Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Vereador comunista quer cassar prefeito ex-comunista em Ponta Grossa

Prefeito "limpinho" Marcelo Rangel, do PPS, ex-PCB, enfrenta a fúria do vereador Aliel Machado, do PCdoB, presidente da Câmara de Ponta Grossa.

Prefeito “limpinho” Marcelo Rangel, do PPS, ex-PCB, enfrenta a fúria do vereador Aliel Machado, do PCdoB, presidente da Câmara de Ponta Grossa.

O presidente da Câmara Municipal de Ponta Grossa, Aiel Machado, do PCdoB, ameaçou nesta sexta-feira (22) cassar o mandato do prefeito Marcelo Rangel, do PPS, partido que foi gestado na barriga do PCB do deputado federal Roberto Freire (SP).

O presidente da Câmara fez a ameaça ao ex-comunista porque o prefeito Rangel descumpriu prazo com pedido de informações ao Antonio Laroca Neto (PDT).

Segundo o Blog do Jonny, de Ponta Grossa, o vereador pedetista requereu cópias dos contratos administrativos com empresas privadas, comprovantes de pagamento, empenhos, cheques, notas fiscais e outros; e a dispensas e inexigibilidade de licitações da administração direta.

O descumprimento do prazo e da falta da entrega dos documentos, caracteriza ato de improbidade administrativa, passível de cassação do prefeito municipal!, alertou Aliel Machado.

Ao negar as informações ao vereador, Rangel argumentou que o poder fiscalizatório da Câmara Municipal !“ assim como qualquer poder institucionalizado !“, deve obedecer ao princípio constitucional da razoabilidade! e que os documentos requeridos representam mais de dez mil cópias. No documento, Rangel faz estimativas de custo com as cópias e horas de serviço.

Isso é um grande absurdo!, criticou o presidente da Câmara.

O município de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, fica a 100 km de Curitiba. Possui cerca de 320 mil habitantes e é o quarto maior colégio eleitoral do Paraná com 226 mil eleitores.

Comentários desativados.