Professores cobram do governo Richa pagamento de férias em ritmo de carnaval; veja o vídeo

* Trabalhadores da Educação vão à  greve em março

Cachorro mordido por cobra tem medo até de linguiça, diz um ditado popular. Os professores das 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná que o digam. Portanto, fica a dica: nunca convide um profissional do magistério para uma linguiçada.

Cerca de 90 mil educadores paranaenses acordaram sábado (26) sem a previsão no contracheque de pagamento de 1/3 das férias devidas pelo governo de Beto Richa (PSDB). A gritaria da categoria foi ensurdecedora. Graças à  mobilização na internet (leia mais sobre isso clicando aqui), ainda no mesmo dia, a Secretaria de Estado da Educação (SEED) “corrigiu” os holerites.

Professores e funcionários das escolas temiam — e ainda temem — um calote do governo (relembre o caso clicando aqui).

Especula-se que o Palácio Iguaçu tenta meios para driblar a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), ultrapassada há muito no Paraná. Um das formas de maquiar a contabilidade para conseguir a certidão negativa, fundamental para contrair empréstimos junto ao BNDES, seria atrasando os salários. Em 2012, a folha da Educação girou em torno de R$ 3,7 bilhões.

O pagamento de 1/3 de férias está previsto para a próxima quarta-feira, dia 30. No contracheque o valor já entrou, depois da confusão no sábado. Falta agora cair na conta dos trabalhadores da Educação.

O histórico de não cumprimento de sucessivos acordos com o magistério depõe contra o governo tucano. Em 2010, na campanha, Richa jurou que respeitaria a Lei Nacional do Piso e que implantaria os 33% de hora-atividade, pagamento de progressões, etc. Apesar de renovar a promessa várias vezes, nos últimos dois anos, até agora nada. A categoria vai à  greve em março por conta da “embromation”.

Em ritmo de carnaval e de protesto, os cerca de 90 mil professores e funcionários das escolas paranaenses ressuscitaram a marchinha “Me Dá Um Dinheiro Ai”. Acompanhe a letra:

Ei, você aí!
Me dá um dinheiro aí!
Me dá um dinheiro aí!

Não vai dar?
Não vai dar não?
Você vai ver a grande confusão
Que eu vou fazer bebendo até cair
Me dá me dá me dá, ô!
Me dá um dinheiro aí!

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Fizeram campanha pro cara em cima das promessas,agora que agüentem!!!

  2. Quero ver os “Laranjas podres” em 2014…fazendo campanha para o Zé “Beto” Bonitinho…mais uma pinga, por favor.

  3. Resumindo os comentários do Zé: O Beto age de maneira antidemocrática comprando futuros aliados para diminuir a participação de outros partidos no pleito eleitoral. Uma das características fundamentais da DEMOCRACIA é a pluralidade, diversidade, multiplicidade. Mas o Beto playboy não se garante ano que vem com disputas que envolvam outros nomes como possíveis concorrentes.
    É a mesma lógica maquiavélica dos fins justificam os meios, que corrompem a política brasileira. quem não tem obras para mostrar e nem projetos para evidenciar tem que se proteger com alianças instrumentalizadas com fins unicamente visando a permanência no poder. É como diria o filósofo J. Habermas: o uso da razão instrumental.
    Desespero final antes da fechada do caixão! No PR Beto nunca mais. Isso não!

  4. É o preço de um balaio. Balaio de gatos!!!

    Quando abriu a porteira para negociar sua reeleição, o ex – alcaide da capital abriu também o pasto rico da administração pública paranaense para os touros de outros partidos, desleais e descontentes, por não terem pastado o suficiente, pois o fazendeiro que deles antes cuidava, sabendo que eram traiçoeiros, os trazia confinados.
    É o caso do careca invasor de cancelas de pedágios e do “pança – do – bigode”, irmão de Papai Noel.
    Um, se tornou o mais conhecido vira-casaca do estado.
    O outro, cansou-se de esperar mamata do governo federal e conferiu-se o direito de exigir cargos ao “Beto – cabelo – de – permanente”, após o sonoro NÃO de Dilma… Se ainda fosse para a esposa, muito mais competente que ele…
    Assim, a administração pública vai penando, com vários diretores, secretários, superintendentes, sabotando as ações do governo o quanto podem, e à luz do dia, sem medo de serem apanhados, pois o “Beto – limpinho” age como se devesse algo à eles…
    Quem os colegas de blog acham que mandou roubar os tablets que seriam entregues aos professores e professoras do Estado????
    Porque nenhuma obra de construção de novas escolas , ou a ampliação de salas de aula nos bairros que mais crescem, foi iniciada ou quiçá aprovada para Curitiba, curral eleitoral do Beto – piloto – de – rali – de – parque – de – diversões?????
    Porque perdemos seguidamente verbas dadas pelo governo federal?????
    Porque nossa assembléia legislativa tem tantas mordomias ainda, apesar dos escândalos mais recentes????
    Porque Flávio Arns ainda é secretário de esducação?????

    Quem puder, por favor, responda à este vosso limitado colega de blog.
    E desde já, grato!!!