Justiça cassa o 1!º e 2!º colocados na eleição de Rio Branco do Sul

Prefeitura Municipal de Rio Branco do Sul. Foto: divulgação.

Diferente do que informou o blog pela manhã, o juiz eleitoral Marcelo Teixeira Augusto, de Rio Branco do Sul, município da região metropolitana de Curitiba, cassou ontem (3) o registro das candidaturas do prefeito eleito Cezar Gibran Johnsson (PSC) e do segundo colocado na disputa, Valdemar José Castro (PSDB).

O blog havia informado, erroneamente, que o tucano assumiria a prefeitura em 1!º de janeiro de 2013, caso a sentença fosse confirmada nas instâncias superiores.

A decisão judicial alcança o primeiro e o segundo colocado na disputa, portanto, se confirmada, será convocada nova eleição para o município de Rio Branco do Sul (clique aqui para ler a íntegra da decisão judicial).

O advogado do tucano defenestrado, Luiz Fernando Pereira, acredita que reverterá a decisão do magistrado. Ele informou que vai recorrer da sentença.

Resumo da ópera: Rio Branco do Sul continua sem saber quem será o próximo prefeito.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Kara… com todo o respeito, tá faltando informação em seu blog, foram cassa dos os dois, mas cade a noticia do cassação do candidato do 20.

  2. Boa sorte ao Pereirinha.

  3. Ainda não entendi. Na decisão apenas o segundo foi afetado. Onde está a decisão contra o primeiro colocado?

  4. A Justiça tem tanto rigor por um lado e tanta tolerância por outro. Senão vejamos: Em Paranaguá, o Prefeito eleito teve 7 (sete) contas desaprovadas por dois colegiados, Tribunal de Contas e Câmara Municipal. É o caso mais típico de Ficha Suja. Para completar, seu processo “sumiu” do poder de quem era devido. Agora pasmem: Hoje ele vai ser diplomado com toda a pompa “a que não tem direito”.

  5. Esmael

    E Rio Branco do Sul continua na era de Bento Chimelli Benelli!
    E o Povo ÓÓÓÓ !!!!