24 de janeiro de 2013
por Esmael Morais
3 Comentários

Venezuela se irrita com “falsa foto” de Chávez em jornal espanhol

da Reuters

O governo venezuelano rejeitou fortemente nesta quinta-feira a “falsa foto” do presidente Hugo Chávez que o El País publicou, uma imagem que foi retirada pelo jornal espanhol, juntamente com um pedido de desculpas público.

Chávez viajou para Cuba em dezembro para enfrentar sua quarta cirurgia em 18 meses para tratar de um câncer. Desde então, ele não foi visto nem ouvido em público, gerando ansiedade entre os venezuelanos para saber o real estado de saúde do líder socialista.

A foto granulada que o El País publicou em sua edição online, descrita como de exclusividade mundial, retratava a cabeça de um homem deitado e entubado. A imagem ficou no site por 30 minutos e também apareceu nas primeiras edições impressas, antes de o jornal parar as máquinas e mudar sua capa.

“O El País pede desculpas a seus leitores pelo dano causado. O jornal abriu uma investigação para determinar as circunstâncias do que aconteceu e os erros que foram cometidos na verificação da fotografia”, disse o jornal em um comunicado.

A fotografia era uma imagem congelada de um vídeo que estava circulando através de redes sociais na Venezuela desde o início de janeiro. O vídeo mostra todo o processo de entubação de uma p Leia mais

24 de janeiro de 2013
por Esmael Morais
17 Comentários

Empresários reagem a políticos e apoiam Dilma

do Brasil 247

Depois de uma sequência de criticas da oposição ao pronunciamento em que a presidente Dilma Rousseff anunciou a redução das tarifas de energia, os empresários saíram em defesa do governo. A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) informaram que a economia média anual no país passará de R$ 24 bilhões para R$ 31,5 bilhões com o desconto maior na conta de luz.

As entidades, ambas presididas por Paulo Skaf (PDMB), projetam que, em um prazo de 30 anos, a economia passará de R$ 720 bilhões para R$ 945 bilhões. Em nota, as entidades disseram considerar que a redução das tarifas de energia é um passo importante para o Brasil recuperar a competitividade (confira a íntegra da nota). Skaf elogiou as taxas e disse que a sociedade toda ganhará, pois os custos de produção serão reduzidos também.

A medida beneficia todos os setores da sociedade, e atinge diretamente o bolso de cada brasileiro!, disse. Dilma tem mostrado sensibilidade, e suas ações concretas apontam a preocupação do governo com a competitividade do país. Todo mundo usa energia, todos os produtos precisam de energia para serem produzidos, todos os serviços consomem energia. Ao reduzir a conta de luz, o benefício é de todos,! ressaltou Skaf, na nota.

Críticas

O presidente nacional do Democratas criticou, nesta quinta-feira 24, o pronunciamento feito pela presidente da República, Dilma Rousseff, ontem, por ocasião do anúncio sobre a redução na conta de luz. Ao 247, o senador José Agripino Maia (DEM-RN) disparou: A presidente precisa entender que governar não é desafiar a oposição. Não é insultar a oposição!.

O democrata foi enfático ao explicar que as medidas do governo não vão se sustentar!, e que baixar os valores das contas de energia elétrica vão desestimular a economia! , além de investir na instabilidade do setor elétrico!. O governo deveria investir em atitudes permanentes!, enfatizou à  reportagem.

Questionado sobre quando essas previsões poderiam se concretizar, o presidente do DEM preferiu a cautela e justificou, ao dizer não ter bola de cristal! para saber quando esses problemas! vão começar. Mas, mais uma vez, reafirmou que as medidas vão ter conseqà¼ências!.

Tucanos

Se entre as intenções do pronu Leia mais

24 de janeiro de 2013
por Esmael Morais
24 Comentários

Rubens Bueno: “Não devo pedra alguma, tenho crédito político”

O deputado federal Rubens Bueno, presidente estadual e líder do PPS na Câmara, enviou nota contestando informação publicada aqui, na manhã de hoje, sobre a criação da Secretaria Especial da Pessoa com Deficiência, ocupada pelo vereador curitibano Zé Maria, do PPS. O blog anotou que a manobra visa abrir vaga para Renata Bueno, que é primeira suplente na Câmara Municipal.

O parlamentar afirmou que não houve articulação ou pedido de cargo, por parte do PPS, para abrir vaga à  sua filha e vereadora Renata Bueno. Ele também negou que esteja devendo uma pedra ao governador Beto Richa (PSDB).

“Não há dívida de ‘pedra’ a ninguém. O que existe é crédito político [com o governo Richa], porque os quadros do PPS engrandecem qualquer governo em competência, seriedade e espírito público”, diz um trecho da nota.

O blog havia registrado que “Rubens Bueno vai ficar devendo uma pedra para o governador Beto Richa”.

A seguir, leia a íntegra da nota de Rubens Bueno:

Caro Esmael,

Em atenção ao publicado na sua coluna, respondo:

1. Não existiu nenhuma tratativa da direção do PPS sobre a reforma do secretariado do governo estadual;

2. Não existiu nenhum pedido/articulação para ocupar cargo no governo em busca de abrir espaço para a suplente Renata Bueno;

3. Não há dívida de “pedra” a ninguém. O que existe é crédito político, porque os quadros do PPS engrandecem qual Leia mais

24 de janeiro de 2013
por Esmael Morais
33 Comentários

Colunista da Gazeta do Povo tira onda de Richa e “Comandante Junior”

O jornalista Reinaldo Bessa, colunista social do jornal Gazeta do Povo, na edição desta quinta-feira (24), tirou uma onda do governador Beto Richa (PSDB) e de seu escolhido, “Comandante Junior*”, que vai pilotar a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (SEDU). Eis a nota:

Gavetas íntimas de Ratinho Jr.

A confirmação do nome de Ratinho Jr. para a secretaria de Desenvolvimento Urbano gerou, imediatamente, uma onda de protestos e piadas em blogs e redes sociais. A lembrança do discurso de Ratinho pai durante a campanha do filho para prefeito, quando o apresentador de TV chamou os ocupantes da prefeitura de Curitiba e seus apoiadores !“ leia-se Beto Richa !“ de cuecas de seda!, deu o tom das críticas. A piada corrente era sobre as novas roupas de baixo que Ratinho Jr. passará a usar, já que agora é aliado dos mesmos que seu pai atacou.

Enquanto isso, fornecedores da campanha de Ratinho Jr. continuam aguardando o pagamento de dívidas referentes a trabalhos executados no segundo turno. E não é pouco dinheiro.

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x

*Na campanha eleitoral, o então prefeito Luciano Ducci (PSB), pupilo do governador Beto Richa (PSDB), veiculou no rádio propaganda para destacar a inexperiência de Ratinho Jr. O comandante, no áudio, assusta os passageiros ao se mostrar inseguro sobre como pilotar a aeronave e ao dizer que era seu primeiro voo para Curitiba. Depois, o locutor do programa de Ducci alerta os eleitores da capital para os perigos da inexperiência!.

Leia mais

24 de janeiro de 2013
por Esmael Morais
19 Comentários

Na Casa Civil, Stephanes será o gerentão! do governo Richa

Reinold Stephanes foi confirmado chefe da Casa Civil de Beto Richa. O deputado licenciado e secretário do Trabalho, Luiz Cláudio Romanelli, que queria o cargo, ficou chupando dedo.

Reinold Stephanes foi confirmado chefe da Casa Civil de Beto Richa. O deputado licenciado e secretário do Trabalho, Luiz Cláudio Romanelli, que queria o cargo, ficou chupando dedo.

A escolha do deputado federal Reinold Stephanes (PSD) para a Casa Civil teve alguns lances de bastidores curiosos. Vamos a eles: 1- O parlamentar mirou na pasta e não abriu mão e 2- A vinda de Stephanes para o governo do Paraná foi uma condicionante para que o também deputado federal Ratinho Junior (PSC) aceitasse vestir a cueca de seda!, ou seja, ocupar a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEDU). ... 

Leia mais

24 de janeiro de 2013
por Esmael Morais
34 Comentários

Atenção gentalha! Renata Bueno está de volta na Câmara de Curitiba

Vereadora Renata Bueno (PPS), a musa que apavora os colegas da Câmara Municipal. (foto: Valquir Aureliano).

Vereadora Renata Bueno (PPS), a musa que apavora os colegas da Câmara Municipal. (foto: Valquir Aureliano).

à‰ sabido até pelas capivaras do Parque Barigui, tradicional parque da capital paranaense, que o governador Beto Richa (PSDB) criou a Secretaria Especial da Pessoa com Deficiência e a entregou ao vereador curitibano Zé Maria, do PPS, para abrir vaga a primeira suplente Renata Bueno, filha do deputado federal e presidente estadual do PPS Rubens Bueno. ... 

Leia mais

24 de janeiro de 2013
por Esmael Morais
8 Comentários

Em pronunciamento à  nação, Dilma critica tucanos e corvos de plantão; veja o vídeo

do Brasil 247

Durante anos, décadas até, os grandes jornais brasileiros vocalizaram uma das maiores demandas empresariais no País: a redução do Custo Brasil. Nele, um dos principais componentes de custo é a tarifa de energia, historicamente uma das mais caras do mundo !“ especialmente após o processo de privatização. Dezenas de eventos foram organizados em vários pontos do País e muito pouco, ou quase nada, se fez.

Até que uma mulher, a presidente Dilma Rousseff, decidiu enfrentar essa questão. E não de maneira intervencionista. Valendo-se de uma oportunidade, que era a renovação das concessões de várias usinas do setor elétrico, o governo obteve preços menores pela energia já amortizada pelas concessionárias públicas ou privadas. Resultado: a conta de luz cairá em 18% para as residências e até 32% no setor industrial.

Assista ao pronunciamento da presidenta Dilma:

Uma notícia, certamente, de forte impacto popular, para um governo que já desfruta de altos índices de popularidade. No seu discurso de ontem, Dilma falou que a redução valerá até nos estados onde os governantes se recusaram a renovar as concessões !“ ela mencionava São Paulo, Minas e Paraná, governados pelo PSDB, mas não citou os nomes. E disse que a turma “do contra” estaria ficando para trás.

Pois os corvos, na manhã desta quinta-feira, vestiram a carapuça. Quem gralhou mais alto foi Reinaldo Azevedo, que falou em “populismo elétrico” e “campanha eleitoral” na tomada. “Quem falava era a candidata à  reeleição em 2014. Até aí, vá lá. à‰ a sina dos políticos nas democracias; disputar eleições é parte do jogo. O que incomodou foi outra coisa: por que o tom de desafio e, à s vezes, de certo rancor? Porque, no petismo !” seja o lulista ou o dilmista !”, mais importante do que vencer, é a sensação de que o adversário perdeu”, Leia mais