Fiep vai à  Justiça contra reajuste na tarifa da água

Sanepar segue na contramão do setor produtivo e da Assembleia; deputados se reúnem com presidente da Fiep, Edson Campagnolo, para discutir a redução da tarifa de água no Paraná.

Sanepar segue na contramão do setor produtivo e da Assembleia; deputados se reúnem com presidente da Fiep, Edson Campagnolo, para discutir a redução da tarifa de água no Paraná.

A Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) deverá ingressar na Justiça, caso o governo do Paraná leve a cabo sua intenção de reajustar em 6,9% as contas de água com vencimento a partir de abril. Esse será o terceiro da Sanepar, que acumulado chega a 39,5% nos últimos dois anos de governo Beto Richa (PSDB).

A Fiep vem desenvolvendo uma ampla campanha pela redução da tarifa de água no Paraná. Ontem, por exemplo, o presidente da entidade, Edson Campagnolo, esteve em uma audiência pública na Assembleia Legislativa para discutir justamente a queda nos preços praticados pela Sanepar.

Para o presidente da Fiep, com a redução das tarifas de energia, a Sanepar é uma das principais beneficiadas pela medida do governo federal. Pelos cálculos da Federação, um desconto de 30% na tarifa da eletricidade resultaria em uma redução absoluta de 6,82% nos CPV da empresa de água e esgoto.

De acordo com Campagnolo, nos dois últimos anos, na gestão do governador Beto Richa (PSDB), os dividendos distribuídos pela empresa aos seus sócios privados cresceram 200% em relação ao período entre 2007 e 2010 [no governo Roberto Requião, do PMDB].

A Fiep informa que aguardará a oficialização do reajuste de 6,9% para então entrar na Justiça. Um dos possíveis argumentos jurídicos para anular majoração da tarifa de água, segundo uma fonte na entidade, é que atentaria contra a economia popular.

Leia também:
Lucro dos sócios privados da Sanepar cresceu 200% na gestão Richa

Fiep entregará a Dilma proposta para redução da tarifa de água

Fiep quer redução na conta de água. Richa cogita subir tarifa da Sanepar em 10,62%

Depois de Dilma reduzir energia, empresários agora querem tarifa de água mais barata

Comentários encerrados.