Fila do gargarejo ainda é grande na prefeitura de Curitiba

cabideMuda prefeito, mas a prática é a mesma. Forma-se na prefeitura de Curitiba, todo o santo dia, uma enorme fila !“ a do gargarejo !“ de pessoas que buscam uma boquinha sem precisar de concurso público. Eles miram nos cargos comissionados, aqueles de livre escolha do prefeito de plantão, que se torna o mais lindo de todos os seres do Planeta até preencher o cabide. A cena se repete praticamente em todos os 399 municípios paranaenses. Também nas mais de 5 mil cidades brasileiras.

O problema é que esse pessoal só vem buscar ganhos, cargos, ninguém traz uma ideia genial!, reclama um oficial do gabinete prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet.

De acordo com o auxiliar do prefeito, na maioria das vezes, Fruet atende por educação! aqueles que esperam na fila do gargarejo. O prefeito herdou do pai !“ Maurício Fruet, ex-prefeito da capital nos anos 80 !“ o jeito de dizer “não” sem magoar. As pessoas são recebidas, mas não atendidas, e elas saem felizes!.

Na segunda-feira (21), segundo um assessor do prefeito pedetista, formou-se uma fila de espera no gabinete com mais de 120 pessoas. Todos queriam uma boquinha. Uns torciam contra os outros. Se alguém ali sofresse um “piripaque” seria aplaudido pelo gargarejo, pois seria um a menos na competição.

Comentários encerrados.