Na surdina, vereadores de Colombo vão tentar hoje alterar projeto que garante 21 na Câmara

por Denise Mello, via Banda B

Vereador apresenta proposta casuística que beneficia a si próprio.

Vereador apresenta proposta casuística que beneficia a si próprio.

O primeiro projeto de lei que deverá ser apreciado pelos novos vereadores de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, será para legislar em causa própria. Sem nenhum alarde, os vereadores colocaram na pauta desta terça-feira (19) uma proposta de emenda a Lei Orgânica 01/2013 que dá nova redação ao artigo 11.

Tradução: a proposta, de autoria do vereador Waldirlei Bueno de Oliveira (PMDB), altera de 13 para 21 vereadores na Câmara para tentar corrigir as falhas jurídicas do mesmo projeto aprovado no ano passado, que ampliava o número de vagas. Hoje, os 21 vereadores só estão no cargo graças a uma liminar do Tribunal de Justiça do Paraná e sete podem ficar de fora a qualquer momento. Entre eles, o autor da proposta, vereador Waldirlei Bueno de Oliveira.

A Banda B procurou o autor da proposta, mas em nenhum dos telefones Oliveira foi encontrado. O presidente interino da Câmara de Colombo, vereador Sergio Roberto Pinheiro (PRP), que estaria entre os 13 confirmados no cargo, também não foi encontrado para comentar a inclusão da proposta sem ouvir a população.

O vereador Helio Feitosa (PSD), que está entre os 13 garantidos, considera a inclusão da proposta já na primeira sessão do ano (a sessão da semana passada foi apenas para a posse dos parlamentares) um absurdo enorme e vai protestar.

Eu acho um absurdo e entendo como uma artimanha para consertar o que eles erraram no passado. Não estão divulgando o projeto para a população e a gente sabe que nada aprovado nesse sentido poderá valer para a atual gestão porque ninguém pode legislar em causa própria. Mas a questão é que o vereador Waldirlei tem orientação jurídica para fazer passar o projeto e depois usar como argumento na justiça de que os erros do projeto original foram corrigidos!, afirmou Feitosa à  Banda B.

O vereador disse ainda que ouviu dos próprios colegas que era preciso agir agora para reverter a situação.

Tivemos ontem uma reunião interna e foi colocado que era preciso votar esse projeto corrigindo o anterior para a ampliação de 13 para 21 vagas imediatamente, porque se for para deixar para mais perto da eleição vai ser pior. Mas não entendo que prioridade é essa já que, até o momento, só teremos eleição em 2015!, argumentou o vereador do PSD.

Feitosa afirmou que vai protestar e tentar impedir a votação da proposta na sessão desta terça-feira.

à‰ difícil, mas vou usar todos os argumentos da Constituição!, completou. A sessão da Câmara começa à s 16 horas.

Beti Pavin

Ao mesmo tempo que os vereadores tentam manter as 21 vagas na Câmara, a tucana Beti Pavin deve tomar posse na prefeitura de Colombo ainda hoje. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou nesta segunda-feira (18), no Diário Oficial da Justiça, decisão monocrática do ministro Marco Aurélio Mello, que possibilita à  Beti tomar posse.

Beti Pavin, eleita em 7 de outubro com 50,2% dos votos válidos, havia sido barrada pela Lei da Ficha Limpa. Ela teve as contas de 2011 reprovadas quando foi prefeita da cidade, que é o oitavo maior colégio eleitoral do Paraná.

De acordo o adversário da tucana, Zé Vicente (PSC), que ficou em segundo lugar na disputa, a decisão monocrática do ministro será derrubada no plenário do TSE. Caso isso ocorra, os eleitores colombenses terão de voltar à s urnas para escolher novo prefeito.

Até o momento, o vereador José Renato Pelé! Strapasson (PTB), o Pelé, ocupa o cargo de prefeito interino. Ele é um dos que se mantêm no cargo na Câmara graças a liminar do Tribunal de Justiça do Paraná.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. São todos iguais esta corja, eles nunca pensam em prol do povo, só em benefícios para os próprios rsrsrs.
    Por isso não voto mais.

  2. Vereador Waldirlei isto é uma vergonha sem tamanho.
    Aliás voce nem é vereador. Estou me sentindo envergonhado em saber que ja falamos várias vezes e tinha voce como uma pessoa correta, mas ja vi que agora só quer mamar na teta dos impostos pagos por nos. Sabe quanto vai custar isto? sómente com salários dos vereadores, R$ 1 MILHÃO por ano, fora assessores. Dava pra consertar um monte de coisa na nossa cidade.

  3. Bueno, Wandirlei, se tu fores pagar os demais vereadores nessa labuta hostil, sacrificada e heróica que vocês todos tem, ‘nóis concorda’.

    Mas….se tu pensas em fazer isso apenas para não ter que, de repente, ir trabalhar duro em outro canto, ‘nóis não concorda’, mesmo que vc. mostre toda a dentadura nas fotografias.

    Vergonha alheia, é o que mais sentimos ultimamente nesses plagas.

  4. Não queremos mais vereadores. Queremos mais hospitais! Que vergonha.

  5. Lei da Ficha limpa não serve pra nada!!!! A Ética, a moral e honestidade são vítimas da impunidade.

  6. é triste ver isso, pessoas que devia ter um senso de honestidade, não tem o minimo senso, a primeira coisa que esses moribundos quer fazer é isso!!!

  7. QUE BARBARIDADE,
    SR PROFESSOR VALDIRLEI, O DESESPERO É TANTO QUE JA ESTA LEGISLANDO EM CAUSA PROPRIA.
    TANTA COISA IMPORTANTE PRA SER VOTADO EM BENEFICIO DA POPULAÇÃO DE COLOMBO E O SR, ME COLOCA UMA EMENDA AUMENTANDO O NUMERO DE VEREADORES.
    VAMOS VER SE O POVO VAI GOSTAR DISSO.

    • se ele nao fizer isso caro W.B, nao vai conseguir legislar pra vc, deixe de ser quadrado e aprenda como funcionam as coisas

      • Teco, seja uma pessoa melhor para voce mesmo primeiro. Aja como gostaria que fizessem contigo. Seja ÉTICO e CORRETO e o mundo melhora.
        Mas COMEÇE POR VOCE