Nas vésperas da greve, tucanos acusam politização! na greve dos professores do Paraná

Cerca de 100 mil professores e funcionários de escolas públicas do Paraná prometem cruzar os braços a partir de 13 de março. A greve da Educação poderá colocar em risco o projeto de reeleição do tucano Beto Richa.

Cerca de 100 mil professores e funcionários de escolas públicas do Paraná prometem cruzar os braços a partir de 13 de março. A greve da Educação poderá colocar em risco o projeto de reeleição do tucano Beto Richa.

No próximo dia 13 de março, mais de 100 mil professores e funcionários de 2,1 mil escolas da rede pública estadual vão cruzar os braços por tempo indeterminado no Paraná. Só há uma maneira de o governo de Beto Richa (PSDB) impedir o movimento paredista: cumprir o que prometera à  categoria na campanha de 2010 e durante os dois primeiros anos de gestão.

Entre as reivindicações dos educadores paranaenses estão a implantação de 33,3% de hora-atividade (período dentro da jornada de trabalho do professor para atividades extraclasse); aumento salarial de 7,12% para se alcançar o novo valor do Piso Nacional dos professores; aprovação de adequações na carreira e reajuste de 8,59% para os funcionários de escolas; instituição de um novo modelo de atendimento à  saúde dos servidores. Outra demanda diz respeito à  revisão e ao debate da matriz curricular do ensino fundamental, adotada no final do ano passado pelo governo sem a devida consulta aos educadores.

A Secretaria de Estado da Educação (SEED) é comandada pelo vice-governador Flávio Arns (PSDB), cuja eficiência à  frente da pasta vem sendo muito questionada pela comunidade escolar. A área tornou-se um verdadeiro Calcanhar de Aquiles! da administração tucana. Tanto é que trolls! (militantes virtuais contratados), ligados ao PSDB, tentam desestabilizar discussões nas redes sociais da internet. A última deles é que a greve está sendo politizada! pelos petistas.

Ora, a greve que não é política tem eficácia questionável. A politização de movimentos paredistas é fundamental para elevação do nível de consciência de determinada classe, além estreitar aliança com a sociedade. A luta pura e simples pelas questões econômicas, a greve economicista, tende a levar os grevistas ao isolamento político.

O medo dos tucanos do Paraná com a greve tem outro nome: Gleisi Hoffmann, do PT, a ministra-chefe da Casa Civil que se prepara para disputar o Palácio Iguaçu em 2014 contra Beto Richa.

A greve beneficia a petista? Naturalmente. A greve prejudica o tucano. Naturalmente. Como, então, deixar o jogo empatado? Basta Richa cumprir suas promessas e atender todas as reindicações dos professores e funcionários das escolas. Não existe fórmula mágica. à‰ simples assim.

38 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. cabos eleitorais do beto .maria arrependidaa..pediram voto ,agora pedem salario.o homem não era melhor que os outros?

  2. A política de ensino integral criada por Beto em Curitiba é uma falácia!!

    Alunos chegando no quarto ano sem saber ler direito e sem iniciar a tabuada.

    Para que ensino integral se não é para melhorar o conhecimento dos alunos???

    Quanto a greve,Beto está colhendo o que plantou,prometeu que cumpra

    Professores mostre sua força, os pais entendem suas reivindicações

  3. Quem chama um educador de nobre burro, não tem moral para falar em democracia ou respeito!!

    • Nem todo educador é inteligente… Muitos sâo burros mesmo, porque se deixam levar por promessas de campanha, nâo vamos esquecer que o Professorado, votou em massa no Beto e agora ele não presta. Agora vão boicotar os jogos Escolares. Que é uma das melhores formas de melhoria da qualidade de vida dos alunos, os afastam das drogas e onde aprendem a ter organização e disciplina. Belo ATO dos Professores. Com isso nâo punem o Governo, PUNEM OS ALUNOS!! Infelizmente é um categoria de NÂO ACEITA CRITICAS. Preferem a “guerra” à Diplomacia. Detalhe, não sou PSDB, Não voto no Beto, e nÂo sou Baba Ovo. Sou apenas um cidadão pai de aluno da Rede.

  4. Contagem regressiva para o fim do governo Richa, infelizmente o homem não acerta uma! A educação do Paraná nunca foi tão desrespeitada!

  5. É triste ver uma categoria que não aceita opiniões contrárias, Vociferam contra quem diz algo que não seja de interesse dos Professores. Que categoria é essa? Isso é uma democracia, em razão de ser uma democracia é que qualquer categoria profissional pode fazer manifestações, passeatas, greves. Vocês tem sorte de estarmos numa democracia, então embora nao concordem (direito de qualquer pessoa), Não precisam Agredir, ofender quem não tem a mesma opinião de Vocês. Ter opinião contrária, não significa ser a favor ou contra um Governo. Nem todos enxergam isso. Infelizmente.

  6. A Dona Zilda Arns deve estar se revirando no túmulo!!!!!

  7. Esmael,
    sem comentários, o texto acima explica com exatidão a situação, basta o governador honrar as suas promessas e cumprir a Lei, que a greve não existirá (simples assim)! Agora, em relação ao comentário do Vitor, nobre burro é vc, que ainda não se tocou que os baba-ovos do desgovernador postam suas bobagens em outro blog!!!!

  8. Política que esse governador, que não desce do palanque, faz a todo momento.
    Política pública que esse governo não faz porque não sabe, portanto tem que cair fora para o bem de todos.

  9. Só no Brasil mesmo…..a politização da Greve é necessário…….Greve contra uma Política de Destruição da Educação se faz com Política…..

  10. BETO RICHA JA ERA… a preocupação dele neste momento é encaixar a companheirada do PMDB, PSD, para ter apoio as eleições de 2014, lançou esse edital mediocre de concurso so para dizer que o fez…. FORA BETO RICHA

  11. KKKKKKKKKKKKKKK!!!!!esses tucanos são risíveis!!!!!!!Desafio: Arns, tire os seus parentes mirins das escolas de padrécos e freirócas burgueses e coloque para estudar nas escolas públicas do Paraná!

  12. Alguns absusrdos precisam ser corrigidos sim. Que a greve tem conotação política não se pode negar, e isto faz parte do jogo político, o Governador deve saber disso. Entretanto, como jusitificar que estamos no final do mês de fevereiro e as escolas ainda não receberam verbas do Fundo Rotativo. Não tem dinheiro nem para comprar gaz de cozinha. Produto essencial para fazer a merenda dos alunos. As escolas que tem o programa mais educação do MEC, estão com os recursos do Governo Federal na Poupança desde o ano passado, sem autorização para gastar. Uma vergonha… A promessa do Governador de aumentar o reajuste dos diretores e não cumpriu… Lá se vai um ano… Ou seja,não tem outra alternativa. Agora, onde está o sindicato que não coloca estas questões na pauta? É preciso ouvir as escolas, diretores, etc… Fundo Rotativo e Liberação do dinheiro do FNDE Já… CAF INCOMPETENTE

    • O Sindicato não faz nada sozinho, todas as questões envolvendo a Educação, alunos, professores, diretores,funcionarios etc sao previamente discutidos pelo Conselho e depois submetidos em ASSEMBLEIA onde todos foram convidados a comparecer, discutir, analisar,portanto todo esse assunto acima citado faz parte de pauta sim.

  13. Mas é Lógico que é “politização”, só os nossos Nobres burros professores, é que não perceberam, como alias nunca percebem que são massa de manobra eleitoral. Quem sabe um dia eles entendam isso, ou alguem precise ” desenhar ” pra eles

    • Desenho, mostre voce entao já que tao sabio

      • Simples, me parece que vc é meio burra, Em todo periodo e em especial proximos a eleiçoes os professores fazem passeatas e greves, sempre contro o Governo Instalado, e Não me venha dizer que isso não beneficia os adversários. Não tenho nada contra a Luta dos Professores, mas deveriam tomar maior cuidado com quem os apóia, senão continuarão sendo Massa de Manobra.

    • Não precisa desenhar. Até porque, pela tua consciência política, se for desenhar, não passará de garatuxas. E, isto, não precisamos. Toda ação humana é política. Uma greve, portanto, é política. E, até aí, nenhum problema. O aproveitamento partidário de uma greve é outra coisa.

      • O Problema dos Professores é que partem pra greve antes de esgotar todas as negociações, é como ir pra guerra antes de tentar a paz pelos meios diplomáticos. Quando foi a ultima vez que o Professorado apresentou sugestões de melhoria da educação? Melhorar a Educação não é apenas melhor salario, ensinar o “feijão com arroz” aos alunos é facil. Só pensam em Grana, virou ação mercenária. E pior, a categoria NÂO ACEITA CRITICAS. A última preocupação dos professores é o aluno e sua educação. lamentável. Ahh em tempo não sou Tucano, nâo sou advogado do Beto e nem baba ovo do Governo, sou Pai de aluno da Rede ESTADUAL

        • Vitor… vc está mal informado, estamos a DOIS anos negociando para que o governo cumpra uma LEI!
          O governo mesmo propôs o plano de carreira dos funcionários, eles investiram em pós graduação dos próprios bolsos e o BETO deu prá trás!
          Não fazemos sugestões?!!!! Fizemos diversas sugestões para melhoria da grade e o governo ignorou e impôs uma que não só prejudicou os professores como prejudicou seu FILHO mas acho que você não percebeu.
          Quanto as críticas… sinceramente, somos a categoria mais criticada e massacrada do país! Eu realmente não escuto críticas que não sejam de uma pessoa com meu nível de formação e conheça meu trabalho, pois ninguém mete a colher em trabalho que não conhece.
          E infelizmente a sociedade não tem o mínimo conhecimento do que se passa e uma escola e não tem vontade de se informar da realidade.
          Você é pai, então seu filho está sendo lesado por esse governo, se informe e cobre do governador que ele forneça os materiais para saírmos do arroz e feijão, lute para que a escola de seu filho tenha qualidade, alías, quando foi a última vez que você se candidatou a membro da APMF da escola de seu filho?!

  14. Seja a greve politizada ou não o fato é que os professores estão sofrendo com a incopetencia do atual governo.
    cade os 33% de hora atividade que é lei, cade as ferias não pagas, cade a equiparação com o piso nacional.
    Alem disso vivemos um retrocesso na matriz curricular, as salas de aulas voltaram a estar lotadas para diminuir custro com a folha dos professores para poder pagar os comissionados da SEED e governo que estão vestindo cuecas de seda.
    É lamentavel!

  15. CONCORDO COM QUASE TODOS OS COMENTÁRIOS!
    AGORA, DO MODO QUE O RICHA ESTÁ TRATANDO OS EDUCADORES E EM ESPECIAL OS AGENTES EDUCACIONAIS, SIMPLESMENTE ELE ESTÁ ABRINDO AS PORTAS PARA GLEISI GOVERNADORA, VANHONI SENADOR, A TAL DA MARLEI DEPUTADA ESTADUAL E DE QUEBRA, LEMOS FEDERAL.
    AGORA…QUE O PT E A APP SÃO CARNE E UNHA, ATÉ UM EMBRIÃO SABE, MENOS O BETO RICHA.
    O RECADO ESTÁ DADO!

  16. A classe dos professores decidiu pela greve, não o PT. Estamos diante de uma Secretaria da Educação sem rumos, querendo culpar os professores pelo fracasso da educação paranaense e que não respeita nossos direitos. O Governador da Educação foi ROBERTO REQUIÃO. Respeitou professores,alunos, mostrou COMPETÊNCIA.
    VOLTA REQUIÃO!

  17. Todo ato humano é político Esmael. A política é a arte da vida em comum. A palavra tem origem na Grécia antiga, e se refere à vida na pólis.
    Logo, a greve é política sim! Pode não ser política partidária, mas é política pois expõe duas maneiras distintas de ser ver o mundo: por um lado, a dos Professores, que buscam melhores condições de trabalho e salário, para levar aos alunos da rede estadual um ensino de qualidade.
    Por outro, a do Piá de Prédio criado a danoninho pela avó: a visão de quem nunca soube o que é passar dificuldades na vida (filho do Richa, casou com uma herdeira do Bamerindus), e de quem está pouco se f…. para que tipo de educação a grande maioria da população recebe.
    Afinal, onde estudou o senhor Beto Richa? Onde estudou Fernanda Richa? Onde estudaram os filhos dos mesmos? Perguntar não ofende.
    Esmael, só espero que você não receba mais um processos dos “democratas” paranaenses, que defendem a Yoani, mas querem te calar!

  18. Joana
    Boa pergunta, pedágios temos que ver com o deputado Ney Leprevost, esse é mestre em materia de pedágio.

  19. Nem pra isso eles não tem humildade, nem pra reconhecer que não sabem governar, que a educação está um caos no estado, por culpa deles mesmo, não é a oposição que governa, quem governa aparentemente é sr Richa, mas parece que nem ele e nem o sec. de educação Flavio Arns tomaram posse, a impressão passada é essa. Jogar a culpa nos outros e não querer assumir os seus próprios erros é mais fácil. Que chegue logo 2014.

  20. O cara não faz nada pelos professores e agora eles lutam por seus direitos, e ele vem dizer que estão armando contra ele…
    Parece a Fernanda Richa que troca os nomes dos programas sociais do governo federal e diz que foi ela que fez…
    É um governo de mentirinha, acorda povo!

  21. “Tudo culpa do PT.”

    Mas a incompetência do governos tucanos, o calote das férias, as más condições…

    O discurso é manjado.

  22. Tudo agora é politização para o Richa. Ele, Tanigushi e Ducci deixaram Curitiba arrasada, individada e dividida. Agora os professores fazem um movimento justo e exercem seu direito de greve e o assunto é político. E os pedágios, quando vão baixar?

    • ÓTIMAS COLOCAÇÕES JOANA!

      • Que comentario mais sem fundamento, Professores sempre se sujeitaram a serem Massa de manobra, a APP é subsidiada pelo Estado, e o que tem haver o preço do Pedágio com a greve dos professores? Heim senhoras Joana e Fernanda. Não sabem nem pelo que lutam…??

        • Vc é um defensor desse desgoverno . Sr Vitor, comentario sem fundamento é o teu. só criticou as senhoras e não deu sua opinião, sia de cima do muro. Sou a favor desses professores, esses professores estão lutando por um direito, e o governo é só um demagogo que não cumpre promessas de palanque..

          • Juka, pena que você não sabe ler ou não leu o comentário da Joana, o que tem haver a greve dos professores com a cobrança de Pedágio???? Leia antes de vir falar Merd…..

        • Rapaz, bem que vê que não conhece nada nada de Educação e muito menos dos educadores do Parana, verdadeiros , injustiçados e sofridos heróis da Educação Dizer que não sabem pelo que lutam???.. Com certeza que sabem e muito muito bem….lembrando ” pelo contexto entende greve X politica x pedágio….A APP nada tem de subsidiada, conversas de bastidores para incomodar, desestruturar …Vamos a luta sempre!!

          • Não sou defensor de Governo algum, o Comentario da Joana foi ridiculo e nada teve haver com a luta de voces e depois, Em todo periodo e em especial proximos a eleiçoes os professores fazem passeatas e greves, sempre contra o Governo Instalado, e Não me venha dizer que isso não beneficia os adversários. Não tenho nada contra a Luta dos Professores, mas deveriam tomar maior cuidado com quem os apóia, senão continuarão sendo Massa de Manobra. E saibam dizer de forma clara o porque de uma greve. querer associar com Preço de pedagio como fez a Joana, é ridiculo!!

        • A APP não é subsidiada pelo Estado, mas pela contribuição de nós sindicalizados. Quem em alguns momentos, uma parte da categoria tenha se colocado nesta condição, não dúvido. Se você não percebeu a relação entre os temas, que tal pensar em promessas não cumpridas? Está certo: não é o primeiro, nem será o último governante a fazer isso. Porém, não nos tira o direito de reivindicar e pararmos, quando as negociações não avançam e ficam tentanto nos enrolar.