Sérgio Pires será o presidente do IPPUC

Arquiteto Sérgio Pires.

O prefeito eleito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), escolheu Sérgio Póvoa Pires para presidir o IPPUC (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba).

O escolhido é arquiteto, urbanista, aquarelista, designer de joias e professor. Ele terá a tarefa, segundo um assessor de Fruet, de resgatar a “genialidade” do órgão de planejamento da cidade.

17 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Espero que esse senhor consiga tirar o IPPUC do ”universo paralelo” o qual o orgão vive agora, e que possa trazer a repartição além da genialidade a real função do orgão de planejamento e pesquisa, que é antever o movimento da cidade, ter domínio do que ocorre nos bairros, e isso só é possivel a partir do momento que o IPPUC esteja conversando o tempo inteiro com todos os outros orgão, principalmente o Planejamento, a URBS, a SMOP e COHAB.
    Sou servidor da prefeitura a quase 2 anos, dentro da área de obras num setor chave para o planejamento da cidade e não me recordo de uma única reunião envolvendo o superintendente do meu setor ou algum supervisor meu com algum servidor do IPPUC, o único contato que tive até o momento com algo da secretaria foi um projeto de rampa padrão que necessita de 3 metros de calçada, para tentar implantá-lo em um bairro popular onde a via inteira tem cerca de 7 metros de largura…

    Espero que esse espírito criativo seja usado no plano real, e não em alguns devaneios que vemos de vez em quando…

    PS: espero também que ele entenda que todo sistema de transporte, por melhor que seja, tem seu limite de capacidade, e que possa explicar isso ao gustavo, pois nessa área, me parece que ele está muito mal acessorado.

  2. Eu como eleitor do Fruet estou INDIGNADO. Como pode ele promover uma campanha de mudança e agora surge esse boato de um ATUAL funcionário do IPPUC assumir a presidência do órgão na próxima gestão? Estou envergonhado. Mais um Lernista no poder, e vc Sr Esmael não vai se posicionar?! vergonha!!

  3. Quero ser nomeado também!!!!!

  4. O Chick Jeitoso não sabe o resto da listagem dos secretários ?

    Quem vai ser o secretário(a) da Copa ??????

    Algém arrisca um palpite ? façam suas apostas !!!

  5. O Chick Jeitoso nãosabe o resto dalistagem dos secretários ?

  6. Do IPPUC eu espero pragmatismo, não genialidade.

    • Você quis falar bonito mas falou besteira.
      Pragmatismo significa mudar a cidade independente do que o povo quer, sem fazer licitações públicas (exemplo: ICI) e visando apenas às leis do mercado imobiliário especulativo.

  7. a cidade vai ficar joínha joinha, como e´bom ver gente nova e qualificada na prefeitura.

  8. Essas assas de borboleta ja demonstra bem o estilo…

  9. Boa escolha.

  10. A voz das urnas sinalizou o anseio de mudança. Curitiba precisa de saltos qualitativos que não são compatíveis com o modus operandi e com as premissas daqueles que estiveram no poder nos últimos 20 anos e que estão arraigados a modelos principalmente de planejamento urbano, de mobilidade que não são mais aplicáveis a nossa cidade (por exemplo, por que continuar com estações no formato de tubo que não propiciam o mínimo conforto e dignidade aos usuários que ficam como verdadeiras sardinhas? Por que ligeirinhos andam em vias rápidas e não nas canaletas? Por que blogueiros que defendem a ciclomobilidade têm sido hostilizados por dirigentes do IPPUC?) Por isso, importante que seja esclarecido se o nome realmente está confirmado e se o indicado está disposto a políticas públicas que viabilizem as mudanças almejadas ou se teremos mais do mesmo?

  11. Curitiba vai ser jóia.

  12. Desculpe, segundo a minha pesquisa ele é funcionário do IPPUC.

  13. o ippuc vai virar uma “joia”! piada infame, eu sei, mas não tinha como não fazer. PS: estou sendo sarcástico quando digo que o ippuc vai virar uma “joia”!

  14. Jesus, a cidade vai ficar um BRINCO!!!

  15. Desejo boa sorte ao Sergio. A missão de tocar um plano de recuperação do planejamento urbano de nossa Cidade não é fácil. O trabalho muito bem feito de desconstrução executado pelo Beto Ducci daquela Curitiba que nos orgulhávamos, que foi referência em soluções urbanas e que simplesmente deixou de existir para dar lugar a esta cidade estranha, cheia de buracos, pedras no caminho, obras inacabadas e caminhos interrompidos, nos deixou um passivo muito alto. Mas nas adversidades que crescemos e é para essa direção de desenvolvimento, crescimento organizado, planejado e sobretudo com respeito aos cidadãos e a história de Curitiba que começaremos a andar neste próximos quatro anos.