Antitucanês na prefeitura de Curitiba: “Favor não pedir emprego”

porta_gabEste é o aviso fixado na porta do secretário Municipal de Governo, Ricardo Mac Donald, em Curitiba. Mais direto impossível.

O colunista José Simão, da Folha de S. Paulo, diria que o “antitucanês” prevalece na gestão de Gustavo Fruet (PDT).

Mesmo com o pedido explícito – “favor não pedir emprego” – todos os dias chegam mais pedidos para uma boquinha na prefeitura.

Segundo um rápido levantamento da Secretaria de Governo, já estão nas mãos de Mac Donald mais de 3 mil currículos.

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Se eu falar para vocês que 99% é da turma do Ducci e seu Padrinho, vocês não vão acreditar, mas o desespero nesse inicio do ano foi tão grande, que poucos conseguiram um carguinho pela metade o que ganhavam na Prefeitura com a bondade do Governador acomodando em salas no Estado. Essa turma tenta de todos os lados, o que querem é ganhar sem precisar esquentar a cabeça.

  2. Considerando que a campanha foi decidida no primeiro turno, por uma diferença de aproximadamente 5 mil votos,SERÃO ESSES PEDIDOS DE EMPREGOS PROMESSAS FEITAS NA CAMPANHA PELO PREFEITO?!

  3. SSSSSIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIMMM!
    Mas os chupins do Fruet e atualmente CHUPINS DA PREFEITURA, localizados na praça Rui Barbosa, especialmente aquele do Duster branco, prometeram emprego pra Deus e o Mundo…
    E agora? Agora, 4.200 eleitores nas próximas eleições se transformarão em 420 mil votos contra o Frutinha, e então não mais haverá paraíso nem paradeiro.

  4. Enquanto isso, em um lugar chamado urbanismo……..um seguidor do ducci, que até comandou o comitê da comendador fontana manda, desmanda e só falta sobir na cabeça dos funcionários, tem até aposentados retornando, e os servirores ativos……………………………….nada.

  5. É Sr. Fruet !!!!
    Que roubada, hein ???? Ainda não foi explicado por que o Sr. manteve o Bertoldi na Secretaria da Habitação. Vá conferir as contratações pela porta dos fundos que ele está fazendo na COHAB. E olha que os salários são bem atraentes. Quanto aos funcionários concursados … ABRE O OLHO PREFEITO. Habitação é para profissional do ramo, não para empresário do transporte coletivo. Ou a grana da campanha te deixou com o rabo preso com esse cidadão ?

  6. que arrependimento, agora me diga Fruet qual a boa ideia que o secretario de habitação trouxe ao seu governo?
    Em Vitor, o pessoal do psdb dem e psb nem precisou deixar curriculo com petistas pedetistas e verdes, pois eles foram mantidos …. que vergonha, sem contar os cargos de nepotismo,

  7. Isso é arrogancia, incapacidade de governar. ja imaginou se a moda pega e as secretarias começam a por em suas portas …Proibido isso, proibido aquilo….Infelizmente a arrogancia venceu a mudança!

  8. Esmael

    Bem feito quem trabalhou feito louco na campanha do FRUET.
    Ele é o diferente? Claro que não. Fez e fará igual aos outros.
    A cachorrada miúda, que trabalha realmente na campanha mais uma vez ficou de fora.
    Por isso deve ser sempre assim: paga bem, muito bem mesmo ou então não se faz campanhas para estes cuecas de seda.
    Cuecas de seda temos em todos os partidos.
    Bobo quem acredita no contrário.
    Veja quem pegou cargos: só os gente fina. A periferia mais uma vez ficou de fora.Nunca será diferente.
    Por isso não faço mais campanha para estes pseudos homens de palavra.
    E o povão do PT e do PDT – óh! NELES

  9. Puro preconceito contra os seguidores do “Velho Chacrinha”, que acreditam na máxima “quem não se comunica, se trumbica”…

  10. Só esqueceram de dizer na materia Sr. Esmael que os 3.000 curriculum é do povo do PT e PDT. Se o PSDB quiser emprego… vai no Governo do Estado.

  11. P. Q. P como tem ameba na cidade… bem que a viçe Miriam poderia encaminha-los ao SINE pro primeiro EMPREGO.

    Só pedidos 1

    Existem apenas 350 cargos comissionados na prefeitura de Curitiba. Entretanto, estão empilhados sobre a mesa de Gustavo Fruet nada menos de 2.700 pedidos de emprego. Pastores evangélicos, padres, bispos, vereadores, políticos em geral e outros que “trabalharam” na campanha são os principais signatários dos pedidos para que o prefeito nomeie seus indicados. Não há lugar para tanta gente.

    Só pedidos 2

    A pressão é tanta que até já se fez a conta: na agenda do prefeito e de seus secretários, de cada dez solicitações de audiência, sete são para pedir emprego para afilhados e cabos eleitorais; as outras três são de cobrança de dívidas deixadas pela administração anterior. Raros são os casos de pessoas que aparecem com sugestões de interesse público.

  12. Isto mesmo Gustavo, preserve todos os cargos para a turma do PT. A fome deles por tetinha pública nunca acaba

  13. SR ESMAEL, VOCE CONTINUA ERRADO, OS CARGOS SAO PETISTA, É PARA O PT QUE GUSTAVO TEM QUE ARRUMAR, SAI FORA PREFEITO , CURITIBA PRESIZA DE VOCE PARA OUTRAS COISAS BOA EM CTBA PARA FAZER. VOCE ENTENDEU SR, ESMAEL,

  14. Credo! Isso só acontece em prefeituras do interior né não? :O