Guru neoliberal da era Lerner é destaque na Semana Pedagógica de Richa

* Educadores acusam governo de querer reduzir custos e jogar responsabilidade da qualidade do ensino nas costas da comunidade escolar

Tucano Richa contrata guru neoliberal lernista, Renato Casagrande, para "motivar" e convencer educadores que importante não é a valorização profissional, mas sim vestir a camisa da escola. Um discurso já surrado no início da década de 90.

Tucano Richa contrata guru neoliberal lernista, Renato Casagrande, para “motivar” e convencer educadores que importante não é a valorização profissional, mas sim vestir a camisa da escola. Um discurso já surrado no início da década de 90.

Para quem tinha dúvidas sobre o caráter neoliberal do governo de Beto Richa (PSDB), também na área de educação, eis uma prova concreta: o consultor Renato Casagrande, ideólogo da ex-secretária Alcione Saliba e do ex-governador Jaime Lerner, é a principal figura na Semana Pedagógica que antecede ao início das aulas nas 2,1 mil escolas do Paraná.

Em um dos vídeos motivacionais, exibido hoje, Casagrande fala sobre o papel do professor na sociedade contemporânea. A essência de seu recado tem o objetivo de passar a carga da responsabilidade das escolas aos educadores. Depois de mostrar notícias vinculadas! (sic) na imprensa sobre a educação, o consultor prega que o professor precisa ser o protagonista da história, que tem desafio importante e que o investimento tem que ser no educador, pois são as pessoas que mobilizam, blá, blá, blá… (Clique aqui para assitir).

Querem fazer dos educadores os grandes culpados da deterioração da qualidade do ensino nos últimos anos. A avaliação da Semana Pedagógica quer nos empurrar a isso. à‰ uma armadilha!, analisa um diretor de escola de Curitiba, que pediu para não ser identificado.

“à‰ um sistema de metas, ao estilo do setor privado, que querem implantar na educação pública, sempre reduzindo custos. Educação não é mercadoria”, diz outro professor, que também pediu anonimato temendo represálias.

A Semana Pedagógica começa hoje (4) e vai até sexta-feira (8). A mobilização compreende cerca de 100 mil profissionais da educação do estado. à‰ quando os educadores se reúnem para preparar o início do ano letivo de 2013, previsto para o dia 14 de fevereiro.

Além de seu guru neoliberal, o governador Beto Richa (PSDB) também aparece nos vídeos motivacionais (clique aqui para assistir). Ele explana durante em 3 minutos, mas em nenhum momento fala sobre os 33% da hora-atividade ou da gratificação prometida aos diretores e vices no ano passado.

O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns (PSDB), ocupa quase cinco minutos para discorrer sobre conquistas!, no entanto, também evita falar o que os educadores querem ouvir (clique aqui para assistir).

Amanhã, terça (5), o guru neoliberal volta aos vídeos das escolas para ensinar sobre gestão escolar!.

Se Richa e Arns querem motivar os educadores, então que cumpram a lei. Paguem-lhes o Piso Nacional. Honrem o que foi prometido na campanha eleitoral de 2010. à‰ simples assim.

Comentários encerrados.