Collor apresenta representação contra Roberto Gurgel

da Agência Brasil

Collor de Mello.

Collor de Mello.

O presidente da Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência, Fernando Collor (PTB-AL), enviou ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), uma representação contra o procurador-geral da República, Roberto Gurgel. A decisão foi motivada pela decisão de Gurgel de não atender ao convite para debater a confluência das atividades de inteligência com o papel do Ministério Público e da Polícia Federal!.

Como nenhum procurador da República pode ser convocado, a não ser por uma comissão parlamentar de inquérito, caberia a Gurgel decidir sobre sua ida ao Senado. Em resposta ao convite, Roberto Gurgel alegou compromissos inadiáveis assumidos anteriormente!, que impediriam seu comparecimento á reunião da comissão desta terça-feira.

Para Collor, no entanto, o procurador-geral desdenha! do Senado ao se recusar a dar explicações a comissão do Senado e comete, também, crime de prevaricação.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. …e na gaveta, Por Alguns Dólares A Mais, umas emendas, uns cargos, por aí…

  2. “apresenta representação” é brabo, hein, Agência Brasil?

    O analfabetismo funcional chegou lá.

    Mas cá entre nós, os motivos que levarão à cassação do Fernando Collor, são, no mínimo, noventa por cento menores que os que já deveriam compor de processo para cassar direitos políticos de Lula, dos demais membros da sua quadrilha.

    Negócio seguinte: Ele desdenhou o Congresso, hoje genuflexo, espinha dobrada

  3. Se desdenha do senado é culpa de senadores medíocres e venais que o compoem, não é Srs. Color, Sarney, Jader Barbalho, Renan Canalheiros, etc.

  4. o gurgel tem que ser sabatinado de novo .e so não sabatinar o gurgel mais…