Leia as manchetes deste sábado e capas de revistas semanais

gazeta221212Jornais do Paraná

Gazeta do Povo: Barbosa garante Natal de condenados pelo mensalão

Folha de Londrina: STF rejeita antecipar prisão de condenados

O Diário (Maringá): Pupin anuncia nomes de mais 12 secretários

Diário dos Campos: Marcelo anuncia metade da sua equipe de governo em PG

Jornal da Manhã: Marcelo Rangel divulga primeira parte do elenco de secretários

O Paraná: Falta de subvenção agrícola pode reduzir a área segurada

Gazeta do Paraná: Condenados do mensalão ainda fora da cadeia

Jornal Hoje: Xingamentos marcam fim da pior legislatura da história

Gazeta do Iguaçu: Programa federal de investimentos em aeroportos inclui terminal de Foz

Diário do Noroeste: Primeiro lugar geral é do Curso de Administração

Tribuna de Cianorte: Operação Natal: motoristas devem redobrar a atenção

Umuarama Ilustrado: Filho de dono da loja Queen Anne é assassinado no Paraguai

Tribuna do Norte: Lei Seca mais rigorosa já está em vigor nas rodovias

Jornais de outros estados

Globo: Manobra de vereadores põe projeto olímpico em risco

Folha: Barbosa rejeita a prisão imediata dos condenados

Estadão: Barbosa nega prisão imediata de condenados no mensalão

Correio: E a vida continua

Zero Hora: Preso na Serra elo entre as Farc e quadrilhas de SP e RJ

Capas de revistas:

CartaCapital: Um mundo cada vez mais gordo

Veja: Retrospectiva 2012 – O ano da Justiça

Istoà‰: Retrospectiva 2012: O ano da verdade

à‰poca: Jesus, um mistério que vai além da história

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. FELIZ NATAL. COMENTÁRIO AO ARTIGO DO PROF. VILLA, SOBRE MARIGHELLA.
    Villa, todavia, no mundo há revoltados, revolucionários e Revolucionários. Jesus Cristo, por exemplo, aquele cujo aniversário deveremos comemorar no próximo dia 25/12/2012, foi um grande Revolucionário. Todavia, o HOMEM que Revolucionou o mundo inteiro foi trucidado, covardemente, pelos viajantes equivocados de sua época (” povo,doutores da lei e governo “), por ação ou por omissão, e, por culpa da estupidez histórica contra o Santo HOMEM, a humanidade vive de joelhos há 2012 anos pedindo-lhe perdão. O demotucanismo pilantra, o milicismo ditatorial malandro, a hipocrisia, o cinismo, o udenismo, a covardia e seus miquinhos midiáticos cooptados, adestrados e orquestrados, golpistas, não perdem por esperar a hora em que cair a ficha do Joaquim Barbosa e este perceber que está sendo usado como instrumento de vingança, revanchismo e acesso ao poder pelos mesmos, que, no mínimo, são co-responsáveis pelos modellos podres de república 171 e pollítica-partidária-eleitoral bandido, ditatorial ( pai e mãe de muitos valériodutos históricos), tb 171, que nem mesmo após a condenação pelo STF, a classe político-partidária-eleitoral, o carro-chege da sociedade, ousa sequer esboçar qualquer mudança positiva no sentido de demolir o dito cujo. Por outro lado, a fotografia de pessoas como ZD, Genoíno e Lula, ao lado de Valérios, Jeffersons, Costas Netos e Cia., tanto quanto a turma do FHC, Aécio, Alckmin, Serra e Cia., tem sido desastrosa para todos, inclusive para a social-democracia e tb para a esquerda, além da direita e da famigera ditadura militar, enquanto seu braço armado, já detonados pela História. Tal fato, aliás, tão forte que é, representa, isto sim, o apocalipse dos modellos de república 171 e de pollítica-partidária-eleitoral tb 171, condenados pelo STF. Sentença condenatória essa, aliás, diga-se de passagem, providencial e muito além dos interesses partidários-eleitorais imediatos do fla-flu de plantão, para os bons entendedores, é claro, que não fazem vistas grossas e nem ouvidos moucos. Taí o fim do mundo, pollítico-partidário-eleitoral, previsto pelos maias. Daí a necessidade do HoMeM do Mapa da Mina, do PNBC e da Meritocracia Eleitoral, alicerçados na paz, no amor, no perdão, na conciliação, na união e na mobilização em torna da Mega-Solução, A Revolução Pacífica do Leão, porque evoluir é preciso. Feliz Natal, pessoal.