dos direitos humanos das crianças e adolescentes, que está sendo ameaçada de processo pelo Deputado Pastor Marco Feliciano, por ter postado na última 6!ª-feira (08/03) o seguinte recado nas mídias social:

Meu Deus!!! Eu estava lendo agora sobre esse pastor!!¦.que DEUS nos ajude. Gente !!!! Socorro ! Vamos fazer alguma coisa! Esse deputado disse que negros, aidéticos e homossexuais não tem alma. Existem crianças com AIDS. Para este senhor elas não tem alma?????? O que é isso meu povo ?

E hoje está nos jornais que ele ainda , durante uma pregação, disse a um fiel , que doou o cartão , mas não a senha . Aí não vale.Depois vai pedir milagre para Deus . Deus não vai dar e vai dizer que Deus é ruim! !!!!!!!!!

Todo mundo sabe o quanto eu respeito todas as religiões , mas esse homem não é um religioso, é um monstro . Em nome de DEUS ele não pode ter poder !¦.Religiosos ( padres, pastores, evangélicos) todos os religiosos todos sabem que o que ele fala e prega! está errado.

Como vamos nos proteger deste tipo de pessoa ?
Esta pessoa não pode ser presidente da Comissão de Direitos Humanos. Ele não pode ter este espaço para usar, pisar e denegrir o ser humano!¦esse é o direito de nós, humanos nos protegermos desse tipo de pessoa!.

A ABGLT e suas 286 afiliadas se coloca como testemunha das barb

11 de Março de 2013
por esmael
28 Comentários

A farra dos cargos comissionados continua no governo Richa

Richa cria novas e generosas tetas.

Richa cria novas e generosas tetas.

Como havia adiantado este blog, o governo Beto Richa (PSDB), tarado por cargos comissionados, passou o “rolo compressor” na diminuta oposição na Assembleia Legislativa e aprovou, nesta tarde, projeto que cria a Secretaria de Governo e outros 41 novos cargos comissionados (de livre nomeação, sem concurso). Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
14 Comentários

Em artigo, Gleisi Hoffmann refuta tese de privatização dos portos

Os adversários políticos da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, do PT, sobretudo os do Paraná, cujo governo ela vai disputar nas eleições de 2014, buscam rotulá-la como “neoliberal” por causa da MP 595 (MP dos Portos). Na semana passada, o líder do governo Beto Richa (PSDB) na Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, taxou como “privatização loura” a proposta de concessão dos portos do governo federal. O objetivo do tucano, por óbvio, é arrancar a bandeira da privataria do colo de Richa e jogar no de Gleisi. A ministra, por sua vez, em artigo publicado ontem (10) no jornal Folha de S. Paulo, refutou a tese de privatização. A seguir, eu reproduzo a íntegra dos argumentos da pré-candidata do PT ao Palácio Iguaçu:

Brasil: a hora da competitividade

por Gleisi Hoffmann*

A medida provisória 595, que altera regras de exploração dos portos, não trata de privatização por uma razão simples: a operação do sistema portuário no Brasil já é privada. O objetivo da medida é melhorar a competitividade do setor, levando em conta a necessidade de aumentar o desenvolvimento do país.

Não se deve analisar a medida de forma isolada. Na verdade, estamos em meio a uma nova trajetória de transformação, que implica investimentos públicos e privados em gargalos logísticos de rodovias, ferrovias, portos e aeropo

11 de Março de 2013
por esmael
46 Comentários

Fábio Campana relata “dia de cão”

Clique na imagem para acessar o site de Fábio Campana.

Clique na imagem para acessar o site de Fábio Campana.

O jornalista e blogueiro Fábio Campana, em seu blog, relata o “dia de cão” que teve nos tribunais. Processos movidos pelos ministros Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Paulo Bernardo (Comunicações). Não conheço o teor dos autos, mas a minha formação como democrata não permite concordar com a judicialização do debate de ideias. Sou contra a censura, seja de direita ou esquerda. A dialética é importante para o processo civilizatório. Por isso, a minha solidariedade ao Campana. Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
28 Comentários

Por que o MP denunciou 8 por homicídios no caso do Hospital Evangélico de Curitiba?

O MP não respondeu: por que a médica Virgínia e outros 7 profissionais da saúde foram denunciados por assassinato? A quem eles beneficiavam? Eram planos de saúde privados?

O MP não respondeu: por que a médica Virgínia e outros 7 profissionais da saúde foram denunciados por assassinato? A quem eles beneficiavam? Eram planos de saúde privados?

Li atentamente, no site do Ministério Público do Paraná (MP), na tarde desta segunda-feira (11), a informação sobre a denúncia oferecida à  Justiça, pela Promotoria de Proteção à  Saúde Pública de Curitiba, contra oito profissionais da saúde do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba. Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
10 Comentários

Prefeitura de Curitiba lança campanha publicitária dos 320 anos

Gustavo Fruet (PDT) lança sua primeira campanha publicitária com base nos 320 anos de Curitiba. Clique na imagem para acessar o site.

Gustavo Fruet (PDT) lança sua primeira campanha publicitária com base nos 320 anos de Curitiba. Clique na imagem para acessar o site.

A prefeitura lançou uma ampla campanha publicitária dos 320 anos de Curitiba. A peça já está sendo exibida em vários locais, como em painéis de propaganda em elevadores, e em site criado para as festividades. Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
2 Comentários

Momento Bessa*: Pessuti assopra velinhas de 60 anos

Pessuti reuniu amigos e familiares ontem (10), no restaurante Madalosso, em Curitiba, para comemorar 60 anos de vida. Foto: Adriano Rabiço.

Pessuti reuniu amigos e familiares ontem (10), no restaurante Madalosso, em Curitiba, para comemorar 60 anos de vida. Foto: Adriano Rabiço.

O ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral do PMDB do Paraná, assoprou velinhas ontem em comemoração aos 60 anos de vida. O festerê, no restaurante Madalosso, em Santa Felicidade, na capital, reuniu correligionários, familiares e políticos. Que pedido teria feito Pessutão ao apagar as velinhas? Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
8 Comentários

O comitê suprapartidário de Requião

Vanhoni cotado para a vice de Requião, "se Gleisi não disputar o governo".

Vanhoni cotado para a vice de Requião, “se Gleisi não disputar o governo”.

Reuniu-se há pouco à  mesma mesa, no restaurante Madero, em Curitiba, o que pode ser considerado o embrião do comitê suprapartidário do senador Roberto Requião (PMDB) ao governo do Paraná. Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
40 Comentários

Greve de motoristas e cobradores, depois vem aumento na tarifa de ônibus em Curitiba

Motoristas e cobradores querem 15% de aumento salarial, patrões oferecem 8,02%; indicativo de greve da categoria pode antecipar reajuste na tarifa do ônibus.

Motoristas e cobradores querem 15% de aumento salarial, patrões oferecem 8,02%; indicativo de greve da categoria pode antecipar reajuste na tarifa do ônibus.

O script é muito manjado, mas funciona bem. Primeiro, os empresários do transporte coletivo choram (e como choram!) publicando nota oficial em jornal. Depois os trabalhadores, motoristas e cobradores, fazem justa reclamação de seus salários defasados. Na sequência, vem a tungada nos usuários do sistema com a elevação do preço da tarifa do ônibus. Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
24 Comentários

Contra polarização PSDB-PT, Requião se lança ao governo do Paraná

Senador Roberto Requião se coloca como alternativa à  polarização PSDB (Beto Richa) e PT (Gleisi Hoffmann) no Paraná.

Senador Roberto Requião se coloca como alternativa à  polarização PSDB (Beto Richa) e PT (Gleisi Hoffmann) no Paraná.

Pelo Twitter, na manhã desta segunda-feira (11), o senador Roberto Requião se lançou na disputa pela sucessão do governador Beto Richa (PSDB). O peemedebista já ocupou o Palácio Iguaçu em três oportunidades (1990-1993, 2003-2007, 2007-2010). Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
13 Comentários

Movimento “O Porto é Nosso!”, contra a MP 595, racha no Paraná; ouça o áudio

Na semana passada, Richa recebeu no Palácio Iguaçu lideranças sindicais que querem mudanças na MP dos Portos. "O Paulinho da Força está chegando muito atrasado", ataca Paulo Rossi, presidente da UGT no Paraná.

Na semana passada, Richa recebeu no Palácio Iguaçu lideranças sindicais que querem mudanças na MP dos Portos. “O Paulinho da Força está chegando muito atrasado”, ataca Paulo Rossi, presidente da UGT no Paraná.

O presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), seção Paraná, Paulo Rossi, informou a este blog há pouco que não participará, à s 14 horas, no Palácio Iguaçu, da reunião entre o governador Beto Richa (PSDB) e o deputado federal Paulinho da Força (PDT). Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
7 Comentários

Sérgio Souza quer recuperar ao Paraná R$ 1,5 bi por ano de ICMS da energia

O senador Sérgio Souza (PMDB-PR), pelo Twitter, informou nesta segunda-feira (11) que defenderá no Congresso Nacional, este ano, que o ICMS da energia seja recolhido para quem a produz e não para quem a consome. O Paraná seria um dos beneficiados por essa mudança no Pacto Federativo em discussão.

“@esmaelmorais este é o ano das discussões do pacto federativo no CN, como senador vou defender para q o ICMS da energia seja de quem produz”, tuitou o senador peemedebista.

Desde 1989, o Paraná vem perdendo anualmente R$ 1,5 bilhão de ICMS sobre a produção energia elétrica. O estado produz !¼ de toda energia consumida do Brasil. Estima-se que as perdas acumuladas dos paranaenses chegam à  casa de R$ 34,5 bilhões nos últimos 23 anos.

Por que o Paraná tem esse prejuízo bilionário como descrito acima? Eu explico.

Na Constituinte de 1988, o então deputado José Serra (PSDB-SP) fez lobby para mudar a legislação que dispõe sobre a cobrança do ICMS sobre energia elétrica, petróleo e gás natural.

A legislação geral do ICMS estabelecia que o imposto deveria ser cobrado na origem, onde energia elétrica, petróleo e gás natural são produzidos. Mas a emenda constitucional do deputado José Serra abriu uma exceção, fixando que o imposto deveria ser cobrado no destino, onde esses produtos são consumidos.

Esta esperteza tributária, que quebrou os princípios do pacto federativo, foi feita sob medida para promover o desenvolvimento da indústria paulista e do vizinho estado de São Paulo, que não tinha energia na quantidade necessária para sustentar o seu crescimento.

Por causa do lobby do tucano Serra, que só pensou nos interesses de São Paulo, desde 1989, o Paraná perde, em média, R$ 1,5 bilhão por ano, em impostos que deixa de arrecadar. Desde que a lei foi aprovada, as perdas paranaenses já somam R$ 34,5 bilhões.

Se não fosse a lei tucana, a capacidade de investimento do estado do Paraná seria multiplicada por quatro. O Paraná teria, certamente, a melhor infraestrutura do País. Não ficaríamos mendigando sobras do Governo Federal para melhorar nossos aeroportos de Curitiba, Londrina, Foz do Iguaçu, Cascavel e Maringá. Nossos portos de Antonina e Paranaguá teriam padrão europeu. E nossas principais rodovias, c

11 de Março de 2013
por esmael
7 Comentários

Enquanto isso, no Palácio Iguaçu, mais um capítulo de “Me engana que eu gosto…”

Palacianos descobrem que o chefe de gabinete (Deonilson Roldo) e o secretário de Comunicação (Marcelo Cattani) forjam briga para influenciar mais no governo de Beto Richa.

Palacianos descobrem que o chefe de gabinete (Deonilson Roldo) e o secretário de Comunicação (Marcelo Cattani) forjam briga para influenciar mais no governo de Beto Richa.

“Pinky e Cérebro”. à‰ assim que é chamada, no Palácio Iguaçu, a dupla Deonilson Roldo e Marcelo Cattani. O primeiro é chefe de gabinete do governador Beto Richa (PSDB). O segundo é secretário de Comunicação Social, portanto, ocupam dois estratégicos cargos na administração tucana. Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
17 Comentários

Richa e Paulinho da Força lançam hoje o movimento “O Porto é Nosso”

Tucano Beto Richa quer carimbar Gleisi Hoffmann, sua virtual adversária ao governo do Paraná, como "privatista"; ontem, a petista assinou artigo no Jornal Folha de S. Paulo defendendo a MP 595 (MP dos Portos).

Tucano Beto Richa quer carimbar Gleisi Hoffmann, sua virtual adversária ao governo do Paraná, como “privatista”; ontem, a petista assinou artigo no Jornal Folha de S. Paulo defendendo a MP 595 (MP dos Portos).

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), vai se somar hoje à  tarde, a partir das 14 horas, em evento no Palácio Iguaçu, em Curitiba, ao movimento nacional “O Porto é Nosso” – contra a privatização dos portos no país. O deputado federal Paulinho da Força (PDT), um dos articuladores da guerra contra a Medida Provisória 595 (MP dos Portos), será recebido com pelo tucano. Leia mais

11 de Março de 2013
por esmael
4 Comentários

“Lula me dá um beliscão, pra eu dar outro nele”, diz FHC

do Brasil 247

Na cidade de Puebla, no México, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso participou de um encontro da Sociedade Interamericana de Imprensa, a SIP, no qual também esteve presente a blogueira cubana Yoani Sánchez, e falou ao jornalista Gabriel Manzano, do Estado de S. Paulo. Na entrevista, ele abordou novamente a sucessão presidencial, em 2014, e falou de sua relação com o ex-presidente Lula e também com a atual chefe de governo, Dilma Rousseff. Confira, abaixo, alguns trechos:

Campanha antecipada

“Lula precipitou o processo sucessório, aí os outros partidos não têm alternativa. Nós não tínhamos intenção de precipitar uma candidatura. Estávamos prestigiando o nome do Aécio para um debate interno. Mas eu nunca vi quem está no governo precipitar uma eleição, já que atrapalha a governabilidade. Tudo que a presidente Dilma fizer daqui por diante será atribuído a intenções eleitorais. Não sei o que levou o Lula a essa precipitação. Talvez seja porque ele gosta de campanha! A preocupação do governo não era com a oposição, era com a fragmentação das suas próprias forças”

Defesa do legado de FHC por Aécio

“Nós garantimos a economia, modernizamos a economia. As privatizações vieram de uma maneira correta, controladas pelas agências reguladoras, não foram monopolizadoras. Restabelecemos a competitividade das agências do governo, do Banco do Brasil, a Petrobras. Melhoramos muito a educação, organizamos o SUS, começamos o processo de transferência de rendas. As pessoas esquecem que o programa do governo Lula não era transferência de renda, era o Fome Zero. Que foi engavetado! E aderiram ao que nos tínhamos começado. Enfim, por que não defender o que nós fizemos?”

Passado e futuro

“Campanha eleitoral tem de ser feita olhando pra frente, não pra trás. O programa do PSDB, então, deve ser: reconhecer o que fizemos, mas vamos

11 de Março de 2013
por esmael
31 Comentários

Caso Hospital Evangélico de Curitiba seria um novo caso Escola Base?

O titular deste blog conversou informalmente com alguns médicos no decorrer da semana passada. Alguns ligados a entidades profissionais, eles dizem que houve precipitação da mídia e da polícia ao divulgar as investigações sobre a médica Virgínia Soares de Souza, acusada de acelerar mortes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) geral do Hospital Evangélico, em Curitiba (PR).

Este blogueiro perguntou a vários médicos se esse caso do Hospital Evangélico não guardar semelhanças com o caso da Escola Base, de São Paulo (clique aqui para relembrar). Os homens de branco dizem que sim, que mídia e polícia podem estar cometendo um grave erro.

“A médica Virgínia tem histórico como boa profissional, mas tem dificuldades relacionais”, afirmou ao blog um dos médicos que pediu para não ser identificado.

Neste domingo (10), Virgínia concedeu entrevistas aos programas “Domingo Espetacular”, da TV Record, e “Fantástico”, da TV Globo. Aos dois, ela disse que nunca foi negligente.

Questionada pelo Domingo Espetacular sobre seu retorno à  medicina, Virgínia admitiu não voltar ao trabalho depois das investigações.

Agora a pergunta que não quer calar: E se ela realmente for inocente? Quem vai reparar o estrago em sua vida?

Suspeita de morte em UTI diz não ser negligente

do Brasil 247

Presa desde o dia 19 de fevereiro, a médica Virgínia Soares de Souza, acusada de acelerar mortes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) geral do Hospital Evangélico, em Curitiba (PR), disse que nunca foi negligente.

“Nunca fui negligente, nunca fui imprudente, nunca tive uma infração ética registrada, uma queixa, e exerci a medicina de forma consciente e correta”, relatou ela ao Fantástico, da Rede Globo.

A gravação foi autorizada pelo juiz da Vara da Corregedoria dos Presídios, Moacir Antônio Dala Costa.

A médica afirmou que erros podem ter acontecido, mas jamais de maneira intencional. “Eu não sou Deus, não sou perfeita. Nada mais fiz do que exercer com a maior dignidade possível e com respeito aos pacientes a medicina intensiva.”

Funcionária do hospital desde 1988 e chefe da UTI geral desde 2006, ela foi indiciada pela polícia por homicídio qualificado e formação de quadrilha. Outras cinco pessoas suspeitas de envolvimento também foram indiciadas pelos mesmos crimes. Mais de 1,7 mil prontuários de pacientes que morreram na UTI foram recolhidos pela polícia.