Fiep vai à  Justiça contra reajuste na tarifa da água

Sanepar segue na contramão do setor produtivo e da Assembleia; deputados se reúnem com presidente da Fiep, Edson Campagnolo, para discutir a redução da tarifa de água no Paraná.

Sanepar segue na contramão do setor produtivo e da Assembleia; deputados se reúnem com presidente da Fiep, Edson Campagnolo, para discutir a redução da tarifa de água no Paraná.

A Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) deverá ingressar na Justiça, caso o governo do Paraná leve a cabo sua intenção de reajustar em 6,9% as contas de água com vencimento a partir de abril. Esse será o terceiro da Sanepar, que acumulado chega a 39,5% nos últimos dois anos de governo Beto Richa (PSDB).

A Fiep vem desenvolvendo uma ampla campanha pela redução da tarifa de água no Paraná. Ontem, por exemplo, o presidente da entidade, Edson Campagnolo, esteve em uma audiência pública na Assembleia Legislativa para discutir justamente a queda nos preços praticados pela Sanepar.

Para o presidente da Fiep, com a redução das tarifas de energia, a Sanepar é uma das principais beneficiadas pela medida do governo federal. Pelos cálculos da Federação, um desconto de 30% na tarifa da eletricidade resultaria em uma redução absoluta de 6,82% nos CPV da empresa de água e esgoto.

De acordo com Campagnolo, nos dois últimos anos, na gestão do governador Beto Richa (PSDB), os dividendos distribuídos pela empresa aos seus sócios privados cresceram 200% em relação ao período entre 2007 e 2010 [no governo Roberto Requião, do PMDB].

A Fiep informa que aguardará a oficialização do reajuste de 6,9% para então entrar na Justiça. Um dos possíveis argumentos jurídicos para anular majoração da tarifa de água, segundo uma fonte na entidade, é que atentaria contra a economia popular.

Leia também:
Lucro dos sócios privados da Sanepar cresceu 200% na gestão Richa

Fiep entregará a Dilma proposta para redução da tarifa de água

Fiep quer redução na conta de água. Richa cogita subir tarifa da Sanepar em 10,62%

Depois de Dilma reduzir energia, empresários agora querem tarifa de água mais barata

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. http://www.vozesdoverbo.blogspot.com.br/2012/09/tarifa-de-agua-regressiva.html

    Visando movimentar o assunto, está sendo disponibilizada uma petição online, que pode ser acessada no seguinte endereço: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2013N38877. Participe, colabore. Quem sabe é possível contribuir com o consumo responsável de água e obter uma economia financeira como estímulo.

    A tarifa de água é um desses meios que poderia ser melhor utilizado para contribuir com o uso racional da água , mas que ao invés disso, dá margem para o desperdício.

    Até o limite de consumo de 10 metros cúbicos, a tarifa tem um valor fixo. (Desconsiderando a tarifa social da Sanepar, neste exemplo). Ou seja, não há um incentivo econômico para gastar menos do que esse limite.

    Sugere-se, dessa forma, (inclusive ao banco de idéias da Câmara dos Deputados,esperando que possam estudar e legislar sobre o assunto) é a implementação de uma tarifa de água regressiva.

    Ou seja, imóveis que gastam menos pagariam menos pelo metro cúbico de água tratada consumida. Imóveis que consomem mais (dentro de uma escala limite estabelecida) pagariam um valor maior pelo metro cúbico. Isso porque, a objetividade e influência do aspecto financeiro seria uma forte pressão na redução do consumo, na geração do hábito do consumo racional e na posterior conscientização.

  2. se baixa a conta de luz .a conta da agua seria 14 reais .mas o avarentos da sanepar são saco sem fundo..

  3. Sr Campagnolo, o senhor tem o meu respeito, é louvável essa atitude, acho que todos os paranaenses de bem estão concordando com o senhor. 3 anos desse governinho e já o povo do Paraná ganhou seu 3º presente de grego com o terceiro aumento consecutivo na água, é brincadeira, fora Richa, discipulo de Jaime Lerner. A nossa Sanepar nas mãos dessa gente virou empresa de fachada. Governinho Richa que gosta de ir de carona nos programas sociais do gov. federal.

  4. A gente paga uma tarifa cara e injusta pra sanepar jogar esgoto no rio iguaçu. Essa tarifa é um roubo ;a energia elétrica baixou então logicamente a tarifa d`água deveria baixar também, pois o custo da sanepar com energia elétrica baixou ,mas o que acontece é o contrário a sanepar reduz custo e aumenta a tarifa.

  5. Parabéns Sr. Campagnolo, Presidente da FIEP – PR., o empresariado do
    Paraná por sua importância no contexto do Estado, deve participar das decisões
    relevantes da vida de cada munícipe, por isso discutir sobre a tarifa da água é
    exercer o direito de cidadania e participar nas decisões que envolvam a sociedade paranaense.