Paraná tem mais 5 cidades com epidemia de dengue

Luis Lomba, especial para o Brasil 247

Agora são onze cidades em situação de epidemia, que é quando o local atinge a taxa de 300 casos da doença por 100 mil habitantes; "Hoje a dengue está concentrada em alguns municípios das regiões noroeste e centro-oeste e estamos trabalhando para evitar o avanço da doença", explicou o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

Agora são onze cidades em situação de epidemia, que é quando o local atinge a taxa de 300 casos da doença por 100 mil habitantes; “Hoje a dengue está concentrada em alguns municípios das regiões noroeste e centro-oeste e estamos trabalhando para evitar o avanço da doença”, explicou o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

O Paraná tem mais cinco municípios com epidemia de dengue, segundo o boletim divulgado na noite de segunda-feira pela Secretaria Estadual da Saúde. Agora são onze cidades em situação de epidemia. Terra Rica, Primeiro de Maio, Santa Fé, Formosa do Oeste e Tamboara se juntaram a Peabiru, Paranavaí, São Carlos do Ivaí, Fênix, Japurá e Quinta do Sol nesta lista. Neste ano foram confirmadas duas mortes pela doença e outras quatro estão sendo investigadas – três em Peabiru e uma em Campo Mourão.

Um município é considerado em estado de epidemia quando atinge a taxa de 300 casos da doença por 100 mil habitantes. O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, afirma que o Paraná não vive uma epidemia. “Hoje a dengue está concentrada em alguns municípios das regiões noroeste e centro-oeste e estamos trabalhando para evitar o avanço da doença”, diz.

De agosto de 2012 até segunda-feira desta semana, foram confirmados 4.221 casos de dengue no Paraná, o que eleva a taxa de incidência estadual para 37,24 casos por 100 mil habitantes. No boletim anterior, divulgado na Quarta-Feira de Cinzas,eram 30 casos para 100 mil habitantes.

O secretário estadual da Saúde ressalta que os municípios com epidemia nesse ano são pouco populosos !“ dez dos onze têm menos de 20 mil habitantes. Com isso, um número pequeno de casos coloca a cidade em estado de epidemia.

Comentários encerrados.