Começamos fazer uma cidade justa, democrática e cultural!, diz Cordiolli

Secretário Marcos Cordiolli. Foto: Rodrigo Félix Leal/Metro.

Secretário Marcos Cordiolli. Foto: Rodrigo Félix Leal/Metro.

O secretário Municipal de Cultura de Curitiba, Marcos Cordiolli, comemorou o sucesso do pré-carnaval realizado ontem (20), no Largo da Ordem, comandado pelo bloco Garibaldi e Sacis, que reuniu cerca de 15 mil foliões. Segundo ele, o poder público tem o papel de também estimular manifestações espontâneas de grupos culturais.

Eu percebi muitas famílias presentes, os bares e restaurantes estavam cheios, nenhum problema de violência, a economia girou, houve um encontro cultural com energia muito boa. A população sentiu que era o momento de tomar a cidade para si!, disse o secretário.

De olho no futuro, Cordiolli afirmou que as manifestações populares como a vista ontem será mais corriqueira daqui em diante. Começamos a fazer uma cidade justa, democrática e mais cultural!.

O gestor municipal da Cultura adiantou que já trabalhando para que o Carnaval de Curitiba seja um sucesso de público e crítica. Ele contou ao blog que a festa mais popular do país reúne na capital entre 20 a 25 mil pessoas.

A prefeitura quer garantir o funcionamento das escolas de samba, que são oito, durante o ano inteiro. Vamos ajudar na profissionalização e na qualificação dessas escolas. Será um ganho cultural fantástico para a cidade!, disse o secretário.

8 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Quem contou as pessoas do largo para saber quantas haviam??? na minha estatística eram apenas 1247…

    Amigo meu, presidente de escola de samba, ainda tá esperando o dinheiro da prefeitura…

  2. O Marcos Cordiolli demonstra sensibilidade, conhecimento e comprometimento com a cultura da cidade, a partir do momento em que reconhece os movimentos populares, em um dialogo aberto propondo-se a profissionalizar as Escolas de Samba, para que elas tenham eventos o ano inteiro; pois como sabedores a verbas sempre são poucas mesmo. Como integrante do Garibaldis e Sacis agradeço pelo menos por nos reconhecer como um movimento Cultural, e junto conosco apoiar a descentralização cultural da cidade; afinal temos vários artistas nos bairros que merecem sim ter seu valor reconhecido. E parece que esta nova gestão esta antenada nisto.

  3. Querer começar a política cultural de uma cidade com mais de 300 anos foi seu primeiro grande erro, Cordiolli.

  4. Sim, claro;
    o pedestre demora 3 tempos do semáforo para atravessar a Linha Verde no trevo da PUC, ou seja, 6 minutos…
    Mas os automóveis aguardm apenas 1 tempo do semáforo, ou seja, 2 minutos…

    JUSTO E DEMOCRÁTICO.

    Tente andar a pé no trecho em obras da Salgado Filho e da Av. das Torres próximo a Lactectec; voce anda entre os veículos ou se equilibrando nas pontas das pedras onde eram calçadas, mas os automóveis tem asfalto e espaço suficientes…

    JUSTO E DEMOCRÁTICO.

  5. O Cordioli dá de 1.000 a zero no Viapiana. Em competência, em intelecto, em simpatia e em comprometimento!

  6. Pela declaração do secretário, Curitiba começa agora.

    Me lembra um ex-presidente.

  7. Mas me diga uma coisa, onde está a verba das escolas de samba que foi anunciada no site oficial da prefeitura dia 11 de janeiro e até ontem nada? A propaganda oficial é uma, a realidade é outra….

  8. O certo é Garibaldis, no plural