Gleisi Hoffmann libera R$ 10 milhões para obras no Litoral do Paraná

Ministra Gleisi Hoffmann.

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e o ministro do Turismo, Gastão Vieira, assinam, nesta terça-feira (4), termo para liberação de cerca de R$ 10 milhões para o Paraná, dentro do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) do Governo Federal.

Com a liberação do montante, o Estado deve apresentar projetos e o pagamento dos valores será feito de acordo com as execuções das obras.

Entre as prioridades estão dois grandes projetos. A implantação de Transporte Turístico Aquaviário, que contém obras de trapiches em municípios e ilhas do Litoral; base náutica em Guaratuba e Paranaguá; reforma do terminal de passageiros de Pontal do Paraná e a sinalização de balizamento e luminosa. Outro projeto importante é a implantação de sistema cicloviário nos municípios de Paranaguá, Antonina e Morretes e nos balneários de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná.

A lista de projetos, de acordo com o Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS), estima um investimento de mais de R$ 2,84 milhões na implantação do transporte aquaviário. A construção da Base Náutica Pública de Guaratuba e de Trapiches na Ilha do Mel (praia das Encantadas, Brasília e Fortaleza) e na Ilha das Peças e Superagui, envolvem recursos de R$ 892 mil e R$ 1,91 milhão, respectivamente.

Já a readequação das instalações do Terminal de Pontal do Paraná vai consumir R$ 518,8 mil. Enquanto a implantação da Rota Cicloviária de Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba vai dispor de mais de R$ 3,6 milhões.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Liberar recursos para essa turma do PSDB Beto/Ducci/Rossoni é perda de tempo e desperdício de dinheiro. Vejam o caso da Linha Verde que já consumiu milhões e está parada até agora, outra a Av. Marechal Floriano também está parada. Trabalhar não é com essa turma do “xoque di jestão”.

  2. Tenho Medo!!!!!

  3. PQ A CONTA NÃO FECHA?
    Liberação de recursos públcios, inaugurações de obras… é igual a promessa de votos. Na eleição, o eleitor promete votos pra 10 candidados diferentes.. cada um soma o seu, sem saber que outros estão computando o mesmo eleitor. Aí na hora da “colheita” eleitoral, decepciona-se por ter tido apenas 10% dos votos imaginários.

    No caso de recursos ou obras públcias ocorre o mesmo. Primeiro verm o TErmo (protocolo de intenção) de liberação. Depois quando se apresenta os pré-projetos, se digulga novamente. Quando faz a licitação, sivulga-se novamente… e até a obra ser concluida, os valores já se multiplicaram por 10. Sobre as obras inaugura-se a licitação, depois a “pedra fundamental”, em seguida o inicio das obras, o meio das obras… o termino das obras, até chegar à liberação para uso das obras.

    Então, por ora temos a intenção, o que já é bom, mas para liberação, como se divulgou, há ainda uma longa distância.

  4. Esperamos que sejam envidados todos esforços na adequada e eficiente utilização dos recursos!

    • sra ministra gleisi, nao e so mandar dinheiro, tem que fiscalizar se realmente esta sendo empregado nequeola obra e acompanhar, para nao acontecer o que esta acontecedndo. a gente ve por ai, os milhoes que chegam e as obras que nunca acaba