Gleisi se fortalece em Brasília de olho no Paraná

via Brasil 247

Ministra da Casa Civil recebe mais incumbências de Dilma, aparece mais na mídia e vira a grande aposta do PT para tirar dos tucanos o governo paranaense.

Ministra da Casa Civil recebe mais incumbências de Dilma, aparece mais na mídia e vira a grande aposta do PT para tirar dos tucanos o governo paranaense.

Mais trabalho, mais mídia, mais poder. A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, está cada vez mais forte em seu cargo. Tem a confiança da presidente Dilma Rousseff, que a chama de Loura! e é a grande aposta do PT para tirar os tucanos do governo paranaense — que, por sinal, é uma das prioridades de Dilma, já que no estado sulino ela perdeu o segundo turno das eleições de 2010 para José Serra (55% a 45% dos votos válidos).

Gleisi já foi escalada, no fim do ano passado, para anunciar medidas para enfrentar os efeitos da seca no semiárido brasileiro. Também coube a ela detalhar os vetos ao projeto que redistribui os royalties do petróleo; mais importante, ela também deus os detalhes do novo valor do salário mínimo.

Como Lula fez com a Dilma, a atual presidente faz com Gleisi dando a elas poderes de superministra, sendo a maior estrela dos planos de infraestrutura do governo. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, Dilma também está liberando a Loura! para frequentes viagens estaduais. A ministra recebeu, por exemplo, em seu gabinete e fora da agenda, prefeitos eleitos do sudoeste do Paraná. Em dezembro, foi a evento de produtores rurais em Curitiba. Já está na agenda uma ida de Dilma ao Parná em 4 de fevereiro — claro, acompanhada de Gleisi Hoffmann.

Naquela que foi considerada a primeira batalha política entre Gleisi e o governador Beto Richa (PSDB), a petista foi vitoriosa: viu o prefeito de Pinhais, o petista Luizão Goulart, levar a presidência da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec). O candidato apoiado por Richa, o prefeito de Almirante Tamandaré, Adinei Siqueira (PSD), foi derrotado.

Não é à  toa o que diz o secretário de Comunicação do PT, o deputado federal André Vargas (PR): Esta é a primeira vez que temos chances reais de ganhar no Paraná!.

Comentários encerrados.