Hora de impeachment no STF?

Numa entrevista em que abriu seu coração, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, revelou à  jornalista Mônica Bergamo os caminhos que percorreu para chegar à  corte máxima do País; ele próprio diz que fez lobby junto a Delfim Netto, Antonio Palocci, João Pedro Stédile e!¦ pasmem!¦ José Dirceu.

Numa entrevista em que abriu seu coração, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, revelou à  jornalista Mônica Bergamo os caminhos que percorreu para chegar à  corte máxima do País; ele próprio diz que fez lobby junto a Delfim Netto, Antonio Palocci, João Pedro Stédile e!¦ pasmem!¦ José Dirceu.

A bola foi levantada pela primeira vez pelo senador paranaense Roberto Requião (PMDB), em entrevista ao portal Brasil 247, no último final de semana, quando afirmou que se José Dirceu fosse preso, como pedia a velha mídia, o ministro Joaquim Barbosa seria expulso do Supremo Tribunal Federal (STF)!.

à‰ sabido por todos que o ministro Barbosa amarelou! e ao não decretar a prisão do petista. A direitona ficou decepcionada com o recuo de seu super-herói!.

Se mandasse prender Dirceu, explica Requião, o STF estaria contrariando manifestação conhecida do plenário e as garantias constitucionais!.

Pois bem, o ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria Geral da República, revelou em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, da Rede TV!, que outro ministro do STF, Luiz Fux, em campanha pela sua nomeação à  Corte, “sem que eu falasse nada, ele falou para mim o que tinha falado para os outros: que ele tinha estudado o processo [do mensalão], que não tinha prova nenhuma, que era sem fundamento e que ele tomaria uma posição muito clara”.

Depois de alçado ao cargo com ajuda de petistas, Fux mudou de posição. Ele converteu-se em um dos mais duros ministros nos votos pró-condenação. Fez média com os holofotes em detrimento de um julgamento que deveria ser técnico. Afinal, recordemos, ele havia dito que tinha estudado o processo, que não tinha prova nenhuma…!.

A prerrogativa de aprovar os nomes do STF é exclusiva do Congresso, embora a indicação seja da Presidência da República.

O STF quer fazer política substituindo, inclusive, o papel de legislar do parlamento brasileiro, como lembrou Requião. Portanto, fica a pergunta: não chegou a hora de se discutir a possibilidade de impeachment na Suprema Corte? Com a palavra o Congresso Nacional.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. As posições do Roberto estão muito à frente do tempo dele.
    O que é isso, companheiro?

    Mas eu também torço pra ele sair candidato…Também vou fazer campanha de graça.

    Nos veremos, cada um dum lado, claro.

  2. Novamente: o Requião tem Razão!!! Eu pergunto: quando foi que o Requião não teve razão? Suas posições políticas estão muito à frente do seu tempo.
    Para este político parananense, faço campanha por amor! Por favor Requião! Dispute a próxima eleição para Governador! Senão não haverá graça nenhuma. Sem você, vou de Beto! A Gleisi não é candidata suficientemente forte para derrotar o atual governador. Só você é capaz! Volte Requião!!!

  3. Esmael, como todo o respeito, você deve estar de brincadeira.

    Apesar de ter diminuído sensivelmente o acesso ao seu blog, devido a postura viciadamente parcial, fico surpreso quando eventualmente acesso a página.

    Não consigo me conformar com o teor de certas matérias. Reportagens tendenciosas e inflamantes contra as instituições democráticas.

    Não é isso que se espera do jornalismo, Esmael. Cuidado com o descrédito.

    Cada vez mais, pessoas como eu, desvinculados de posições partidárias, mas atentos aos rumos da nação, deixamos de acessar o blog.

    A cor azul aqui chegar a ser um contrassenso.

    PS: Não acredito que o fato do Fux ter aberto o jogo quanto ao costume para ascensão ao STF seja desabonador. O governo tem exigido essa postura e ele apenas jogou conforme o necessário.

    Feliz Natal.

  4. Revelou-se agora blogueiro…..o Sr. é golpista , quer um golpe de estado e o que é pior….um golpe de estado da esquerda.Não foi por isto que eu lutei , que Mino Carta lutou e tantos outros pela volta da democracia no Brasil.Pessoas como vc não tem diferença alguma com os da direita que criaram o AI 5, são iguais , só usam roupas da falsa moralidade para tentar realizar um golpe.Mas saiba que a sociedade não é mais burra para cair nesta e até que enfim o Sr. se revelou, é igual a mesma mídia que tanta critica….uma vergonha e uma grande decepção.

  5. Para o bem do Brasil, para que a Dilma, o Lula. o PT, governem cada vez melhor, seria bom termos uma oposição inteligente, patriota, honesta e com lideranças confiáveis, sem serem contra o Brasil. Roberto Requião tem muitas dessas virtudes, mas está no partido errado.

    • que pena REQUIAO NAO ESTA NO PT. PARTIDO QUE FAZ.A DIFERENCA. CLARO QUE O PMDB TEM MUITA GENTE BOA, MAS EM COMPENSACAO O QUE TEM DE LAMASSEIRA. REQUIAO NAO MERECE.

  6. É Dr: JOAQUIM infelismente o senhor não foi longe, como pode nos desiludirmos tão facil, puro fogo de palha. O negicio é abraçar o seu parceiro e descer pro sub-mundo dos mortais, que vergonha.

    • DR. JOAQUIM PARABENS PELA SUA ATITUDE. PRENDEER ALGUNS SEM TER PROVAS CONC RETAS, APENAS PROVASS TECNICAS, O SR. NAO IA FICAR COM A CONSCIENCIA TRANQUILA, AGORA O VALERIO MERECE IR URGENTIMENTE PARA PRISAO.