Charge do dia: Cobertura da imprensa na tragédia de Santa Maria

Charge de Carlos Latuff, via Blog do Tarso.

Charge de Carlos Latuff, via Blog do Tarso.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Liberdade de imprensa no Brasill é: “pode fazer tudo”. “estamos trabalhando”.

  2. Ze Venancio e Marcos Campos, eu não acredito em nada que me jogam na frente sem antes pesquisar, ver de quem vem a informação e se é digna de credibididade. É muito fácil para a mídia (a nossa paranaense é um nojo – RPC, RIC, Massa, Band, Banda B, CBN, etc… São a grande maioria. Todas compradas pelos governos com propagandas aos montes que custam milhões.
    Tenho outros meios de me informar e faço muito, tanto que estou neste blog porque por aqui é o único meio de nos expressarmos.
    Temos alguns bons jornalistas, não estes que estão há anos fazendo cabeças e são amigos dos políticos, mas é muito raro. Há também alguns novos que já são doutrinados conforme o editor chefe e o dono.
    Então, se o cara é realmente profissional e não quer mentir ou omitir, mude…
    Eu sempre procuro me informar com os dois lados da informação.
    Estou vendo a porcaria do PR TV e anunciaram que o governo vai gastar 25
    milhões para comprar TORNOZELEIRAS ELETRôNICAS.
    As primeiras poderiam ser distribuidas no Centro Cívico.
    O Cássio poderia ganhar uma de ouro enquanto seu processo não reaparece naquele cartório de incompetentes.

  3. Para evitar a midia venal , minha sugestão é : conecte a TV digital de qualquer tamanho no seu PC ou notebook e vai para o youtube: existem trocentos documentários e filmes e musica e etc. Com qualidade excepcional.

  4. Calma Jacu, nem todos são assim…
    Entendo e participo de sua revolta, mas esta escumalha nada mais é do que a imprensa marrom, vitaminada pela ignorância que ainda grassa em nosso povo, além da falta de outras atrações melhores na TV.
    Os canais TV Senado e TV Câmara exibem com frequência documentários do 60 Minutes e TAL (televisão America Latina).
    A TV Educativa tem também bons programas que podem substituir este cardápio nojento de imagens de helicóptero filmando salvamentos de acidentes e assaltantes na marginal do Tietê…
    Se, por fim não houver outra saída, vale investir R$90,00 e comprar um aparelho de DVD, ir nas “importadoras” dos shoppings populares que ficam no centro da terra de Anibal Khury e comprar dez filmes, inclusive os lançamentos e bom divertimento!!!
    Que Datena, o que! Melhor ver o DáPena da Praça é Nossa! Pelo mennos este é mais sério e educa mais…

  5. Cada um noticiava a seu modo.
    Sem verificar a autenticidade da informação.
    Eliana chamou o intervalo e queria que o comandante Guido esperasse. Foram 5 minutos, quando voltou, o capita havia desligado. Artista acha que a vida dos outros é como a sua. Uma vagabundagem.
    Datena incentivou massacre ao dono da boate em praça pública.
    Cada canal noticiava a mesma informação de forma diferente.
    Esta é a nossa imprensa.
    Existe profissão mais moleza que jornalismo ?

  6. A charge traduz exatamente como se comporta a mídia neste país, fazem qualquer coisa por uma “boa” entrevista, até mesmo pisar nos sentimentos das pessoas que tiveram perdas irreparáveis.

  7. Falou Tudo Esmael Lamentavel o que o povo fas por alguns minutos de audiência.