Hoje tem lançamento do livro sobre os rebeldes do Paraná

O eterno rebelde Luiz Fernando Pereira, ex-líder estudantil.

Daqui a pouco, a partir das 19 horas, no Bar Brahma, em Curitiba, acontecerá o lançado do livro Rebeldes do Paraná !“ o impeachment do presidente Fernando Collor e a ocupação da PUCPR!.

A obra assinada pelo jornalista Mário Hélio Gomes volta ao início dos anos 90 e conta como estudantes entraram para a história ao participarem do impeachment do presidente Collor. No mesmo momento, na capital paranaense, centenas de jovens ocupavam o campus da Universidade Católica do Paraná por mais de um mês para lutar por seus direitos e continuar seus estudos.

Entre os protagonistas do relato estão o ex-presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Francisco Zanicoti, e dos diretores da entidade em 1992, Guilherme Gonçalves, Ricardo Gomyde e Luiz Fernando Pereira.

Em fevereiro de 2013, um novo lançamento do livro será feito na PUCPR com as presenças do ex-presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes), senador Lindbergh Faria (PT-RJ), e dos atuais dirigentes da agremiação.

O Bar da Brahma fica na Avenida Presidente Getúlio Vargas, 234, no bairro Rebouças.

8 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Onde eu posso comprar um exemplar do livro?

  2. Luiz Fernando, parabéns pelo trabalho. Você faz parte dessa fantástica história.

    Abraços

    Joel Benin

  3. Corrigindo ” Mas não esqueço quando a tua mãe Marlene falava esse Luiz Fernando é fogo”.

  4. Pererinha lembro muito bem da sua atitude corajosa. Mas não esqueço quando a tua falava esse Luiz Fernado é fogo. KKKKKKKKKKKKK foi uma parada que a comunidade estudantil falou mais alto.

  5. Quanto que esse povo tá pagando pela autopromoção ?

    Esse livro estupra a verdadeira história da ocupação da PUC .

    Os tais protagonistas citados eram completos desconhecidos do povo que habitava o 6º andar da Reitoria. Apareciam somente para dar entrevistas.

    Isso é repugnante !

  6. Participei desse momento me lembro quando ficamos acampados durante um mes no 4º andar daPuc. Tenho fotos, filmagens dos momentos em que estávamos por lá. Foi bem no momento do Impeachment do Collor íamos a rua pedir dinheiro no sinaleiro para comprar comida e colher assinaturas para a “causa” dos(as) alunos(as) da Puc e muitos assinavam confundindo com o Impeachment…foi muito divertido tudo isso.