Sérgio de Souza, do PMDB, pode ficar com a 1!ª secretaria do Senado

Senador Sérgio Souza (PMDB).

Senador Sérgio Souza (PMDB).

Pode cair no colo do senador paranaense Sérgio de Souza (PMDB) a poderosa 1!ª secretaria, cujo orçamento para este ano chegará a R$ 3,5 bilhões.

O Senado começou há pouco os trabalhos de eleição para a presidência da Casa. Os demais cargos da mesa serão definidos à  tarde.

Sérgio de Souza poderá ser eleito “Prefeito do Senado” caso o PSDB entre na chapa de Pedro Taques (PDT) perde o direito à  proporcionalidade. Funciona mais ou menos assim: 1- A maior bancada escolhe o presidente; 2- A segunda bancada, o PT, fica com a vice; 3- o PSDB, se entrar na chapa de Renan Calheiros, fica com a 1!ª secretaria.

O senador paranaense acredita que Renan será eleito com folga. “Arrisco um palpite: 55 a 23 votos”, diz Sérgio Souza, que calcula 3 abstenções.

A história foi contada hoje por Denise Rothenburg, no Correio Braziliense.

Causa & consequência

A expressão dos senadores Pedro Taques (PDT_MT), Randolfe Rodrigues (PSol-AP) e Cristovam Buarque (PDT-DF) no gabinete de Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) denunciava ontem a escassez de votos. A maioria dos senadores, salvo um cataclisma, se prepara para fazer de Renan Calheiros (PMDB-AL) presidente do Senado no lugar de José Sarney (AP). A dissidência se limita aos pedetistas, ao PSol, a Jarbas, a Eduardo Suplicy, do PT e, ainda, aos dois partidos que têm pré-candidatos a presidente da República, o PSDB do senador Aécio Neves e o PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Como na física, cada ação terá uma reação. Os dissidentes !” em especial o PSDB, que tem assento reservado na Mesa Diretora !” correm o risco de perder o cargo que lhes cabe. O regimento do Senado é claro no que se refere ao respeito à  proporcionalidade. O maior partido indica o candidato a presidente e os demais indicam os cargos de acordo com o número de senadores. Como o PSDB não respeitará a decisão do PMDB de lançar Renan, os peemedebistas se mobilizam para eleger Sérgio Souza, do Paraná, no lugar de Flexa Ribeiro, o indicado dos tucanos.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O garoto Beto Richa está mais uma vêz na contramão. Será mesmo verdade, que o povo do Paraná está recebendo ligação telefônica em que ele diz: eu baixei a tafifa da energia em 18%? E a entrega das moradias do programa: Minha Casa, Minha Vida que ele mudou para: Morar Bem Paraná. Até o Jacaré do parque bariguí, sabe que a Dilma investe metade dos gastos federais em Programa Social,e o Beto Richa está enterrando o Estado do Paraná em contratação de funcionários comissionados e criação de mais secretarias somente ´para acomodar aliados que sobrou da gestão do ex prefeito de Curitiba. O Paraná atualmente está no SEPROC.

  2. Campanha na Internet reune 300.000 assinaturas contra a candidatura de Renan…

  3. Mas o passado dele deixará ? rsrs

  4. Alguém me explique, Esse Senador assumiu, quando a Gleisi foi nomeada Ministra Chefe da Casa Civil, Era portanto suplente, como ele pode pegar a 1a. Secretaria do Senado? Se a Gleisi sair do Ministério, reassume a Vaga no Senado, e esse Senador… Sai fora.

  5. Esmael:

    Será que o PMDB não podia indicar outro candidato, ao invés deste Renan?

    Se ele queria ser presidente, porque renunciou quando foi presidente?