Beto Richa só aceita o PMDB no seu governo de “porteira fechada”