Sensacionalismo da velha mídia na cobertura da tragédia em Santa Maria (RS)

Charge de Thomate - A Cidade (R. Preto).

Charge de Thomate – A Cidade (R. Preto).

O clima ainda é de comoção em todo o país. A tragédia na boate Kiss, em Santa Maria (RS), que ceifou no domingo 231 vidas, ainda domina as manchetes da velha mídia. De Norte a Sul, a questão é monotemática: fiscalização nas casas de show. O pauteiro parece ser o mesmo.

A mídia dá um enfoque como se o Brasil nunca tivesse feito antes eventos de grande porte. à‰ certo o debate, mas errado a histeria provocada pelo sensacionalismo.

A cobertura das tevês, por exemplo, está um horror. Explora-se a tragédia humana ao invés de informar. Isso dá audiência. Quanto mais mexicanizado! o drama das pessoas mais audiência tem as emissoras.

O sensacionalismo é aproveitado pela velha mídia como se fosse seu último espasmo, por isso tenta arrastar a dor alheia pela semana. Se pudesse eternizaria esse momento… Os tradicionais veículos de comunicação não têm coração nem compaixão, só querem mesmo a audiência a qualquer preço.

Recordei agora a letra da música do Titãs, Televisão!, que diz mais ou menos isso: A Televisão me deixou burro, muito burro demais!.

Crie coragem e desligue a tevê, pois existe vida pós-tragédia em Santa Maria. à‰ isso. #Ficaadica

26 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ótimo texto! Também compartilho da mesma opinião.

  2. Esmael, tenho filhos da mesma faixa de idade daqueles que perderam a vida no meio deste assassinato em massa devido a insensibilidade, a irresponsabilidade, a ambição, a ganância e a corrupção de certos agentes públicos que compactuaram e produziram os meios e ás circustâncias para que houvesse esta sinistra e tétrica barbárie! Sei que “a vingança nunca é plena mata a alma e envenena”, mas se isto se confirmar, depois das investigações policiais que já apontam indícios e indicam a falsidade de integrantes do poder público, deveria ser feito como em alguns países comunistas e em diversos países islamicos, ou seja, enforcamento em praça pública de Santa Maria! E pior, deveria ser feita igual a Inquisição, onde numa fogueira, também os tais, deveriam ser intoxicados pela fumaça e assados na mesma proporção das vítimas!

  3. as tragedias humanas no mali ,as mulhres viverem com burro de cargo ,ninguem tem coragem de criticar o pais.arabia saudita ,em geral quase todos os paises do norte da africa e medio oeste da asia ,asia menor.porque eles teem o guardião do mundo como protetor.claro muitas noticias e escondida de nos brasileiros . não aconteceu aquela bagunça num jogo do corintians,e no jogo do caxa,voceis esqueceram? tudo é idiologia ,banalisando a vida humana .voceis acham que essas noticias são gratuitas? tem dinheiro do teu imposto que as imissoras de tv ganham do governo .as empresas que vendem bens duraveis e pereciveis quando tem ai um desastre ,e audiencia aumenta eles anunciam mais .as coisas ficaram mudadas mesmo . confundiram desastre por tragedia. tragedia é oposto de comedia. somente igualar as duas .isso foi um acidente ninguem intereçou matar essas pessoas ,porque matar ? não havia motivo ,ninguem levou eles la tambem .os meios não justifica o fim ,nesse caso. por respeito a familia dessas vitimas ,deveria parar esse incomodo.a dor da familia nada apaga .porque nesse momento eu considero eles todos iguais ,porque todos infelismente perderam .então essa maldita midia televisiva deveria parar com isso..mas no estado do rio semple acontece mortes em desastre, quem fez angra 1 e 2 ? todos moram perto do perigo .alguem esperava o 11 de setembro.alguem esperava o boutin em washington? ninguem quer essas coisas .eu mesmo não vou comentar mais ,quero respeito as vitimas ,e vamos encerrar essa polemica,da minha parte ja encerrou!

  4. Despachante Mario peço desculpas, pois não sabia que o prefeito foi reeleito, além de sofrer processos de impeachment ele deveria responder a processo criminal e ser impedido de se candidatar pelo resto da vida dele!

    • Não sei se a melhor solução seria essa, pois é necessária a apuração, dentro do devido processo legal, das responsabilidades civil, criminal, administrativa e política, pois se a legislação não previa todos os mecanismos de prevenção adequados ao funcionamento de tal estabelecimento, há ai uma falha grave na legislação, sei disso por que já trabalhei em “diversões públicas” e sempre nos preocupávamos com a segurança de todos, pelo menos na empresa que trabalhei(Grupo Estação no Rio de Janeiro) havia essa responsabilidade, ainda que às vezes lembrados pelos Fiscais, e como a empresa recebia recursos públicos toda a “papelada” precisava estar em dia. Pena que no geral, tudo vai ao “Deus dará…”. Profundo pesar, por jovens com um futuro e presente brilhantes foram ceifados do nosso convívio, para o sofrimento de todos. Apredizado pela dor, a pior lição.

  5. ate concordo com o enfoque do sensacionalismo.
    porem e triste saber que daqui 10 dias
    o enfoque sera o carnaval,
    e os 200 e tantos mortos, como a quarta feira de cinza.
    sera mais umas mortes, e mais um carnaval

  6. Parabéns pelo seu comentário VC. Concordo plenamente, quem deveria responder além do inteligente que acendeu um artefato pirofágico num ambiente impróprio para isso, são os responsáveis pelas fiscalizações das irregularidades dos estabelecimentos públicos e os governantes responsáveis pelas gestões tanto municipais e estaduais, nos quais muitos dos jovens que morreram na tragédia elegeram.

  7. Excelente artigo, Aurélio!!!
    Realmente, se eu disse mais alguma coisa, estragaria seu raciocínio sobre o tema.
    Tudo de bom!

  8. Concordo com a exposição exaustiva da tragédia na imprensa televisiva, porém gostei da entrevista de um advogado no jornal da noite na globo na noite de ontem, ele enfocou na responsabilidade do poder público, ou seja, prefeitura de Santa Maria e o Estado do Rio Grande do Sul. Na minha humilde opinião o comandante dos bombeiros deveria ser exonerado e o governador sofrer processo de impeachment, o prefeito assumiu a cidade agora, porém o prefeito antigo deveria ser obrigado a pagar as indenizações junto com a prefeitura. Os donos da casa noturna junto com o responsável por provocar o incêndio deveriam ser presos e cumprir uma pena razoável na cadeia. Chega de ser amoroso com quem não é amoroso com a população! Mas em se tratando de Brasil acho que esta tragedia não vai acarretar em nada para o poder público!

    • O atual Prefeito foi reeleito, como não é do PT, ninguém pede-lhe a cabeça. Ate vc!! Agora pedir o inpeachment do Governador, só no Brasil. Na Argentina, quem foi demitido e responsabilizado foi o Prefeito de B. Aires, os oficiais do Setor responsável pela fiscalização, membros da Banda e os donos da Boate, em crime e tragédias idênticas. Se liga vc. Valeu.

    • A CF/88 é clara…

      Art. 37… São os princípios da Administração Pública:

      – Eficiência…

      Quem não cumpre a Constituição pode sofrer impecheament!!!!!

      • Bem, partindo desse princípio, todos os governantes do Mundo, e no nosso caso, todos os mandatários da República, inclusive no Judiciário, deveriam por os cargos a disposição de vcs, “vc” e você, Roberto, grande jurisconsulto, perdido no blog do Esmael. Viva a anarquia. Com diria o W. Churchil: “A democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas.” Boa sorte!!

        • Discordo despachante. Eficiencia administrativa é o mínimo que se espera do ESTADO.

          Se as leis não são cumpridas, para que fazer leis??? #pensenisto

          E ninguém citou o partido do prefeito. Nesta parte concordo com seu raciocínio, todos os governantes do Brasil são ineficientes… No mundo não posso dizer porque não conheço todos…

  9. Realmente há uma grande exploração da noticia em si, mas até vcs que estão criticando estão fazendo essa aparato da exploração, pois neste momento em que muitos de todos os cantos do nosso país estão interessados em entender o que aconteceu e se solidarizar de alguma forma precisam de noticias de informações e vem vcs com esse papo de intelectuais acima do sentimento e da sabedoria popular, francamente deem uma informação que preste, poderiam falar por exemplo do uso irracional de materiais altamente toxicos como a espuma que pegou fogo facilmente, e que garanto é utilizada porque é mais barato.

    • Dizem: “Se você nâo tem nada a dizer..então cale a boca” .Peço-lhe nao me venha se fazer de Promotora e Juiza de quem faz comentários. O assunto aqui é o Absurdo sensacionalismo da Imprensa. Pelo menos Sra. Maristela, todos que postaram algo aqui, tem Opiniao e as expressam, da forma como melhor lhes convier SOBRE O TEMA, Respeito a sua opinião, então por favor deixe de tentar ser a VOZ DA RAZÂO, e respeite quem aqui comenta, Ninguem aqui, deixou de ser sensivel ao drama das vitimas e seus familiares, mas que a midia faz disso um massacre sobre a população e falta de respeito aos familiares de filhos de Santa Maria… isso é evidente.

  10. No Mali ja constatata crime de guerra!Mas como ons froncçuenses eston lã ,não tem problemas.. execussoões por vinganças entres os malinos. mas quando vi o boner como reporte de rua que rediculo!

    • Vive le France!!!!!!

      Igualite, liberte e fraternite!!!!!

      Começaram a recolonização do norte da Africa!

      Olhe o mapa e veja o próximo alvo!

  11. Esmael,a falta de respeito pelos sentimentos de quem perdeu alguem muito precioso nesta tragédia,alvoroça os abutres dos meios de comunicação, me enoja a ganancia por audiencia. Deixem os familiares, amigos com sua dor, porque só mesmo Deus os pode consolar. TENHAM VERGONHA OS MEIOS DE COMUNICAÇAÕ E DEIXEM OS MORTOS E AS FAMILIAS EM PAZ.

  12. Concordo em gênero, número e grau… a mídia presta serviço ridículo ao explorar a dor e o sofrimento das pessoas ao invés de ajudar a evitar que novas tragédias como essa ocorram…

  13. Concordo! Simplesmente ridículo o que vimos, ontem, no Jonal Nacional. Deslocar uma equipe, incluindo o Bonner para Santa Mariana e apresentar ao vivo a tragédia, demosntra a falta de ética e de respeito para com a familia dos vitimados. Mas não é só a imprensa, os políticos também aproveitam o momento de dor no país para faturar. A atitude da Presidente Dilma, mostra bem isso, pois, como representante maior deste país e como cidadã, tem o direito de demontrar solidariedade e se comover, porém, deixar um encontro internacional para vir até à cidade e, ficar menos de 01 hora, apenas para que fossem registrado pelos fotógrafos e imprensa, demonstra o grau de insensibilidade quando se trata de se agarrar ao poder. Poderia ela ter feito igual aos governadores dos estados que se prontificaram a ajudar, com um simples telefonema e uma ordem, enviar todo tipo de ajuda possível, sem a necessidade de deslocar secretários ou, no caso, Ministros para dar entrevistas. Infelizmente a dor dessas familias ainda vai render muito à imprensa e aos políticos.

    • Não concordo com o Zé da Bota no que se refere à Presidente Dilma. Achei a atitude dela muito humana.

  14. Esmael, meu querido. Ótima análise. Parabéns . Escrevi texto com teor parecido à edição on line da Carta Capital. http://www.cartacapital.com.br/sociedade/o-cinismo-da-midia/. Houve quem entenesse esta posição, achando que eu estava generalizando e falando dos bons jornalistas. Falava, na verdade, como você, dos barões da mídia e seus prepostos, que se loclupetam às custas da tragédia alheia. Um grande abraço, amigo.

    • Você tem sido responsável por suas escolhas? É você quem decide sobre a sua vida? Tomara que seja. A maioria não faz isso. A maioria, a esmagadora maioria, é orientada, doutrinada, manipulada, ludibriada, manietada e acorrentada pela mídia. Assuntinho chato, né?

      Chato é ouvir a voz do Faustão, chato é comercial de eletrodomésticos em quatrocentas vezes sem juros, chato é prestar atenção em detalhes sórdidos de vidas pessoais de pessoas que nem sequer admiramos. Isso é chato. Quer coisa mais chata que uma rede de lojas decidir o que você tem que vestir? Quer coisa mais nojenta que um monte de semianalfabetos numa tela dizendo o que devemos comprar, o que devemos comer, o que devemos beber, o que devemos pôr nos pés, o que devemos pôr sei lá aonde?

      A grande mídia, televisão à frente, alimenta nosso espírito com tragédias. Muito sangue, muita crueldade, muito sofrimento. Faz um ano e meio que não assisto televisão. Nada. Já fui chamado de alienado. Já fui acusado de não saber o que está se passando com o país. Ora, aconteceram tantas coisas relevantes na minha vida nestes dezoito meses que, sinceramente, não sinto a menor falta de saber como a Dilma está se saindo na presidência, quais foram as últimas tragédias (ouvi falar do caso Yoki), quem mais desencarnou além do Chico Anysio.

      Convivo cotidianamente com algumas dezenas de pessoas. Pessoas próximas, que podem influenciar e serem influenciadas diretamente por mim. Virtualmente, convivo diariamente com algumas centenas de pessoas. Pessoas com as quais aprendo e me mantenho informado sobre o que me interessa de fato.

      Não, não sou alienado. Quem é alienado? Quem emprega seu tempo integralmente em coisas produtivas ou quem se afunda no sofá e absorve a mídia televisiva como uma esponja? Entendo que a televisão teve sua importância. No Brasil, particularmente, ao integrar o povo das mais diversas regiões numa ideia mais ou menos concisa de Brasil, de brasilidade, de nacionalidade, mesmo que deturpada. O rádio, antes da televisão, também cumpriu o seu papel. Hoje são veículos para a massa dócil, quase nada além disso.

      Hoje não temos a desculpa de que não há alternativas. A internet nos oferece o que queremos. É só procurar. Desde que abandonei a grande mídia, percebo o mundo de maneira muito diferente. E é fácil entender isso. Leio, assisto, converso, com pessoas que tem ideais, pessoas que se ocupam em fazer a diferença, pessoas que não são massa de manobra, pessoas que não são apenas consumidores. Porque é isso que a massa é: Consumidora. Para a televisão, para as grandes empresas jornalísticas e publicitárias, a massa, as pessoas que formam a massa, são só números. Números que se enquadram em classes de consumo. A classe A, a classe B, A classe C”¦

      Ninguém está interessado em ensinar, em educar, em preparar para o futuro, ninguém na grande mídia está preocupado com o ser humano. Querem vender. O consumidor/telespectador compra. Onde estão os valores? Onde está a conscientização? Mas valores e conscientização não dão ibope, não dão lucro, não vendem”¦

      Olhei televisão e li jornal por algumas décadas; não é porque abandonei esse hábito que ele deve ser banido da sociedade. Não se trata disso. Nunca tive vocação pra dono da verdade. Cada um sabe de si, cada um tem seus interesses, seus gostos, seu tempo, sua vida. E a grande mídia continua sendo uma forma de entretenimento. Mas é preciso saber que o interesse é vender. Só isso. Fazem tudo, absolutamente tudo o que for possível, desde que seja permitido, para prender sua atenção, para mantê-lo ligado na”¦

      Eu me sinto aliviado. Só o fato de não ouvir mais aqueles comerciais gritados das Casas Bahia já é um imenso alívio”¦

      Só escrevi esse artigo porque hoje me deparei com esta frase de George Orwell, que deixo pra você pensar: “A massa mantém a marca, a marca mantém a mídia e a mídia controla a massa”.

  15. à tempos digo isso, os grande veículos de comunicação não informam … eles dão “suas” opiniões conforme “seus” interesses, independente de tom apelativo ou mesmo distorção de fatos.
    é tanta coisa acontecendo que necessita necessariamente ser divulgada e o que se ve hoje nas palavras do apresentador do BB “veremos sua bunda em 3D” essa é a cara da mídia do Brasil, infelizmente.

  16. Concordo Completamente. Aliás infelizmente a mídia, massacra todos com tragédias, A DESGRAÇA ALHEIA É QUE VENDE !! Cada dia mais eu deixo de ver Telejornais ou ler jornais, Não se publica nada de útil, Exemplos de vida e vitoria, histórias incentivadoras são ignoradas. O que se ve hoje em dia na Tv brasileira é Desgraças, tragedias, violencia, corrupção e materias futeis, verdadeiras Cultura Inútil. Essa é a midia e a impresa do Brasil. Sem Ética, sem coerencia, sem valores.