Blog lança campanha pela construção da ponte Matinhos-Guaratuba

Moradores e comerciantes reivindicam ponte Matinhos-Guaratuba.

Moradores e comerciantes reivindicam ponte Matinhos-Guaratuba.

A partir de hoje (27), este blog lança uma campanha pela retomada do projeto que prevê a construção da ponte ligando Matinhos a Guaratuba, no Litoral paranaense.

A construção da ponte é uma antiga reivindicação de moradores, veranistas e comerciantes da região.

A ponte sobre a baía de Guaratuba teria 800 metros de extensão, e mais de 34 quilômetros de acessos e viadutos pelas PRs 508 e 412.

No final de 2011, já no governo Beto Richa (PSDB), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) engavetou o projeto que fora lançado no final da gestão de Orlando Pessuti (PMDB).

O projeto original previa custo de R$ 26 milhões e as obras eram orçadas em R$ 1 bilhão. Os recursos viriam do governo federal.

Nesta temporada, turistas e veranistas reclamam que a travessia pelo ferryboat tem acarretado fila de espera de mais de uma hora.

Na internet, já pipocam iniciativas como a do vereador de Curitiba e ex-deputado Algaci Túlio (PMDB) que lançou o slogan “Ponte Já”.

“Não é possível que o descaso dos governantes continue a prejudicar o crescimento econômico do nosso litoral”, protesta o peemedebista.

Se você é favorável à  construção da ponte Matinhos-Guaratuba, manifeste-se aqui.

57 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. SUPER MEGA KIT COMPLETO WHATSAPP MARKETING DIVULGAÇÃO EM MASSA

    SITE: http://bit.ly/1QgntWx

    Skype: Power-Tecnology

    Telegram: PowerEmails

    Whatsapp:(11)95142-6402

  2. Obras não são marcos e nem monumentos históricos, elas servem para facilitar a vida e o desenvolvimento sócio-econômico de qualquer lugar, não creio que a melhor solução seja uma ponte que vai resolver os problemas do município e integrar melhor com o resto do litoral. A primeira medida para o desenvolvimento de Guaratuba é criar um desvio de 19vkm tirando o da rota de Garuva isso tornaria o acesso livre já que nosso município vizinho faz questão de interromper o trafego desviando os turista para Santa Catarina ao invés irem para o litoral paranaense, especialmente Guaratuba. Com essa medida já iria melhorar muito o fluxo na cidade, outra medida seria criar um cinturão verde para evitar no futuro crescimento da urbanização desordenada com o desenvolvimento econômico da região. Guaratuba tem que deixar de ser exclusivamente ponto turístico e se especializar em outras atividades econômicas e por isso é fundamental a melhoria na educação e criar polos industriais que fomentem as necessidades regionais do litoral paraense. Assim se desenvolve uma região, que necessitará escoar sua produtividade e assim fazer definitivamente não uma ponte, mas um túnel de acesso que garantirá acesso ao porto de Paranaguá, sendo que o emprego de tecnologia de tuneis sob o mar é equivalente a construção de pontes não agredindo a paisagem natural, não interferindo nas correntes oceânicas que adentram sobre a baía nem interferindo em encostas, sambaquis, manguezais e a biodiversidade sobre o estuário. Além que tuneis precisam de manutenção constante e empregam diretamente certa de 50 pessoas que terão renda fixa trabalhando na manutenção do túnel. Ponte é um marco arquitetônico que serve somente para vangloriar arquitetos ufanistas e políticos demagogos, existem muitas outras soluções viáveis para desenvolvimento de qualquer região sem a necessidade de agredir o meio ambiente. Visto que no Japão o país que mais se preocupa com desastres e o meio ambiente utilizam muitos túneis marítimos como forma de driblar as intemperes da natureza e conservação ambiental. Não estou propondo um modelo igual do Japão pois as realidades são diferentes, apenas prego que o desenvolvimento de Guaratuba se dará com boas idéias, planejamento e inteligência e não construções colossais que irão melhorar o aspecto da vida dos cidadãos do litoral.

    Realmente uma civilização arcaica não se desenvolve sem ponte. Na Alemanha que o país mais desenvolvido da Europa ainda utilizam Ferry-Boat como forma de transporte e nunca foi prejudicada por conta disso. A ponte simplesmente beneficiará políticos envolvidos com as empreiteiras para enriquecer-se com o dinheiro público e ainda ganhar prestígio com uma obra colossal que não trará benefício direto nenhum a longo prazo. Porque uma ponte se a maioria vai a Joinville fazer compras, como disse V.S.a? Não esqueçamos que Matinhos ainda é Guaratuba, afinal o município foi fundado porque os políticos no passado não deram respaldo para conseguirem cuidar do espaço na época. Agora vai atribuir este erro crasso a uma ponte também? Se tivéssemos ponte Matinhos ainda seria Guaratuba e teríamos o bendito progresso que todos clamam com louvor e esquecem que o que faz uma cidade são seus cidadãos e não aventureiros que despejam uma gorjeta para sustentá-la durante a temporada. Sim vivemos de esmola achando o que fomenta a cidade são impostos e turismo? Não! O que fomenta uma cidade e sua economia são seus cidadãos! Temos que acabar primeiro com essa miséria e hipocrisia em achar que Guaratuba só se desenvolve com turismo temos que criar uma economia criativa que nos leve a um progresso em benefício econômico e social para os guaratubanos. Não depende de uma ponte para o desenvolvimento de Guaratuba o que falta é uma ponte entre a política em Guaratuba e o seu povo!!!

    A PONTE QUE FALTA É a ligação do desenvolvimento regional que não seja uma economia baseada exclusivamente de turismo e agricultura.
    A PONTE QUE FALTA para o município é a integração de atividade econômicas que coloquem o povo trabalhando em Guaratuba, gerando serviços no município e não distanciando cada vez mais os recursos para fora.
    A PONTE QUE FALTA é a vontade política de acabar com a especulação imobiliária, e o extrativismo, que enriquecem políticos e deixam a população cada vez mais pobre. A verdadeira ponte que Guaratuba precisa é CONSCIÊNCIA DOS GOVERNANTES em deixar de ser os ” ignaros maviosos” – ignorantes compassivos- da desgraça que é a cidade e do descaso com nosso litoral paranaense.

  3. Bom, tenho 17 anos, estou fazendo um trabalho escolar sobre essa ponte. Eu li todos os comentários, e os que foram contra a ponte, vi que não possuem argumentos muito bons, por isso, tirei minha conclusão dos comentários de cada um, e sou a favor da ponte.

    Só gostaria de saber, quais consequências traria pra Matinhos?? E para Guaratuba?? Estrada, meio ambiente, etc. Isso nos traria consequências??

    Obrigado, aguardo respostas de qualquer pessoa, isso ajudaria no meu trabalho!

  4. Agora que acabou a temporada não podemos deixar esfriar essa causa

  5. eu principalmente penso que nao adianta mais votar para falsos politicos que de promessas o povo esta cheio eu nao acredito que tenha um governador com o coco roxo para o turista que visita guaratuba e para nos guaratubanos que pensamos no futuro e no progresço de guaratuba???????

  6. Muitos dos comentários acima parecem feitos pelos Flintstones,essas pontes já existem em muitas cidades brasileiras,argentinas,uruguaias,e em todo o mundo,sobre o rio Uruguay tem varias,é são ótimas,não criam nenhum problema ambiental,agora aquelas balsas de Guaratuba(,porque aquelo não é um ferryboat,é uma balsa bem xiringada),já estão ultrapassadas,perigosas,e mesmo que fiquem paradas no inverno,o ar marino se encarrega de destruir elas,porque são de ferro,e enferrujam todas e apodrecem.Uma ponte ia agilizar 1000% a viagem e ia valorizar muito os balneários paranaenses,era coisa pra já ter sido feita faz anos.

  7. Boa noite,
    vamos lá.. Mais um monte de demagogos.. Com esses discursos enlatados, contra, por causa dos poucos veículos fora da temporada.. Ou pq poderíamos construir vários hospitais, postos de saúde, escolas.. etc.. etc..
    Até quanto tempo somos obrigados a suportar opiniões fulas como essas?!?!
    Uma coisa, para quem tem o minimo de conhecimento administrativo, é vc ter verba para construir uma ponte, outra, é para construir uma escola, hospital, etc.. Claro isso?!!
    Não costumo ir mto para Guara-Matinhos, mesmo assim, sei, e imagino a importância de uma obra dessas.. Facilidade, mobilidade.. Vários outros motivos q podemos enumerar.. Será q as pessoas são contra, simples mente por birra.. Ou realmente não sabem o que estão escrevendo, total ignorância?!
    Uma obra dessas, não seria somente para carros ficarem passando por cima, isso traria vários benefícios para região, “alguém” que deixou fazer um investimento ali, desde um grande hotel, pousada.. até um botequinho, pode realmente re-pensar e dar uma nova chance para um local que só conhecemos, pelas grandes filas..
    Não é só os políticos, algumas pessoas tem mudar e ver além de seus quintais, deixar esse “egoísmo” de lado, e começar a pensar em quem sofre e realmente necessita de algo desse porte..

    • VC falou muito bem Carlos,só gente muito retrograda que pode ir contra uma obra dessa utilidade,imagina os turistas quando saim de noite podem passear por Matinhos e ir bem rápido pra Guartuba igual que por uma estrada,isso vai dar lucro pra os comerciantes e investidores,sem contar que alem das filas hoje em dia tem gente que tem medo de subir nessas balsas podres.

  8. OI ESMAEL
    SÓ PARA DEIXAR BEM CLARO A PONTE É DE GUARATUBA À GUARATUBA E NÃO DE GUARATUBA À MATINHOS.
    OBRIGADO

  9. Pareira Rodrigues

    SEUS comentários têm um “q” de frustração.
    Me parece que você na base de acusações tenta encontrar argumentos
    para ser contrario a construção da ponte.

    Vou te dizer uma coisa,
    o litoral é onde o resto do parana vem passar um periodo do ano.
    É AQUI tb que passa todos os grãos e bens de consumo produzido por nós.
    E você deveria entrar nessa ONDA pela ponte!

    Afinal se o litoral prosperar o Parana inteiro vai sair ganhando.

    #PONTE MATINHOS/GUARATUBA

    Se vc quiser fazer parte da HISTORIA do Paraná , você tem de estar ao lado da ELOVUÇÃO.

  10. Aqui Vai o apoio da equipe Paranaguá Urgente a criação da Ponte que liga os municípios de Matinhos e Guaratuba, tendo em vista o desrespeitos dos governantes do estado do Paraná com a população desses dois municípios pela demora da construção de tal obra que acarretará tanto numa economia aos moradores e veranistas como também numa economia de tempo, levando em consideração que na temporada os ferry boat( atuais meios de locomoção) tem filas enormes, e fora de temporada os horarios dos “ferry” são muito distantes um do outro.

  11. Estou em Guaratuba no trajeto da “fila” para saída de Guaratuba pelo ferryboat e ela se manteve desde o horário em que olhei pela janela, às 8h da manhã do dia 01/01/2013, varou a noite, manteve-se lentíssima durante todo o dia 02, andando mais ou menos 200 metros em 20 minutos. Eu estava a dois quilômetros das balsas. Calculei uma espera de mais de 5 horas. É por isso que até bebês nascem (e morrem logo depois) nas ditas cujas.
    E por Garuva, parentes demoraram cerca de 8 horas para chegar em Curitiba, a 130 km daqui. O que adianta reduzirem IPI e venderem carros se não há ruas e estradas para que eles rodem? Pago colégio, pago plano de saúde, pago segurança privada, pago impostos (um dos mais altos do mundo) pago pedágio e mesmo assim perco metade do feriado dentro do carro por total falta de infraestrutura neste estado. E se é assim aqui pertinho da capital, num litoral minúsculo que não tem a mínima condição de receber turistas do estado todo, imagino como deve estar a situação no interior do Paraná.

  12. Caro Esmael
    A CEJEN apresentou algumas alternativas de projeto sob a forma de PPP, quando esta sigla ainda não existia. Participamos de Audiencia Pública em Matinhos promovida pelo Instituto de Engenharia do Paraná, CREA, Assembleia Legislativa, Sociedade dos Amigos de Guaratuba, etc…teve todo tipo de opinião contra e a favor. Este fato ocorreu há quase 20 anos. A licitação foi feita pelo então Governador Álvaro Dias em final de mandato. Roberto Requião foi quem sucedeu e anulou a licitação contribuindo para deixar o litoral paranaense no estágio que se encontra. Se achar interessante entre em contato conosco que dispomos de muitos estudos, tanto do projeto estrutural da ponte como os estudos de viabilidade de tráfego que por certo precisão ser atualizados.

  13. Filas como essa acontecem raras vezes ao ano – feriados emendados, e não são justificativas para a construção dessa ponte. Existem outras prioridades, outras carências na área da infraestrutura em nosso Estado. Mesmo quanto a pontes: a de Terra Rica – Presidente Prudente/SP, para substituir a balsa no porto Euclides da Cunha; a do Porto São José – Paraná-Mato Grosso do Sul, municípios de São Pedro do Paraná e Bataiporã, do lado de lá do Paranazão. Muitos que estão postando favoravelmente, do Estado, conhecem Curitiba-Litoral. Só.

  14. Quem é contra a construção da ponte, que venha enfrentar a “pequena fila” que se formou no dia 27/12! Duvido que não mude de opinião! Vejam o vídeo de Dirceu Muniz! http://youtu.be/0RJJsAV8t2k

  15. Tamos juntos Esmael; tenho a tvlitoralpr.blogspot.com.br tvlitoralpr.com e vamos somar na campanha vamos divulgar para melhorar nosso litoral já compartilhei com vc vamos que vamos rrsss

  16. PONTE JÁ !!
    Até quando vamos ver o descaso com o nosso litoral ?
    Temos que nos unir e lutar por esta obra, é essencial para um melhor desenvolvimento de nossas praias assim como a limpeza das mesmas.
    Nosso litoral está precário !!

  17. Concordo com a sua campanha e espero que nao fique apenas nesse post. Quanto aos que são contra, tenho a dizer que é a infraestrura que leva aí desenvolvimento. Quem sabe após essa ponte nao se vislumbre estradas ligando os portos de santa Catarina e Paraná? Dessa forma a appa poderia até acabar com aquela fila ridícula na épica da safra…

  18. A ponte rio niteroi foi mesmo .no parana pra onde esta indo os recursos do estado para obras ?as 4 grandes redes de tv sabem. mas no caso de guaratuba é obrigação do estado. segundo o que consta ,jaime lerner ,requião , e richa não fizeram ,não fazem porque não querem! não adianta tampar o sol com a peneira .muitas obras o partido verde e contra ,por que ?quem gosta de andar de acordo com a natureza deve andar nu! antes de me chamarem,eu digo sou burro mesmo!

  19. Bobagem Esmael!!

    O Estado precisa resolver outras prioridades, não há apelo econômico, nem social nessa empreitada. Na tua condição de blogueiro e frequentador do litoral é fácil propor.

    A minha vida também facilitaria e muito com a obra, gosto de Guaratuba sairia tranquilo de Matinhos cedinho e um minuto atravessaria a baia de guaratuba.

    Agora, ponte estaiada? Não foi você que deu espaço para a critica da ponte de Curitiba?

  20. Ironia, sr. Algacy, é especialidade do seu senador. Aquela que humilha, que degrada, que achincalha. Venenosa e estúpida, beirando às vezes, as raias da deseducação.

    Quase ironia, sr. Túlio, é aderir à campanha em causa própria, desconhecendo que no quesito de infraestrutura em nosso Estado, existe uma dezena de obras necessárias, bem mais importantes e vitais social e economicamente que a ponte Matinhos – Guaratuba.

    Quanto as parcerias público privadas as quais o dinâmico jornalista e ex-vereador/deputado se refere, d’ora em diante elas até poderão ser desenvolvidas, pois os empresários hoje, perderam o medo que sentiam ontem, de se sentarem à mesa de negociação com o governo.

  21. O Paraná é um dos Estados mais atrasados em infraestrutura do Brasil.

  22. Ô Algacy Túlio: E se o governador entender de fazer a ponte e encaminhar projeto e pedido de empréstimo, cê fala pro seu senador não vetar?

    • Caro amigo Parreiras Rodrigues. Entendi bem sua ironia, mas tudo bem. Primeiro acho que não precisa de empréstimo. O Governo lança o edital e abre a possibilidade para as PPP(parcerias públicas privadas) ou consórcios das empresas. Quem ganhar vai explorar por 20 anos cobrando pedágio, como está inserido no artigo 6º da Constituição Estadual de 89 que eu ajudei a fazer quando Deputado. Por outro lado, se necessário for, irei sim ao Senador Requião para que ele de aval se necessário o empréstimo, porque não? Feliz ano novo para você.

  23. Ta mais que na hora de melhorar este litoral, enquanto outros Estados fazem obras para melhorias, aqui na Provincia a linha Verde demora mais de 5 anos para fazer poucos quilometros, e a ponte esqueçam, o Governo não tem interesse, penssem na próxima eleição

  24. Esmael, falarei algumas bobagens aqui: ponte é pra tráfego pesado, não pra final de semana com a família; outra coisa é que a malha rodoviária nacional está direcionada para o porto de paranaguá e não para guaratuba. 1. uma ponte ali só pra atravessar veranistas não se paga, a manutenção da estrutural (corrosão marítima que é forte, troca constante das peças de encaixe e cabos de sustentação, pinturas anti-corrosivas, mão-de-obra mais do que especializada, tanto no fundo do mar quanto nas alturas dos pilares) tudo muito caro, precisaria de subsídios do governo (podem chamar de PPP se quiser), tal como a URBS, mesmo pagando passagem, ou seja, mais impostos ; 2. olhe para aquela rua que vem de ‘sertãozinho’, passa por matinhos até o bote, cheia de lombadas, não aguenta tráfego pesado; e aquela outra lá em guaratuba ambém não aguenta. 3. Acho que só existe uma esperança para esta ponte, que seria a ligação, de ponta a ponta, entre os portos de paranaguá e aquele de santa catarina, dae sim o trafego pesado pagaria a ponte e as novas rodovias, que passaria por fora de Guaratuba e não no meio da cidade. Agora, como o porto de paranaguá lucra com as enormes filas e atrasos, esta solução levaria a produção do centro-oeste brasileiro para SC.

    • J vc fez o comentário sensato. O restante não esta analisando a viabilidade custo/beneficio esta ponte. Estão apenas analisando questões de comodidade. Hj já é possível atravessar de um lado para outro com relativa facilidade. Uma ponte deste tamanho não justifica com a população que existe no local fora da temporada.
      Quantas escolas e quantos anos de excelentes salários para gerações de professores poderiam ser pagos com o dinheiro desta ponte?
      Por muitas escolas de altissima qualidade em guaratuba e caioba ao invés de um monte de concreto. E um monte de lucro para empreiteiras!

  25. – Fará um bem enorme para a economia litorânea, facilitará a vida social e real dos moradores de Matinhos e Guaratuba!

  26. Só para lembrar aos amigos que prestigiam o blog do esmael, a construção da ponte como já disse, esta inserida na Constituição do Estado do Paraná a qual ajudei fazer em 89 quando era Deputado. Foi o ex-Deputado Antonio Anibelli que brigou por isso e hoje está lá no art.6º da disposições transitórias. Existem várias alternativas para sua viabilidade e no texto está la…”o Governo, iniciativa privada com as PPP(parcerias, públicas, privadas) com cobrança de pedágio. Entendo que é uma luta muito grande e até muito dificil de se concretizar, mas o que não podemos é ficar inerte e esperar por um milagre. Os nossos governantes não podem deixar as coisas só na promessa de época de camapnha eleitoral. Hoje como morador de Guaratuba(oficialmente após 1º de janeiro/2013), me sinto na obrigação de me envolver nos assuntos daqui. A PONTE JÁ foi a primeira campanha, depois vamos cobrar a questão do saneamento básico, a duplicação do trecho Guaratuba/Garuva, um Centro médico Cardiológico e outras coisas mais. VAMOS A LUTA, SÓ NÃO PELEIA QUEM ESTA MORTO.

  27. https://twitter.com/1ten_fabio –> Tem meu Total e Irrestrito Apoio!!! Vamos fazer tremer o Twitter!!! #PonteJa

  28. Muito bem caro Esmael… uma BOA causa pelo NOSSO litoral paranaense … depois da morte do Dino Almeida ninguém mais falou sobre ISSO …

  29. ESMAEL A CAMPANHA PELO GOVERNO DO ESTADO “JÁ ESTÁ NAS RUAS” VEJAM ESTA: O Governador Beto Richa detona o Senador Roberto Requião na Abertura da Operação Verão. Cassete puro…! http://www.youtube.com/watch?v=GekKqhO15cg&list=UUHF2H–2RwbzAu2WHQNjI_w

  30. Quem ficará triste será o dono das balsas… Vai ter que dar muita propina pra não largar o osso… Já já vão engavetar o processo novamente…

  31. Sou contra,

    pois fora da temporada o fluxo eh minimo.
    O lógico (que não eh realizado pois coisas lógicas dão medo ao governantes) seria ter 3x mais balsas durante a temporada. E fora da temporada encosta as balsas num canto. Assim as balsas iriam durar muitos e muitos anos.
    O custo da ponte é muito alto. Se fosse possível fazer uma ponte com um custo interessante. dai sim eu seria a favor.
    Mas a área em sí é bem complicada ambientalmente. Encarecendo e muito qualquer alternativa de ponte. Se bobear um túnnel por baixo da bahia seria té mais barato, vide vários exemplos ao redor do mundo.

    Outra coisa que faz falta é alternativa de barcos para pedestres e ciclistas ligando caioba até guaratuba. Direto, sem ter que ir lá no embarque do ferry boat. Isso sim seria algo que fomentária o comercio e turismo. E ainda sim seria muito util para os moradores locais.

    Lutem por algo mais viável, como a idéia do barco acima. Não tem sentido construir uma estrutura enorme para levar 1 ton de lata (os carros) de um lado para outro. Se o que importa são as pessoas.

    • Olá Marcelo X poderia mostrar sua identidade, mas tudo bem: Respeito sua opinião mas vou dar a minha. A ponte vai proporcionar inúmeros benefícios para a região… a fila deste final de ano 2012, que tal mudou de opinião; antes vejo inúmeros turistas mudando suas rotas para conhecer o litoral PR, inúmeros caminhões interligando portos, progresso em geral etc. etc e etc sou paranaense e amo o litoral mas estamos na era da pedra atrasados em referência a outros Estados deveria até construir estrada beira mar até ligar com as rodovias de São Paulo pensou nisso.

  32. ESMAEL A PONTE SOBRE A BAIA DE GUARATUBA FOI UMA DAS PROMESSAS DE CAMPANHA DO ENTÃO CANDIDATO A GOVERNADOR BETO RICHA! E o atual titular da Secretaria de Infraestrutura e Logística o Sr. José Richa Filho (Irmão do governador) que é Engenheiro civil pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, pós-graduado pela Sociedade Paranaense de Ensino e Informática. Que foi diretor administrativo e financeiro do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), do Paraná e diretor administrativo-financeiro da Agência de Fomento do Paraná S.A. Sendo que também foi secretário Municipal de Administração da Prefeitura de Curitiba: SERIA O RESPONSÁVEL POR ACABAR COM ESTAS BALSAS ATRASADAS E RÍDICULAS EM TODOS OS SENTIDOS! Ou seja, quando eles descem para o litoral sobrevoam estes problemas porque se deslocam de helicóptero! RESUMINDO: DANE-SE OS OUTROS! http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/verao/conteudo.phtml?tl=1&id=1330915&tit=Fila-no-ferryboat-chega-a-3-quilometros-na-tarde-desta-quarta-feira

  33. Eu apoio a construção da ponte . porque a ponte rio -Nieroi ,foi construido para encurtar caminho. não como unico acesso ,que o casso dai. então as balsas são absoletas ! a bahia guanabarra tambem tem muita merda ,desde dos anos 70.

    • A grande diferença é que a ponte Rio-Niterói foi construída pelo Governo Federal com recursos dos trabalhadores no caso FGTS e INSS. Se os nossos representantes em Brasília (DF) como os Senadores e Deputados Federais representasse realmente o povo do Paraná eles também poderiam lutar junto ao Governo Federal para a construção em conjunto com o Governo Estadual dessa tão necessária e sonhada obra muito importante para o litoral paranaense.

      • Mas mesmo construída com recursos da PREVIDENCIA SOCIAL, tem

        pedágio na dita ponte, ex-maior do mundo, e pasmem, o mesmo não

        retorna para a PREVIDENCIA SOCIAL…

        Exatamente como uma rodovia federal, que um governador duplicou com

        dinheiro do Estado, e recentemente foi privatizada… Não seria o caso,

        Esmael, de questionarmos “cade o dinheiro”?

        • Roberto:

          Muito boa a lembrança. Neste País, atualmente e de há muito tempo, existem tantas falcatruas e acordos nebulosos que a gente não consegue entender.

  34. Esmael,
    MENOS … BEM MENOS!
    Esse governo não consegue cuidar do que está aí, você acha que ele vai construir uma obra desse porte?
    Cara… mandato de governador é que nem caxumba, se você não cuidar vai pr’o saco.

  35. ” doni”, explique-nos melhor o seu comentário, por favor. As praias do litoral paranaense também estão poluídas a exemplo de SP e RJ ? E por quê será que a turma da pedagiomania, da Lei de Gerson, não encara essa barra, digo obra ?

  36. Caríssimos amigos
    Desde o tempo da vovó Donalda, tenho ouvido estórias dessa ponte…e seria fantástico vê-la realizada. Mas, se vocês concordam que a ponte é importante, então vamos tecer alguns comentários, p.ex., as obras para evitar as ressacas(todos os anos), pois as ultimas nem sequer foram tocadas, o problema da limpeza das areias( que ste ano foi suspensa), a falta de obras para facilitar acessos rodoviários , a estrutura para atendimento aos turistas…estamos a décadas de nossos vizinhos catarinenses. Por falar em catarinenses, o governador não freqüenta mais nossas praias, ele prefere Santa Catarina, e nisso eu concordo, os governos catarinenses investem muito no turismo, já os nossos….

  37. Primeiro, a Estrada Boiadeira. A cada semestre, vai lá um ministro numa pompa dana e dá ordem de serviço de meia dúzia de kms.

    Ontem, na tevê, o tre-baa dos chinees: 10.000 kms a 300 kms. por hora.

    Aqui, a transposição do São Francisco … bah! deixa prá lá.

  38. Sou contra, existem outras prioridades para o dinheiro público!!!! Todos sabemos que a SANEPAR joga o esgoto sem tratamento nos rios. Que tal investir em tratamento de esgoto? Os banhistas do litoral vão agradecer.

    • vai ficar 3 horas na fila pra poder vir embora… ninguem merece.. guaratuba, itapoa ta tudo “ilhada” não tem como sair de la em caso de emergencia…
      tem que fazer a ponte SIM

    • Concordo com vc, Roberto, Guaratuba tem outras prioridades! Querem benefícios p Guaratuba e Matinhos? Então melhorem a saúde, a segurança, aumentem as opções de trabalho. Essa ponte é para beneficiar turistas e não moradores, e os turistas que encarem a consequência de vir para Guaratuba ou Matinhos, se não, fiquem em casa. Essa ponte se for feita no Bairro de Caieiras ou no Porto de Passagem, ira prejudicar os moradores, podem até perder suas casas, e sabemos que a indenização (se houver) não sera de acordo com o que realmente vale. Não sou contra a ponte, sou a favor de prioridades!!!

  39. podiam transferir este viaduto estaiado que nao serve pra nada aqui na av das torres la pra matinhos. rsrs
    la sim seria interressante aqui um viaduto normal que estaria otimo.
    se o beto boy fosse um bom governador ele dava andamento a esta obra e colheria os frutos.
    arrumar as praias ja é obrigação de qualquer governo porque renderia muitos turistas para o parana que preferem santa catarina, mas a ponte é uma reevendicação antiga daquele povo a muito tempo, nao só para ir para santa catarina não, mas porque hoje a uma divisao brutal entre matinhos e guaratuba, então nao acho besteira ponte la não.

  40. No governo do Álvaro já tentavam viabilizar o projeto. Cheguei a trabalhar no sentido de viabilizar local para a produção de pedra brita para a obra.

  41. Parabens amigo Esmael. A sua entrada na campanha é de fundamental importância para possamos convencer os governadores (Estadual e Federal) a investir com a iniciativa privada na construção da ponte. Para alguns pode parecer um sonho, mas para os otimistas é uma realidade. Agora como morador de Guaratuba me sinto na obrigação de me envolver com a comunidade sem nenhum interesse político. Preciso me ocupar para não ficar ocioso e já me coloco a disposição da comunidade Guaratubense para com ela colaborar.

  42. Vamos ver os paranaenses lutar por isso? Donos do menor litoral e do mais descuidado do Brasil…
    Sou a favor da ponte e que seja estaiada, ficaria mui bonita, depois que limpem as praias 😉

  43. Tenho casa em Guaratuba e “Ponte Estaiada” (tá na moda, rsrsrsr) já!!!!! Já foi pior a espera. Lá pelos 80’s chegava a bater mais de duas horas! O negócio então era a família atravessar e pegar um táxi do outro lado. O paizão encarava a fila! Não era fácil! Portanto: PONTE JÁ! Tô dentro!

  44. De que adianta uma ponte sobre um mar de coliformes fecais????? Só se for para encurtar a distancia para Santa Catarina. A campanha certa seria a de arrumar as praias. Aí sim.

    • So se for pra vc vir catar seus coliformes fecais seu porco. Por acaso vc ja paseou nas nossas praias? tenho certeza que nao, pq vivo aki ha anos e nunca encontrei coliformes fecais de seus familiasres que vivem o aki….

  45. Pow é verdade, morava em Paranaguá quando lançaram o projeto, hoje moro em Curitiba mas além da fila e demora para atravessar com o ferryboat o turista tem um gasto a mais, e os moradores de Guaratuba não tem a liberdade de ir e vir a hora que querem, sempre tem que voltar cedo porque se não companhia fecha o ferryboat e eles ficam sem ir para casa!

    “Ponte Já” eu acho que é vago demais, se for mesmo lançar a campanha Ismael pense em um nome melhor! mais claro!