17 de Fevereiro de 2013
por esmael
36 Comentários

Deputado afirma ter 18 assinaturas para instalar “CPI da TV Globo”

Deputado Fábio Camargo (PTB) promete abrir "CPI da Globo" na Assembleia Legislativa do Paraná. No entanto, colegas acreditam que o parlamentar "vai amarelar" na última hora. Será?

Deputado Fábio Camargo (PTB) promete abrir “CPI da Globo” na Assembleia Legislativa do Paraná. No entanto, colegas acreditam que o parlamentar “vai amarelar” na última hora. Será?

O deputado estadual Fábio Camargo (PTB) afirmou neste domingo (17), em conversa com este blogueiro, que já conseguiu as 18 assinaturas (um terço) necessárias para abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na Assembleia Legislativa do Paraná, para investigar o grupo RPC — dono de jornais como a Gazeta do Povo e de emissoras de TV afiliadas à  Rede Globo. Leia mais

17 de Fevereiro de 2013
por esmael
16 Comentários

Congressista brasileiro é o segundo mais caro entre 110 países

da Folha

O congressista brasileiro é o segundo mais caro em um universo de 110 países, mostram dados de um estudo realizado pela ONU (Organização das Nações Unidas) em parceria com a UIP (União Interparlamentar).

Para permitir comparações, o estudo usa dados em dólares, ajustados pela paridade do poder de compra –um sistema adotado pelo Banco Mundial para corrigir discrepâncias no custo de vida em diferentes países.

O custo brasileiro supera o de 108 países e só é menor que o dos congressistas dos Estados Unidos, cujo valor é de US$ 9,6 milhões anuais.

Com os dados extraídos do estudo da ONU e da UIP, a Folha dividiu o orçamento anual dos congressos pelo número de representantes — no caso de países bicamerais, como o Brasil e os EUA, os dados das duas Casas foram somados. O resultado não corresponde, portanto, apenas aos salários e benefícios recebidos pelos parlamentares.

Mas as verbas a que cada congressista tem direito equivalem a boa parte do total. No Brasil, por exemplo, salários, auxílios e recursos para o exercício do mandato de um deputado representam 22% do orçamento da Câmara.

Entre outros benefícios, de

17 de Fevereiro de 2013
por esmael
30 Comentários

De olho em 2014, Aécio prepara discurso com “13 fracassos” do PT

do Brasil 247

O senador mineiro Aécio Neves (PSDB-MG), que deverá ser o candidato tucano à  sucessão presidencial em 2014, fará seu primeiro gesto concreto como presidenciável no próximo dia 27. Nesta data, ele apontará, num discurso no Senado, “13 fracassos” do PT, na sua ótica. Os dados, que vêm sendo levantados pela assessoria do PSDB, envolvem a alta da inflação, a queda no resultado da Petrobras e a paralisação de algumas obras do PAC.

O movimento é uma reação à  intensa pressão que o senador mineiro vem recebendo da cúpula tucana, para assumir desde já sua candidatura. O presidente do partido, Sergio Guerra, por exemplo, tem dito que a pré-candidatura de Eduardo Campos, do PSB, cresce no vácuo deixado pelo PSDB e pode até cooptar eventuais aliados tucanos, como o PSD, de Gilberto Kassab.

Aécio, no entanto, quer, primeiro, se tornar presidente nacional do PSDB, antes de assumir de vez sua candidatura. Com o controle da máquina, ele abortaria movimentos pelo lançamento de um paulista, como José Serra ou mesmo o governador Geraldo Alckmin, que abriria mão da reeleição. Neste fim de semana, Alckmin concedeu entrevista em que se colocou como potencial candidato ao Palácio do Planalto, em 2014.

Leia, abaixo, nota de Vera Magalhães, no Painel da Folha, sobre o discurso que Aécio fará no dia 27:

Agora vai? – VERA MAGALHàƒES – PAINEL

Diante das cobranças internas para que assuma retórica mais incisiva de candidato a presidente, Aécio Neves vai apontar, em discurso no Senado previsto para o dia 27, “13 fracassos” do PT no governo federal. Com base em dados levantados por técnicos do PSDB, criticará Dilma Rousseff por “inoperância” nas áreas de segurança e saúde, atrasos nas obras do PAC, a volta da inflação e prejuízos da Petrobras. Será um ensaio para que o mineiro assuma o comando do partido, em maio.