Pessuti canta ópera para Gleisi; deputados do PMDB tomam chá das cinco com Richa

Tacitamente, Requião e Pessuti travam reforma de Richa.

Tacitamente, Requião e Pessuti travam reforma de Richa.

Ontem à  noite (29), em Brasília, o ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral do PMDB do Paraná, deu uma “palinha” ao cantar ópera para ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao governo do Paraná em 2014. Cerca de 250 prefeitos paranaenses aplaudiram e aprovaram o desempenho do tenor!.

Amanhã, quinta-feira (31), a 1200 km do Distrito Federal, em Curitiba, será a vez da bancada estadual do PMDB tomar chá da tarde com o governador Beto Richa (PSDB) à s 17 horas. O assunto será o mesmo de sempre: ampliar espaço do partido na administração estadual.

Pessuti é a noiva! desejada por todos os principais atores que estão de olho no Palácio Iguaçu. Na mesma proporção, o ex-governador também é odiado pelos deputados estaduais que ensaiam acasalar! com o tucano desde já.

Pessuti converteu-se em fiel da balança no intrincado jogo interno peemedebista dividido em três alas. Além da dele, tem a do senador Roberto Requião e da bancada estadual !“ que é fragmentada em 12 pedaços.

O PMDB perdeu força na propalada reforma do secretariado de Richa. Se antes era um partido fundamental para o tucano, hoje há dúvidas no Palácio Iguaçu. A própria bancada estadual vem reduzindo suas ambições. Antes pleiteava quatro secretarias e 2 autarquias. Atualmente se contenta com coligação proporcional com o PSDB, em 2014, e alguns cargos comissionados para atender o varejo.

Resumo da ópera: Tacitamente (sem combinar), Requião e Pessuti travaram a reforma de Richa.

8 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. ´Honra não se compra e não se vende, se conquista! Deus esteja contigo Pessuti…

  2. Será que não foi combinado?
    Lembra da briga do Beto Richa com o Taniguchi, tudo teatro, agora o Taniguchi é secretario.

  3. AMIGO ESMAEL, REPITO QUE TEM GENTE QUE DO TERÇO NÃO SABE NEM AS JACULATÓRIAS… Cantei sim duas músicas italianas e muitas sertanejas em parceria com o público presente, mas o forte foi mesmo o show da dupla CHICO REY & PARANÁ (que são nascidos em Arapongas, criados em Ivaiporã e hoje morando em Brasilia) e, reconhecidamente uma dais maiores duplas da música sertaneja do Brasil. QUANTO AOS DEPUTADOS tá tudo indo muito bem. Tenho conversado direto com eles. Dentro do nosso grupo da tudo bem ajustado. Não há discordia mas sim harmonia.

  4. A postura do PMDB é muito distante do velho MDB de guerra. A postura de uma (pequena) ala do PMDB é fisiológica e chantagista. É uma postura nojenta.

    Negociam cargos para que os indivíduos tenham alguma projeção, não querem contribuir com o governo, querem sim chupinhar.

    DUVIDO QUE O PMDB FECHA COM O BETO EM 2014!
    A Gleise et caterva vão “maquinar” todos os Deputados, vão “injetar” muito recurso… Levará 2 minutos para abandonarem o menino Richa.

    Videm o que está ocorrendo no pleito da SANEPAR, SEPLAN e SEMA.

    Videm o esforço diabólico (fracassado) em busca da Casa Civil.

    Querem a SANEPAR “de porteira fechada” como se estivessem negociando um quinhão de terras para que um veterinário cuide dos animais, sem cuidar do contexto onde o quinhão de terras se insere e muito menos sem cuidar da função social e econômica de tal quinhão. O veterinário deveria estar cuidando dos seus, ito é, seus porcos na fazenda.

    Querem a SEPLAN, creio que para tabelar com a Fazenda Estadual. Imagino os motivos obscuros e não nobres que impulsionam este desejo. Isso é ridículo.

    Querem a SEMA e o IAP, creio que para fazer política e caixa. Querem emplacar um vassalo [Cheida] que fez um gestão tenebrosa frente a SEMA no Governo Requião. Gestão marcada por escárnios e achaques ao agronegócios assim como em assuntos que envolveram multas e geraram negociatas.
    Vão resgatar o Burco também??? Cheida e Burco são a marca do retrocesso.

    Richa, o que estamos vivendo – tragédia ou comédia?

    V.s. será pautado pelo nojentismo fisiológico?

  5. enquanto o pessuti cantaroleia para a princesa e os nobres lords deputados tomam chá com o reizinho o requião mete a boca no trombone e faz baraulho infernal.

  6. Me lembrou o cantor de ópera condenado pelo mensalão
    de nome Roberto Jefferson, que está com câncer e em fase terminal.
    Um se vai, outro chega..!

  7. Michel Temer, candidato a reeleição de Dilma, PT, e no PR o PMDB apoia Beto Richa, acredite se quiser.