Câmara vai devolver R$ 13 milhões à  prefeitura de Curitiba

Plenário da Câmara Municipal de Curitiba (Daniel Castellano/GP).

Plenário da Câmara Municipal de Curitiba (Daniel Castellano/GP).

O prefeito eleito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), terá R$ 13 milhões extra no orçamento, em 2013, para emergências e concluir obras inacabadas. O dinheiro virá da sobra orçamentária da Câmara Municipal.

O limite de gastos da Câmara estipulado para 2012 foi de R$ 114 milhões, equivalente a 4,5% da arrecadação prevista por um conjunto restrito de receitas.

Segundo informações obtidas pelo blog, a devolução dos R$ 13 milhões é oriunda de reserva de caixa de R$ 4 milhões, relativa ao exercício de 2011, e R$ 9 milhões de economia feita pela Câmara durante 2012.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Sinceramente tinha que mudar o sistema de repasse de verba para as câmaras e assembleias. Deveria se fazer um levantamento dos gastos e repassado apenas esses valores nada de ficar passando uma porcentagem do orçamento da cidade porque esses valores são muito acima do necessário para a câmara trabalhar.

  2. Tem ex – vereador que deve estar se contorcendo. Não deu tempo!
    Claro que ainda restou alguns…

  3. Este dinheiro vai servir para por as contas da Prefeitura em – mais ou menos – ordem.
    A Prefeitura da quinta cidade mais rica do Brasil está com contas atrasadas e deve milhões aos jagunços do transporte coletivo e outros fornecedores.
    Até o pessoal da coleta do lixo programou uma greve caso não recebessem salários e 13°. E a empresa falou que não pagou porque esta´sem receber faz algum tempo. Caloteiros.
    Depois vem uma conta, como a deixada pelo Beto quando segurou o aumento do transporte coletivo, em que eles )empresários) ganharam na justiça mais de 100 milhões.
    Há outra ação de 180 milhões que logo teremos que pagar…
    Lembram que isto ocorreu no governo Lerner, quando até as empreiteiras reclamavam que não recebiam ? É a escola… pós e mba em ‘expertise’ para espertos – o negócio é levar vantagem em tudo, cerrrrto ?.
    Será que nesta província chamada Curitiba não há um macho que abra as planilhas do transporte coletivo ? Que investigue tudo, desde os ônibus superfaturados até a remuneração dos executivos ?
    Outras cidades têm tarifas semelhantes e não passam pelo mesmo problema.
    E em muitas destas cidades os deslocamentos centro-bairro é de 40 km, ou mais, não há corredores exclusivos e os ônibus são comprados da montadora que oferece o melhor preço.
    Que merda de imprensa temos aqui no Paraná e em Curitiba.

  4. ÓBVIO QUE É O MESMO GOLPE DADO PELO “SANTO” ROSSONI, QUANDO DEVOLVEU OS 110 MILHÕES PRO RICHA… SÓ FALTOU BANDA DE MÚSICA, SAIR COMO MATÉRIA NO FANTÁSTICO… QUANTA PALHAÇADA… COMO DIZ O COLEGA AI, O DEROSSO DEVOLVEU OS 30 MILHÕES PROS COFRES PÚBLICOS? A PILANTRA DA MULHER DELE FOI PUNIDA? OS VEREADORES QUE PARTICIPAVAM DA MAFIA DO MARKETING LEVARAM CANUDO? CLARO QUE NÃO… ESTA NOSSA JUSTIÇA JOGA JUNTO COM OS PILANTRAS… ACHO QUE SÃO POUCOS DA TURMA DA TOGA QUE TENTAM…TENTAM…TENTAM, MAS, NO FINAL, NÃO ACONTECE NADICA DE NADA E NENHUM POLITICO LADRÃO VAI PARA ATRAS DAS GRADES… O ESQUEMA É TÃO BEM AMARRADO PELOS PODEROSOS QUE SÓ TEM LARANJA PODRE NA CAIXA. AI NÃO TEM COMO MESMO…

  5. Quais vereadores vão colaborar com a caixinha, do bolso, é claro??????

  6. e os 30 milhões dos “contratos de publicidade” que foram “desviados” cadê a devolução???