No apagar das luzes, vereadores aprovam reajuste de 15% aos servidores da Câmara de Curitiba

Professora Josete (PT).

Professora Josete (PT).

Na penúltima sessão do ano, realizada na manhã desta segunda-feira (7), os vereadores de Curitiba criaram exceção! ao aprovar, sem debate com as demais categorias, reajuste de 15% para servidores da Câmara Municipal.

Pressionados pelos servidores da Casa, os vereadores aprovaram reajuste de 15% nos salários e incorporação de gratificações. A medida proposta por alguns vereadores em fim de mandato, como o presidente da Casa João do Suco (PSDB), só teve como votos contrários os vereadores de oposição e a vereadora Maria Goreti (PSDB). Para eles, a medida não foi debatida com a sociedade e é uma má demonstração para a sociedade.

A vereadora Professora Josete (PT) se colocou contrária ao projeto. Para ela, a medida é inconstitucional, pois gera uma despesa não prevista a menos de 180 dias do fim de uma gestão, além de quebrar isonomia entre os servidores.

A Câmara gera R$ 80 mil de despesa por mês, ferindo a lei de responsabilidade fiscal. Houve pressão para esse projeto passar. Eu sou servidora pública e sindicalista e vejo que isso não foi aprovado de forma clara. Você não aprova um projeto ao apagar das luzes!, condena.

Para aumentar os salários, os servidores alegaram que houve a redução dos cargos comissionados de 562 para 342, tendo garantido os recursos. No entanto, a vereadora Maria Goreti afirma que o projeto foi elaborado apenas pelos servidores.

O projeto devia ter a participação de ambos, mas não teve representação do Executivo!, alerta. Já a vereadora Josete conta que o projeto chegou no fim de novembro e foi apreciado muito rápido.

Eu fico indignada porque os três vereadores que apresentaram o projeto — João do Suco, Caíque Ferrante (PRP) e Celso Torquato (PSD) — e estão na mesa não estarão aqui no ano que vem!, protestou a petista.

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. LEIAM MAIS
    Criticar, meter a boca e falar mal de alguns politicos, fazer oposição sem fiundamentos para se reeleger, ou apenas pelo prazer de ser o contra é muito fácil e simples. Na CMC após a saída do Derosso, façam uma pesquisa com todos os vereadores que estiveram na casa e perguntem: como é CMC hoje e como era antes. O corte e a redução de cargos comissionados, a transparência dos trabalhos efetuados todos os dias na CMC, isto ninguém fala e nem divulga, bando de cretinos e demagogos.

  2. Por favor, ao menos informem corretamente. NÃO HAVERÁ AUMENTO de 15%, apenas uma incorporação de gratificações recebidas apenas pelos servidores efetivos da CMC. Aliás isso já foi feito para algumas carreiras da Prefeitura, inclusive para os Procuradores do Município em percentuais muito maiores e não houve manifestações em contrário da bancada de oposição!

  3. E o pessoal da PMC, que são estatutários concursados e não cargos comissionados (vulgo cabidão de emprego) como ficam. Agora os nossos aumentam passam! Afinal acabaram de dar uma brecha nesta questão de aumento salárial. Se na CMC pode! Os demais funcionários do Município de Curitiba também tem este direito. Se não haver aumento no meu salário em 2013 na mesma porporção eu irei entrar com uma representação na justiça para obter os mesmos direitos. E isso tem nome ISONOMIA.

  4. Na minha cidade a “dona” da câmara tem um salário de R$ 12 mil e ninguém ousa contestar isso, afinal de contas, é ela quem manda na casa de leis.

  5. Olha só os ilustres vereadores fazendo cortesia com chapeu dos outros.

  6. É o que dá colocar no poder pessoas não capacitadas para gerir os recursos de forma coerente e com responsabilidades. Parabéns aos eleitores que elegeram esses vereadores. “Cada povo têm os governantes que merecem”.

  7. meu amigo faisca fumaça não não mil vezes não estes dois que a vereadora jozete denunciou e fazem parte da mesa executiva e que apresentaram o projeto Celso Torquato e Kauque Ferrante, são do time de Gustavo Fruet coordenaram sua campanha no segundo turno e estão cotadissimos para assumirem um cargo na mãe feitura pois a Prtefeitura e uma mãe, o Gustavo falou em mudanças e agora.

  8. Ola Gustavo seus amigos que provavelmente irão fazer parte do seu staf politico em algum orgão Municipal apresentando projeto na calada da noite Celso Torquato Kaike Ferrante, aumento de 15% para servidor quando foi diminuido o numero de cargos em comissão para acabar com a maracutaia na Camara, esses são contra o povo e o Senhor ainda vai nomea-los nas tetas do herartio publico, cade as mudanças prefeito do povo.

  9. Para uma instituição insignificante para a cidade. Cabidão!

  10. É isso que dá ter representantes desse naipe na CMC. Tão tudo com dor de corno por não ter continuado a mamar na teta do PMC e agora dão o troco forçando um reajuste inconstitucional e sem vergonha. É a herança dos senhores feudais Taniguchi, Richa, Ducci, que agem na surdina e como querem, passando por cima de leis e de qualquer moralismo. Tipo eu mando e vocês obedecem. Graças a Deus que esta raça está saindo aos poucos do poder.

  11. nenhuma categoria teve um aumentão desses, como são bonzinhos os vereadores com seus “colaboradores”. joão do suco doce.