Confirmado: o Globo quer uma nova ditadura no país

do Brasil 247

Manchete desta sexta-feira do jornal de João Roberto Marinho acusa o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), de intimidar ministros do STF, quando o que está ocorrendo no Brasil é justamente o contrário; charge traz ainda um "Papai Gurgel" com um presente de Natal para os réus da Ação Penal 470: é Joaquim Barbosa com a chave da cadeia.

Manchete desta sexta-feira do jornal de João Roberto Marinho acusa o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), de intimidar ministros do STF, quando o que está ocorrendo no Brasil é justamente o contrário; charge traz ainda um “Papai Gurgel” com um presente de Natal para os réus da Ação Penal 470: é Joaquim Barbosa com a chave da cadeia.

Duas capas desta semana do jornal O Globo foram emblemáticas. A de terça-feira dizia que o Supremo não apenas cassava parlamentares, como também advertia a direção da Câmara para que se aquietasse. No dia seguinte, o Congresso não era mais tratado como um poder independente, mas sim como um ente rebelado da República. A adesão do Globo ao novo regime político que se instala no Brasil, a chamada “supremocracia”, fez com que o 247 colocasse a seguinte questão: “Será que o Globo quer uma nova ditadura?” (leia mais aqui).

Pois a resposta é sim e está estampada na capa desta sexta-feira do jornal da família Marinho, que acusa o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), de intimidar ministros do STF, quando o que está ocorrendo no Brasil é justamente o contrário. O Supremo, sim, invadiu a competência do Poder Legislativo, ao violar o artigo 55 da Constituição Federal e contrariar sua própria jurisprudência sobre o tema (leia aqui artigo de Renato Janine Ribeiro). E quem intimida o Poder Legislativo é justamente o chefe do Poder Judiciário, Joaquim Barbosa, que ameaça mandar a polícia invadir a Câmara dos Deputados, caso algum deputado queira estar em seu gabinete num eventual momento de decretação de prisão. Marco Maia apenas tem avisado que o Brasil “não é mais uma ditadura” e que deputados só podem ser presos em flagrante delito ou após o trânsito em julgado de uma ação !“ o que ainda não ocorreu.

Na capa do Globo desta sexta-feira, há também um “Papai Gurgel” que traz um presente para os réus da Ação Penal 470: Joaquim Barbosa com uma chave de cadeia. A prisão antes do trânsito em julgado, além de ferir a jurisprudência do STF, viola a vontade do próprio plenário da corte !“ que teria rejeitado a medida, caso ela tivesse sido levada a voto na última segunda-feira.

Tempos de radicalização política se anunciam no dia do fim do mundo.

22 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Quanta besteira! O povo gosta de enfiar o pescosinho no laço. Vejam só pessoas do povo querendo ditadura, tá todo mundo louco. Eu porém me sinto desde o meu nascimento escravo da mentira, só dá mentira.A verdade aparece nas telas, senão vejamos, o Boni réu confesso, declara o que foi feito para atrapalhar o Lula nas eleições. Deus quando quer melhorar um povo, ele coloca alguém de fibra como o Lula, por isso eu digo se Deus determinou isso, vai ser dificil derrubá-lo. Todo engodo e toda mentira é obra de satanas. a verdade vem de Deus está escrito.

  2. Esta empresa mencionada pelos PTistas é a que mais recebe recursos do governo federal, caso contrário já teriam provocado uma revolução no país para arrancar do poder o PT de Lula, pois por muito menos esta empresa tirou do poder o então presidente Collor de Mello.

    Cuidado PTistas, vocês falam demais da Globo e suas dezenas de empresas, um dia eles se “invocam” de verdade e acabam com o controle do PT de Lula.

    #ficadica

  3. Me sinto envergonhado com a concordância de muitos com a alta corrupção que houve o Brasil praticada pelos mensaleiros. Nos elegemos deputados para nos defender e votarem nos projetos importantes e o que houve, foram comprados pelo JD e pelo PT. Se acham que a condenação e um golpe da elite, e o que eles fizeram foi o que? Quem quis dar o verdadeiro golpe foi essa quadrilha que merecé sim cadeia. Se algum dia lutaram pela democracia e contra o regime militar, tudo ficou para trás. Perderam o direito relativo a esses créditos. Se tivessem combatido a corrupção e feito as reformas sem compra de votos no congresso seriam os nossos heróis. Agora sao só bandidos. E tem mais, abriu um precedente para que as votações compradas no congresso sejam todas anuladas pelo STF. A maior corrupção que praticaram foi a corrupção da democracia. Quem deu o golpe?

  4. Sr Parreiras Rodrigues,
    o seu palavrório é uma das piores consequências da ditadura, digo, a concentração de renda nas mão de poucas famílias. Se o senhor fala em drogas, certamente precisou viver como indigente vendendo parangas nas esquinas, sem honra e sem dignidade. Saiba que a construção no Brasil, é a atividade que mais emprega pessoas qualificadas e desqualificadas. O senhor que foi preso vendendo parangas na esquina, que levou chutes e pontapés da polícia além de ser xingado de vagabundo, ao sair do presídio bateu na porta de um canteiro de obras pra recuperar a honra. Então, não queira que a construção, mãe dos desempregados ao final de guerras, ditaduras e desastres naturais esteja dependente de boicotadores e gananciosos como Antônio Ermirio de Morais.

  5. Meu Deus! O padre e a Iara comeram a cola toda e ainda lamberam a lata.

    Bom avisar prá eles que não dá mais prá dirigir nesse estado. Agora a cana é pesada…

  6. Mas qual é a novidade ? A Globo é o que é graças aos relevantes serviços prestados a ditadura militar. No Brasil existe muita democracia para o gosto da Globo, onde já se viu pobre comprando passagem de cruzeiro de navio e carro novo, fazendo universidade e comprando casa própria ? Tudo isso é demais para a Globo, sabe como é que é pobre muito informado e estudado é um perigo para a imprensa mentirosa.

  7. Olá Iara & Luizão,
    Concordo com a opinião de vocês e se quiserem ajuda já “tô cum o foscrí” e o isqueiro prontos! Eh! Luizão o “roberto marinho” cansou de rachar lenha para o capeta e decidiu voltar para atazanar novamente a PTzada!

  8. Senhor Esmael
    Sem entrar no mérito partidário entendo que é hora das Instituições sérias deste País darem um basta nesta tentativa do PT através dos seus anões morasi e parte da mídia de esquerda (Franlin Martins e outros) de implantar no País uma ditatura de esquerda.
    Toda esta ala PETISTA é adepta do comunismo Stalinista onde foram assassinados mais de 40 milhões de Russos.
    A Democracia (que o PT não quer) ainda é a saída, agora se o PT quer implantar uma ditadura, que venha ua de direita.
    Sua chamada é tendenciosa.

  9. Eu estou pasmo!!! Eu ñ estou acreditando q o Roberto marinho voltou dos quintos dos infernos pra encher o saco dos Brasileiros??
    O q será q esses ZUMBIS DO DEMO estão querendo?
    uma guerra civil será? só pode!!!

  10. saudades daquele tempo , nao tinha essa roubalheira , quem nao prestava estava fora do brasil. politicos safados sem vergonha democracia e isso, ditadura ja.

  11. A direita prepara novo golpe militar – Pe. Geraldo Nascimento, SJ

    Estou muito assustado. Indignado com a desfaçatez da direita política. Para desencadear um golpe militar, eles não podem ir de peito aberto, como que a dizer: “vamos dar um golpe”. Certamente aqui se aplica o adágio da filosofia: “primeiro na intenção, último na execução”.

    O caminho que a direita política está fazendo é o mesmo do “Júnior”, George Bush. Primeiro ele lançou a “descoberta aterradora”, dos organismos de “inteligência” dos EE.UU, seu país, de que o Iraque estava produzindo armas de destruição em massa. Comprou a grande mídia mercenária e espalhou a notícia pelo mundo inteiro (ou foi comprado pela grande mídia, a gente não sabe ao certo, se vem primeiro o ovo ou a galinha). Uma imensa marcha mundial, de mais de 10 milhões de pessoas, saiu às ruas, em protesto contra a invasão do Iraque (até em Goiânia marchamos com mais de 5 mil pessoas). Mas, mesmo assim, uma vez inoculada e convencida a opinião pública, do “perigo iminente”, ele aniquilou o país. As aludidas armas de destruição em massa nunca foram encontradas, mas o petróleo foi roubado e os milenares e riquíssimos museus foram saqueados. O Bush foi processado? Não. Vai ser? Não. Algum militar das forças aliadas, que praticaram todos os tipos de abusos e roubos, com homens e mulheres iraquianos, foi processado? Vai ser? Não.

    Aqui no Brasil, pela primeira vez em 1º de abril de 1964, fizeram o mesmo. Arranjaram uma “marcha da família, com Deus, pela liberdade” e deram o golpe militar, que era para ser contra o comunismo, que supostamente ameaçava a nação, e contra uma dita corrupção, que também supostamente ameaçava a nação. Roubaram, torturaram, desapareceram com pessoas, mataram, estupraram, arrancaram dentes e unhas, afundaram crânios, queimaram pessoas, enterraram vivos, afogaram em alto mar… A tal corrupção aumentou desassombradamente. Conto só um caso: tive de sair da firma onde eu trabalhava, por não concordar com a venda de 60 veículos, zero quilômetro, sem nota fiscal, por parte do interventor federal, encarregado de “limpar” a corrupção. E esta vergonha de nossa nação durou por 21 anos. Terminado o crime e o roubo da nação, os criminosos, que praticaram toda sorte de desmandos, não puderam ser julgados e punidos, pois fizeram uma lei de Anistia que igualou o torturador ao torturado. Para enorme vergonha do Supremo Tribunal Federal, perdoou o assassino como se seu ato tivesse sido feito em combate, quando, na verdade, o crime foi praticado na covardia, de vários contra um, que estava preso, amarrado, algemado, amordaçado, pendurado no pau de arara, na mais cruel desumanidade. O Bush, lá no norte, pela mentira internacional e pela catástrofe que produziu no Iraque, não foi julgado. Aqui também, por todos os crimes da ditadura, estamos no mesmo, não se pode julgar. Na América Latina, nos países onde houve ditaduras militares, foi diferente, os responsáveis foram julgados e punidos. Temos esperança de um dia chegar lá.

    Aqui, no país, pela segunda vez estão montando o arcabouço de um novo golpe, como já escrevi dias atrás ““ “Sinto cheiro de verde oliva e de pólvora no ar”. A direita política esta inundando a grande mídia (ou vice-versa) de denúncias de corrupção, que nunca provam nada. Espalham notícias falsas de que a igreja toda já está condenando. E agora este “manifesto pela democracia”, que diz que o Governo é que quer dar um golpe. Os institutos de pesquisa de opinião, inclusive o Data/Folha, arquiinimigo do Governo Lula, apresentam um índice de aprovação de 75 a 85%, do Governo e do Lula. Como é que poderia ser o Governo a dar um golpe. Se tiver golpe é do povo. E se é do povo, não é golpe, é vontade da nação. Golpe é deste ajuntado de “senhoras de santana”, alguns intelectuais que apoiaram o golpe de 64, militares reformados, e outros mais, do mesmo calibre usurpador.

    Aproveito este espaço para alertar e conclamar o povo brasileiro a sair nas ruas, de modo pacífico, mas firme, antes que as armas ocupem a praça do povo e promovam mais um morticínio.

    A esquerda perdeu várias eleições nacionais, desde a descoberta (invasão) do país, em 1500. Candidatou-se novamente nos seguintes pleitos, até vencer democrática e legalmente em 2002. A direita perdeu duas vezes e não aceita perder a terceira, quer virar a mesa, dar novo golpe. Não promovam esta aventura, pois os 80% que aprovam o governo somam mais de 160 milhões de pessoas.

    Pe. Geraldo Marcos Labarrère Nascimento
    Diretor da Casa da Juventude Pe. Burnier

  12. SENHORES DO STF: onde estavam na DITADURA?

    O STF faz o Brasil se sentir constrangido pelo seu Judiciário, pela não observância da Lei Penal e da Jurisprudência consolidada da Corte, pelo exibicionismodos juízes que o compõem.

    Um país em que ainda sobrevivem tantos vestígios da ditadura ““ o período mais brutal da sua história ““ deveria ter um STF cujos membros deveriam ter tido notável atuação na luta contra a ditadura, que tivesse tido a coragem de jogar sua vida na luta pela democracia

    Nada disso acontece. Os brasileiros não tem conhecimento de onde estavam esses senhores quando os melhores brasileiros jogavam o melhor que tinham contra a ditadura e pela democracia.

    Esses senhores acham que, se por acaso José Dirceu e Genoino quisessem fugir, teriam necessidade de passaporte? Esses senhores que envergonham o Brasil confirma que não tem ideia do que é a luta clandestina contra a ditadura. Certamente viviam suas vidas, enquanto outros se jogavam contra o arbítrio, contra o Estado de terror que prendia,torturava, assassinava a tantos brasileiros.

    Podem ficar com os passaportes, senhores juízes do STF, o que nao podem tirar é a dignidade de quem lutou contra a ditadura enquanto os senhores gozavam das suas vidas nos seus trabalhos profissionais, no recôndito das suas famílias, do seu conforto familiar, guardando a dignidade que tivessem nos cofres bancários.

    Podem tomar lições dos que lutaram contra a ditadura com a Presidenta Dilma, basta rever a resposta dela para o prócer da ditadura, Agripino Maia, no Congresso. Aí poderão aprender um pouco o que é dignidade, aprender como não é com passaportes que se defende a democracia, que se luta contra os que foram coniventes com a ditadura, por ação ou por omissão.

    Fiquem com os passaportes. A dignidade dos que lutaram contra a ditadura, ninguém tira nem tirará jamais.

    Por Emir Sader

  13. Marco Maia tem que ir preso também. É mais um militante deste partido podre e cheio de corruptos, terroristas e sabotadores. Muitos ganharam até indenização pelo tempo da ditadura. Quem pediu para eles enfrentarem os militares ?
    São vagabundos que não trabalhavam, viraram sindicalistas e alguns conseguiram aposentadorias por causa de um dedinho.
    Decisão da justiça é para ser cumprida.
    Os políticos são canalhas e vagabundos que deixam mais de 3000 vetos sem votar.
    O que estes vadios estão fazendo ?
    Custam uma fortuna e não fazem nem o básico.
    Lógico que quero ver os safados do PSDB e do DEM também nesta lista. A começar pelos do Paraná.
    Mas para um país onde tudo acabava em pizza, é um excelente começo.
    Joaquim, se estes militantes terroristas começarem de bagunça, manda os tanques para a rua.
    O PT é tão sujo quanto os outros.
    Um partido que trai quem está até no seu nome (trabalhadores) não é digno de confiança.
    Só para refrescar: de quanto foi a correção da tabela do IR neste ano ?
    Enquanto o governo faz graças aos empresários (que já ganham e lucram muito) o trabalhador paga a conta.

  14. Esmael,
    a Globo com a familia Marinho e seus associados, a Veja.abril com Roberto Civita, a familia Frias e a familia Mesquita são o lixo da mídia e do jornalismo brasileiro, ninguém mais respeita eles e qualquer dia se reune uma revolta geral contra eles com incêndios nos estabelecimentos deles.
    Mas há outras 30 familias mais ricas do Brasil querendo ditadura e sabemos quem eles são pois o Brasil não aguenta mais monopólios privados como o do cimento e do aço ou da extração de minérios pois além da baixa produtividade, o país corre o risco de uma excasses desses produtos com consequências desastrosas se simplesmente essas famílias fecharem as portas. Um indício dessa prática criminosa já ocorreu no passado (no plano cruzado) quando simplesmente o senhor Antônio Erminio de Morais fez sumir o cimento quebrando a indústria da construção que é um setor importantíssimo da economia brasileira e a maior fonte de empregos no país.
    Mobilização já contra esses pilantras que concentram a renda no Brasil !!!

  15. Os Três Poderes são harmônicos e independentes entre si, segundo a Constituição Federal do Brasil/88.
    Se a decisão do STF feriu o Art. 55 da Constituição e a sua própria jurisprudência, então aqui cabe uma reflexão!
    Agora, a decisão do Supremo – a condenação – baseada no conteudo dos autos, com plena defesa, é incontestável.
    Cabe algum recurso após a decisão da mais Alta Corte de Justiça do país? Com a palavra, os mais conceituados juristas.
    Haverá novos e grandes desdobramentos. Vamos aguardar!

  16. Menos, bem menos. Ditadura tentou nos impor o PT com as tentativas de controle da imprensa. Cada uma manifesta-se como quer, incluindo “O Globo” e você.

  17. DESCULPE SEU ESMAEL, MAS NÃO É SÓ A GLOBO QUE QUER UM REGIME DE RECESSÃO, TODO O POVO QUE TRABALHA E VIVE SEM ROUBAR TAMBEM QUER UM FIM NAS IMPUNIDADES QUE ATUALMENTE ASSOLA ESTE PAÍS, TÁ NA HORA DE SE MODIFICAR E EU PESSOALMENTE TENHO SAUDADES DESTE TEMPO, ONDE TÍNHAMOS LIBERDADE DE LOCOMOÇÃO, DESDE QUE NÃO ESTIVE ENVOLVIDO EM FALCATRUAS, SEM ASSALTOS, INVASÕES, SEM ASSALTOS AO ERARIO PUBLICO, POIS NÃO TINHA POLITICO, E OS SUJOS ESTAVAM TODOS FORA DO PAÍS, MAS COMO SE VE NA HISTORIA TODOS PASSANDO MUITO BEM, E HOJE AINDA RECEBEM UM SALÁRIO E UM BOM SALÁRIO POR TEREM SIDOS PERSEGUIDOS, ISTO PRA MIM E AO POVÃO, É O FIM DO MUNDO, HOJE NESTE PAÍS BANDIDO VALE MAIS QUE CIDADÃO DE BEM, TEM ATÉ ONG PRA PROTEGER E DETERMINAÇÃO LEGAL DANDO SALÁRIO PRA FAMILIA DESTES MARGINAIS, MAIS NINGUEM VERIFICANDO O ESTADO FAMILIAR DAS VITIMAS, ENTÃO TIO TÁ NA HORA DE MODIFICAR, E ESTE PAÍS AINDA NÃO TEM EDUCAÇÃO PARA LIBERDADE, CONFUNDEM MUITO ISTO, COM DIREITO DE FAZER O QUE BEM QUIZER. É O MEU DESABAFO.

    • Ewerton, eu trabalho e não quero um regime de exceção, tudo o que você falou não começou em 2002 com a eleição do primeiro governo do PT, e outra, inclusive tudo isso existia na época da ditadura, porém não vinha a tona e os brasileiros acreditavam no que viam na TV.

  18. a globo sempre a serviço da elite sanguessuga parasita do brasil.

  19. Prezados, o que não se fala é que com a condenação (desde que com trânsito em julgado, o que ainda não ocorreu), a Constituição manda SUSPENDER OS DIREITOS POLÍTICOS dos condenados. Então, o que o STF está dizendo, pelo que sei, é que – em consequência – os parlamentares devem ter, automaticamente, os mandatos cassados, e isso não seria decisão do Congresso, absolutamente. O que chega às raias do absurdo é algumas pessoas (que deveriam ser muito mais responsáveis) ficarem querendo criar uma crise institucional, péssima para o Brasil e péssima para a Democracia.