Em Barcelona, Lula recebe 24!º Prêmio Internacional Catalunha

via Instituto Cidadania

Lula venceu por unanimidade uma eleição que contou com 177 nomes, de 57 países. Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula.

Lula venceu por unanimidade uma eleição que contou com 177 nomes, de 57 países. Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula.

O ex-presidente Lula recebeu na noite desta quinta-feira (13) em Barcelona o 24!º Prêmio Internacional Catalunha. A premiação foi entregue pelo presidente do governo autônomo da Catalunha, Artur Mas. O prêmio é destinado a pessoas que tenham contribuído com o desenvolvimento de valores culturais, científicos ou humanos.

Durante sua fala, Artur Mas disse que, apesar de a catalunha ter conquistado há algumas décadas o estado de bem estar social que o Brasil almeja, agora o Brasil toma esse caminho de forma bem decidida e muitas das coisas feitas no Brasil podem servir de exemplo!.

O ex-presidente fez um discurso de agradecimento em que destacou que o Brasil não se projetou no cenário internacional somente porque se tornou a sexta maior economia do mundo, com a perspectiva de tornar-se a quinta nos próximos anos. O Brasil é reconhecido principalmente porque é hoje uma nação mais justa. Porque tirou da extrema pobreza 28 milhões de brasileiros e promoveu a ascensão de quase 40 milhões de pobres à  classe média!.

Lula venceu por unanimidade uma eleição que contou com 177 nomes, de 57 países. Durante o anúncio do prêmio, Artur Mas já havia destacado o caráter do ex-presidente brasileiro, que o permitiu enfrentar, com criatividade e coragem, a pobreza e a desigualdade!. O catalão disse ainda que a escolha de Lula foi motivada pela luta que travou durante seus dois mandatos pelo crescimento econômico do Brasil e para erradicar a pobreza e a miséria!.

O júri, presidido pelo escritor e filósofo Xavier Rubert de Ventós, elogiou a política adotada por Lula a serviço de um crescimento econômico justo, que colocou seu país à  frente da globalização e favoreceu uma divisão mais justa da riqueza e das oportunidades!.

Sobre o Prêmio

O Premi Internacional Catalunya é concedido anualmente desde 1989 a personalidades internacionais dos meios político, econômico e cultural. Homenageados anteriores incluem os ex-presidentes ou primeiros-ministros Jimmy Carter (EUA, 2010), Vaclav Havel e Richard von Weizsacker (Rep. Tcheca e Alemanha, compartido em 1995), Jacques Delors (França e União Européia, 1998); os intelectuais Edgar Morin (1994), Karl Popper (1989) e Claude Lévi-Strauss (2005); e os ganhadores do Prêmio Nobel Aung San Suu Kyi (Myanmar, 2008) e Amartya Sen (àndia, 1997). Também recebeu o prêmio o brasileiro de origem catalã Pedro Casaldáliga, ex-Bispo de Conceição do Araguaia (2006).

Discurso lido (não inclui improvisações):

Queridos amigos e queridas amigas,

Ao longo da vida, enfrentei duras batalhas.

Primeiro, como líder sindical, durante a ditadura militar, lutando pelos direitos dos trabalhadores e pela conquista da democracia.

Depois, como líder partidário, para fazer chegar ao poder, pelo voto democrático, um projeto político que fizesse o país retomar o crescimento econômico, gerar empregos, promover a inclusão e reduzir a desigualdade social. O que, felizmente, fomos capazes de realizar nos oito anos em que presidi o meu país.

Quando soube que havia sido agraciado com o importante Prêmio Internacional da Catalunha, em abril deste ano, tinha acabado de enfrentar a mais desafiadora de todas as batalhas, a luta pela minha própria vida.

Eu tinha concluído o tratamento contra um câncer de laringe que fora diagnosticado seis meses antes.

Venci, mas demorei muitos meses para me recuperar dos efeitos colaterais da quimioterapia e da radioterapia.

Agora, já recuperado e pronto para novos embates, venho receber e agradecer de todo o coração a generosidade da Catalunha.

Dessa Catalunha democrática e progressista, que desde a sua heroica resistência ao fascismo, nos anos 30 do século passado, é um símbolo internacional da luta pela liberdade e justiça social.

Minhas senhoras e meus senhores,

à‰ com grande emoção que chego a Barcelona para receber esse prêmio, do qual me orgulho duplamente.

Eu me orgulho porque, como presidente do Brasil, busquei um caminho que unisse crescimento econômico e distribuição de renda. Naquele momento, grande parte do mundo considerava como verdades os dogmas do chamado Consenso de Washington, que davam garantias ao capital especulativo e relegavam a segundo plano o bem-estar dos seres humanos. Adotamos outro modelo de desenvolvimento, privilegiando a economia real. Esse novo paradigma mudou para melhor a situação do meu país e, sobretudo, as condições de vida da população brasileira.

O Brasil não se projetou no cenário internacional somente porque se tornou a sexta maior economia do mundo, com a perspectiva de tornar-se a quinta nos próximos anos.

O Brasil é reconhecido principalmente porque é hoje uma nação mais justa. Porque tirou da extrema pobreza 28 milhões de brasileiros e promoveu a ascensão de quase 40 milhões de pobres à  classe média.

Também me orgulho por receber o mesmo prêmio que foi conferido, em 2006, ao brasileiro-catalão Dom Pedro Casaldáliga, em reconhecimento à  luta por ele travada em defesa da dignidade do povo pobre da Amazônia brasileira.

O evangelho diz que todos os homens foram feitos à  imagem e semelhança de Deus.

Dom Pedro levou esse ensinamento ao limite e sempre viu a face de Deus no rosto de cada um dos desprotegidos daquela região do Araguaia, onde se fixou, e a qual dedicou a sua vida.

Casaldáliga levou ao meu país a força espiritual da Catalunha. Nosso bispo, forjado na tradição libertária catalã, é uma referência moral e política para todos os democratas brasileiros.

Além do mais, como o excelente poeta que é, ele encarna no Brasil, o talento notório dessa terra que nos deu Gaudí, Miró e inúmeros outros magníficos artistas.

Amigos e amigas,

Recebo essa homenagem em nome de todo o povo brasileiro, que foi o grande responsável pelas conquistas do meu país nos últimos dez anos.

Nos oito anos do meu governo, e nos dois da querida presidenta Dilma Rousseff, demostramos que o acesso do pobre aos direitos de cidadania, e ao consumo, é capaz de estimular toda a economia.

O Brasil não distribuiu renda porque cresceu, mas cresceu porque distribuiu renda.

Em 2003, quando assumimos o governo, lançamos o Programa Fome Zero, com o objetivo de alimentar os que não tinham o que comer. Em outubro daquele ano, lançamos o Programa Bolsa Família, já orientado para garantir uma renda mínima mensal aos brasileiros mais pobres.

Vocês, que vivem num continente em que esses problemas foram em grande parte superados há décadas, podem se espantar, mas a garantia de uma renda mínima aos pobres brasileiros revolucionou a economia do meu país.

Os benefícios do Bolsa Família, dados através de um cartao magnetico, impulsionaram fortemente o nosso mercado interno.

O consumo da população pobre fez prosperar o comércio; o setor de serviços passou a ser uma fonte de renda para aquela população que vivia à  margem da sociedade de consumo.

A política de transferência de renda, a ampliação do crédito, a elevação do salário mínimo, entre outras medidas, aumentaram o poder de compra das classes populares e possibilitaram a ascensão social de grandes parcelas da população.

Todos os setores da economia se beneficiaram: alimentos, vestuário, eletrodomésticos, automóveis e construção civil. Foram criados, em 10 anos, 18 milhões de empregos formais.

Foi esse aumento do poder de compra dos brasileiros pobres que deu ao meu país condições de enfrentar as crises financeiras de 2008 e 2009.

Mais investimentos públicos e privados geraram mais emprego e mais renda.

Estes foram os antídotos que nós usamos contra a crise financeira que abalava o mundo, na contramão dos países que exigiam das nações credoras uma política restritiva, que resultava em menos oportunidades, menos renda e no sacrifício de parcelas já desprotegidas da população.

Caros amigos,

Existem várias formas de fazer política. Até dois anos atrás, fiz política através de processos eleitorais democráticos. Foram os votos dos meus conterrâneos que me deram legitimidade para defender, nos fóruns internacionais, uma ordem internacional mais equilibrada e justa.

Encerrados dois mandatos eletivos de presidente, continuo a fazer política porque tenho uma crença profunda na humanidade. Na capacidade dos homens de lutar pela justiça.

Meu papel político, agora, é pregar que o desenvolvimento de um país deve representar a prosperidade de todos os seus cidadãos.

E é pregar que o desenvolvimento global, da mesma forma, deve ser o resultado do progresso de todos os continentes e de todos os países.

Este é o momento da inclusão dos pobres na economia dos seus países, e dos países pobres na economia mundial.

E gostaria de dedicar esse prêmio, que tanto me emociona, a todas as pessoas que acreditam e lutam por um mundo menos desigual.

Muito obrigado.

19 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I just want to tell you that I am very new to blogging and site-building and really enjoyed your web-site. Probably I’m planning to bookmark your website . You amazingly come with good articles and reviews. Appreciate it for revealing your web site.

  2. Parabéns Ronaldo Sanches por mostrar o que a imprensa golpista esconde!

  3. A sociedade brasileira deve ainda ter na lembrança a vergonha que nos causava quando a comitiva financeira do nosso país andava de chapéu na mão sem acertar sequer as portas do prédio do FMI. Ainda bem que essa gente já caiu no esquecimento, os tempos agora são de reconhecimento por um trabalho bem feito.

  4. Esta é uma lista dos principais prêmios e honrarias que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu.
    Foto oficial de Lula.

    Lista

    Grã-Cruz das Ordem do Mérito Militar, Ordem do Mérito Naval e Ordem do Mérito Aeronáutico, perpetuamente. Como Grão-Mestre destas ordens militares, automaticamente é condecorado com a Grã-Cruz;[1][2]
    Grão-Colar da Ordem do Cruzeiro do Sul e da Ordem do Rio Branco. Como Grão-Mestre destas ordens, automaticamente é condecorado com o mais alto grau das mesmas, de forma perpétua;[3][4]
    Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito. Como grão-mestre desta ordem, é automaticamente condecorado com o mais alto grau da mesma, de forma perpétua;[5]
    Grã-Cruz da Ordem do Mérito Judiciário Militar;[6]
    Grã-Cruz da Ordem da Águia Asteca (México)[7]
    Grã-Cruz da Ordem Amílcar Cabral (Cabo Verde)[8]
    Grã-Cruz da Ordem Militar da Torre e Espada (Portugal); [9]
    Grã-Cruz da Ordem da Estrela Equatorial (Gabão);[10]
    Grã-Cruz de Cavaleiro da Ordem do Banho Reino Unido [11]
    Grã-Cruz da Ordem de Omar Torrijos (Panamá);[12]
    Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito (Argélia);[13]
    Grande-Colar da Ordem da Liberdade (Portugal);[14]
    Grã-Cruz da Ordem de Boyacá (Colômbia);[15]
    Grão-Colar da Ordem Marechal Francisco Solano López (Paraguai);[16]
    Grão-Colar da Ordem da Inconfidência (Minas Gerais);[17]
    Grã-Cruz da Ordem do Mérito Aperipê (Sergipe);[18]
    Grã-Cruz com diamantes da Ordem do Sol do Peru (Peru);[19]
    Medalha do Mérito Marechal Floriano Peixoto (Alagoas);[17]
    Medalha do Mérito 25 de Janeiro, de São Paulo; [20]
    Medalha do Mérito Industrial do Brasil (Associação Brasileira de Indústria e Comércio);[21]
    Prêmio Príncipe de Astúrias (Espanha); [22]
    Prêmio Amigo do Livro, da Câmara Brasileira do Livro;[23]
    Prêmio Internacional Don Quixote de la Mancha (Espanha); [24]
    Doutor honoris causa pela Universidade Federal de Viçosa,[25], pela Universidade de Coimbra (Portugal),[26] pela Universidade Federal de Pernambuco, pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, pela Universidade de Pernambuco, pela Universidade Federal Fluminense, pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.[27] Embora outros universidades nacionais e internacionais tenham feito diversos convites para que o então presidente recebesse a honraria, Lula recusou todos os títulos honoris causa enquanto ocupou a cadeira de chefe do estado brasileiro, passando a aceita-los apenas após deixar o cargo.[25]
    Medalha de Ouro “Aliança Internacional Contra a Fome”, do Fundo das Nações Unidas contra a Fome;[28]
    Prêmio pela paz Félix Houphouët-Boigny da UNESCO, 2008;[29]
    Estadista Global entregue pelo Fórum Econômico Mundial em sua edição 2010, ocorrida em Davos ““ Suíça; [30]
    Prêmio L ‘homme de l ‘année (Homem do Ano), entregue pelo jornal Le Monde (França), edição 2009;[31]
    Prêmio Personalidade do Ano de 2009, entregue pelo jornal El País (Espanha);[32][33]
    Prêmio Mikhail Gorbachev;[34]
    Prêmio Chatham House 2009 do Reino Unido pela a atuação de Lula na América Latina;[35]
    “Brasileiro da Década” pela revista Isto é (2010).[36]
    Prêmio Norte-Sul do Conselho da Europa.[37]
    Doutor Honoris Causa – pelo Sciences-Po (Institut d’Etudes Politiques de Paris).
    XXIV Prêmio Internacional Catalunha pelas políticas sociais e econômicas em seu mandato de Preidente do Brasil.[38]

    • É POIS É, O FHC/PSDB/DEMO/PPS… JA foram condecorados com todos esses titulos acima citados. Heheheheheheheheh, no ano de 2014, eles RECEBERAO o titulo de maiores derrotados por mensalões de todos os tempos!!!!
      HAAAA… O titulo de maior traíra do mundo!! Ja esta com o senhor governador de meia pataca BETO RIXA!!!

  5. Creu deve se orgulhar dos presidentes dum país que ostenta os piores lugares no ranking mundial da Educação, duma Saúde cuidada em macas nos corredores dos hospitais, de Segurança onde o número de assassinatos se equivale aos de guerra em diversos países, duma Infraestrutura vergonhosa.

    Creu considera outros valores, tais como os das políticas sociais, do arreganhamento e do incentivo ao consumo e se alheia ao festival de sacanagens perpetradas pelos quadrilheiros que tomaram de assalto a sala presidencial, suas ante-salas e até a extensão do governo na capital paulista.

    Eita brasileira!

    • O Parreira rodrigues se orgulha do Paraguai… O q é correto ja q ele nasceu lá, qual o problema??? Agora se ñ é do Paraguai…Deve esta fumando muita pedra, de maneira q seu cérebro esta gravemente comprometido. ele ñ sabe q o governo de SP é tucanos do DEMO, ALKMIN [PSDB]… LA JA MORRERAM MAIS DE 100 POLICIAIS.SÓ NO MÊS PASSADO ,FORAM ASSASSINADAS MAIS DE 500 PESSOAS…Resultado de um acordo entre os TUCANOS E O PCC. Eles sao assim!! Os tucanos do DEMO fezem sabotagens contra a PÁTRIA BRASILEIRA…Falcatruas, conspirações,calunias, armações, boicotes etc,etc. Ñ é atoa q o FOI CARIMBADO DE; PSDB[ partido sabotador dos Brasileiros].

    • QUEM DECVWE TER VERGONHA NA CARA SAO OS GOVERNADORES E PREFEITO CUJO DINHEIRO VEM PARA A TODAS ESSA COISA E NAO FAZEM NADA ODINHEIRO VEMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

  6. sou BRASILEIRA COM MUITO ORGULHO DIANTE DOS ACONTECIMENTO POSITIVOS A QUE SE REFERE A PRES. LULA E DILMA. QUANTO ORGULHO PARA UMA NACAO QUE ASSISTE A RECPCAO CALOROSA DADA A DILMA E LULA PELOS EUROPEUS.AGORA SIM…ENCHO MINHA BOCA E DIGO SOU BRasileira!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!em outros tempos tinhamos vergonha de dizer=mos ,SOU BRASILEIRA.PARABENS AOS DOIS PRESIDENCIAVEIS QUE CHEGAM E Dao o recado.

  7. O fernande henrique vai responder perguntas ,que não gostaria de ser interrogado .salvo se o s t f lhe der salvo conduto ,para se manter calado.o cahoeira se manteu calado pelo salvo conduto do honrroso stf.

  8. …e ignoram também que em dois anos, foi destituida meia dúzia de ministros plantados no governo que o sucedeu, além do imbróglio da dona Erenice, mais Mensalão e agorinha mesmo, o affair La Vie en Rose!

  9. Ninguém é contra a ascensão financeira dos seus próprios irmãos.

    A vesguice incomoda quando a gente se lembra do que Lula falava, quando candidato, a respeito das cestas básicas, da bolsa escola, enfim, das políticas sociais desenvolvidas por governos anteriores.

    Ele as maldizia, simplesmente e as taxava de populistas
    , demagógicas e se queixava que o povo votava com o estômago.

    Eleito, esquece-se de citar os criadores e fatura eleitoralmente sobre o que antes era compra de votos.

    A Catalunha, como a África e outros países premiadores, não sabem a quantas anda a Educação, a Saúde, a Segurança, a Infraestrutura aqui no Brasil.

    Está desculpada!

    • NA EPOCA DO FERNANDAO HAVIA MUITO DESEMPREGO, E AI QUE LULA SE REFERIA AS PESSOAS QUERIAM TRABALHO E ELE ALEM DE DAR CONDICOES ALIMENTARES HOJE SOBRA EMPREGO, FERNANDO DAVAS A ISCA MAIS NAO ENSINAVA A PESCAR, HOJE FALTA mao de obra especializada no brasil. apesar do esforco de l0 anos de qualificar as pessoas para assumir cargos. ainda o setor e carente.tem gente que nao sabe usar o raciocinio, fala um monte de besxteira, quantos alunos estudando fora do pais por ecentivo do pt.

  10. Esmael, sou assinante da Gazeta do Povo, porém se não houver alguma divulgação a respeito, vou cancelar a mesma, esperando que demais assinantes façam o mesmo.
    Tal acontecimento só enaltece nossa Nação, diferente daqueles que tentam voltar ao poder, com sede de descontruir tudo de bom que está sendo feito.
    Espero que haja grande divulgação por todos os meios e que os críticos de plantão analisem os governos anteriores.
    O País só é respeitado quando o povo recebe a partilha da riqueza que lhe cabe e pertence de direito e é feita por quem foi legitimamente colocado para governar.

  11. E tem gente ainda querendo dar ouvidos a Marcos Valério. Que credibilidade tem esse bandido para falar mal do Presidente com a maior aprovação popular da historia do Brasil.

  12. Muito obrigado, Esmael, por nos brindar com a íntegra do discurso do nosso Presidente Lula. Importante nisso tudo, Esmael e caros navegantes, é o fato de , a exemplo deste espaço, existirem centenas de outros blogs que irão, igualmente, estender essa MATÉRIA DE INTERESSE NACIONAL a milhões de brasileiros. Isto porque NÃO É DO INTERESSE da MÍDIA PIG via telinha ou suas publicaçõs decadentes, fazê-lo !. É a informação magnética responsável e BRASILEIRA COM “S” a ACHATAR PAULATINAMENTE os “fazedores de opinião dos incautos” !. Parabéns à Espanha pela iniciativa; parabéns a Lula do Brasil pela merecida premiação !.

  13. A oposição esta se ardendo de inveja, de ver o lula se dando bem .porque o mundo ja sequeceu do fhc..

  14. Meus Parabens Sr. Lula.