UPE pode compartilhar uso do casarão com a Secretaria de Cultura

Sede histórica da UPE.

Sede histórica da UPE.

O presidente da União Paranaense dos Estudantes (UPE), Rafael Bogoni, informou ao blog que vai formalizar acordo para compartilhar o uso do casarão com a prefeitura de Curitiba.

A sede histórica da entidade fica na Rua João Manoel esquina com a Carlos Cavalcanti, no bairro São Francisco, próximo ao centro da capital paranaense.

A UPE afirma que tem preferência em compartilhar seus mais de mil e trezentos metros quadrados com a Secretaria Municipal de Cultura.

O secretário da pasta, Marcos Cordiolli, em conversa com o blog disse que tem planos para o uso compartilhado da UPE. “Temos interesse em ampliar os espaços culturais de Curitiba”.

O prédio histórico da UPE necessita constantes reparos, sem os quais dificulta seu funcionamento ininterrupto para atividades estudantis.

A solução do compartilhamento foi encontrada ontem à  tarde em reunião realizada na prefeitura de Curitiba.

A pedido do prefeito Gustavo Fruet (PDT), a diretoria da UPE se reuniu com uma comissão formada pelo vereador Pedro Paulo (PT), líder do prefeito na Câmara Municipal; o deputado estadual Antônio Anibelli Neto (PMDB); Itamar Neves, chefe de gabinete do prefeito Gustavo Fruet, e César Ricetti, superintendente da Secretaria Municipal de Administração.

Rafael Bogoni, presidente da UPE e Francielo Stival, vice-presidente da entidade, representaram os estudantes.

O prefeito Gustavo Fruet quer abrir o diálogo e tem todo o interesse que o prédio continue com os estudantes, desde que haja preservação do patrimônio!, disse Itamar Neves.

A pedido do presidente da UPE, Rafael Bogoni, o imóvel deverá passar por uma avaliação para se determinar a necessidade de uma reforma.

Bogoni disse que o uso compartilhado interessa aos estudantes e prometeu formalizar o acordo por meio de um ofício encaminhado à  prefeitura.

Há um interesse comum de manter a sede histórica da UPE. Creio que nesta nova gestão do prefeito Gustavo Fruet, que sempre dialogou com os estudantes, possamos chegar a um acordo para a manutenção do prédio!, declarou.

O Palácio dos Estudantes abriga a sede da UPE desde 1958. O prédio pertencia ao governo estadual, mas foi doado à  prefeitura em 2002, com a condição de que fosse destinado para atividades culturais. Desde o final do ano passado, no entanto, vizinhos vêm reclamando que o local estava sendo depredado por invasores, o que obrigou a Prefeitura a lacrar o imóvel.

Comentários encerrados.