Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Cheida deverá ser indicado para o governo tucano na terça

Presença de Cheida no governo tucano terá mais efeito psicológico do que prático, haja vista que decisão sobre apoio à  reeleição de Richa ficará somente para 2014. Imbróglio na seara peemedebista também interessa ao governador, que evita adesão imediata ao projeto da petista Gleisi Hoffmann.

Presença de Cheida no governo tucano terá mais efeito psicológico do que prático, haja vista que decisão sobre apoio à  reeleição de Richa ficará somente para 2014. Imbróglio na seara peemedebista também interessa ao governador, que evita adesão imediata ao projeto da petista Gleisi Hoffmann.

A bancada estadual do PMDB, composta por 13 deputados, se reunirá na próxima terça-feira (19), à s 11 horas, com o objetivo de chancelar a ida do deputado Luiz Eduardo Cheida para a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA).

Cheida já recebeu o convite do governador Beto Richa (PSDB), mas ficou de articular um “ok” da bancada da legenda.

Richa quer um parlamentar peemedebista no governo porque pretende “fidelizar” o partido na Assembleia Legislativa.

O PMDB já vem votando com a base governista desde o primeiro dia, mas, mais do que um gesto político, a ida de Cheida para o secretariado tem um significado psicológico ao sinalizar o compromisso entre a legenda e a reeleição de Richa.

Não há, entretanto, garantias de que o PMDB vá mesmo marchar com o tucano em 2014. Mas a presença de mais um deputado peemedebista no governo, em tese, seria a garantia de estabilidade para o governo de Richa na Assembleia. O jogo é combinado, portanto.

Comentários desativados.