Reviravolta em Campina Grande do Sul. TRE revoga cassação do prefeito reeleito

Prefeito Luiz Assunção (PSB).

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) reformou, nesta segunda-feira (3), a cassação do prefeito eleito de Campina Grande do Sul, Luiz Carlos Assunção (PSB), e de seu vice, Nilson Pires Falavinha (PPL).

Em processo relatado pelo juiz Marcos Roberto de Araújo, o Tribunal afastou as alegações de abuso de poder político e econômico pelo candidato à  reeleição do município da região metropolitana de Curitiba.

Em setembro último, a juíza Adriana Benini havia reconhecido a prática de abuso de poder e conduta vedada a agente público, cassando os registros de candidatura de Luiz Carlos e Nilson e aplicando-lhes multa.

Com a decisão, os eleitos não terão problema em serem diplomados no próximo dia 19.

A defesa ficou a cargo do escritório do advogado Guilherme Gonçalves e a sustentação oral coube ao advogado Luiz Eduardo Peccinin.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. E FAZENDA RIO GRANDE QDO JULGARÀ????

  2. isso é apenas mais uma prova de quem realmente MANDA no TRE/PR. “parabéns” Guilherme Gonçalves. vamos ver no TSE…

  3. Apenas ressaltando, hoje era o aniversário do querido amigo e excelente advogado Luiz Eduardo Peccinin, que mais uma vez mostrou sua competência e a qualidade da equipe do Guilherme Gonçalves.

  4. E Paranaguá, senhores juízes, senhores desembargadores, senhores promotores de justiça? Quando os senhores vão tirar a venda dos olhos da justiça para o que está acontecendo em Paranaguá? A Lei da Ficha Limpa não vale para Paranaguá?

  5. O Vice, Falavinha é filiado ao do PPL e nao do PSB.