Artigo de Marcos Coimbra: “A imprensa trata FHC com carinho”

Sociólogo Marcos Coimbra.

por Marcos Coimbra*, via blog Luís Nassif

à‰ enternecedor o carinho de nossa grande imprensa com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Sempre que o entrevistam, é uma conversa amena. Percebe-se a alegria dos jornalistas em estar na sua presença.

O tom é cordial, as perguntas são tranquilas. Tudo flui na camaradaria.

O que não chega a ser surpreendente. FHC é um boa prosa, que sabe agradar os interlocutores. Além de ser uma pessoa respeitável, seja pela trajetória de vida, seja por sua maturidade.

Natural que o tratem com consideração.

Estranho é constatar que a amabilidade com que é recebido não se estende a seu sucessor. A mesma imprensa que o compreende tão bem costuma ser intransigente com Lula. Para não dizer francamente hostil e deselegante.

Quem lê o que ela tem falado a respeito do petista nos últimos dias e o compara ao tratamento que recebe Fernando Henrique deve achar que um deixou a Presidência escorraçado e o outro sob aplauso. Que a população odeia Lula e adora o tucano.

Esta semana, tivemos mais um desses bate-papos. Saiu na Folha de São Paulo.

FHC discorreu sobre o Brasil e o mundo. Falou do PSDB, de Aécio e Serra. Meditou sobre o julgamento do mensalão com a sabedoria de quem o vê a prudente distância. Opinou sobre Dilma e Lula. Contou de sua vida particular, a família e os amores.

Foi uma longa conversa, sóbria e comedida – embora com toques de emoção.

Mas foi frustrante. Acabou sendo mais uma oportunidade perdida para ouvir FHC sobre algumas questões que permanecem sem resposta a respeito de seu governo.

à‰ pena. Não está na moda passar o Brasil a limpo!? Mudar o Brasil!? Ser firmes e intransigentes com a verdade!?

Ninguém deseja que Fernando Henrique seja destratado, hostilizado com perguntas aborrecidas e impertinentes. Que o agridam.

Um dia, no entanto, bem que alguém poderia pedir, com toda educação, que falasse.

Que contasse sua experiência como líder do governo Sarney no Congresso, quando viu (só viu?) mais de mil concessões de televisão e rádio fazer parte das negociações em troca de apoio parlamentar.

Que descrevesse o projeto do PSDB permanecer no poder por 20 anos e como seria posto em prática, quais as alianças e como seria azeitado (sem esquecer a distribuição, sem licitação, de quase 400 concessões de TVs educativas a políticos de sua base).

Que relembrasse os entendimentos de seu operador com o baixo clero da Câmara para aprovar a emenda da reeleição. Quanto usou de argumentos. E o que teve que fazer para que nenhuma CPI sobre o assunto fosse instalada.

Que apontasse os critérios que adotou para indicar integrantes dos tribunais superiores e nomear o Procurador-Geral da República. Que explicasse como atravessou 8 anos de relações com o Judiciário em céu de brigadeiro.

Que refletisse sobre o significado de seus principais assessores econômicos tornarem-se milionários imediatamente após sair do governo – coisa que, se acontecesse com um petista, seria razão para um terremoto.

Enfim, FHC poderia em muito ajudar os amigos. Esses que fingem ter nascido ontem e se dizem empenhados em limpar! a política.

Bastaria que resolvesse falar com clareza.

No mínimo, diminuiria a taxa de hipocrisia no debate atual e reduziria o papo furado. O que é sempre bom.

*Marcos Coimbra é presidente do instituto Vox Populi.

24 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. FHC não se exime de suas responsabiliddaes, ao contrário de Lula, que nunca sabe de nada. Só do que lhe convém, logicamente. Não lembra, por exemplo, que o PT foi contra o Plano Real, quando de sua proposição, em 1994. Dilma diz que o partido sempre apoiou o plano. Mentira ou memória seletiva?

    Além disso, FHC não sai atirando contra todo em qualquer veículo de comunicação, sempre que sai uma reportagem a seu respeito, ou a respeito de algum de seus aliados. Primeiro, pondera sobre o assunto, para depois emitir opinião a favor ou contra, mas sempre de forma respeitosa. Já Lula… bom, não preciso continuar.

    Esta é a razão pela qual FHC goza da consideração e “carinho” da imprensa, e Lula, não. Lei da ação e reação.

  2. Hheheheheheheheheh, todos as pessoas q gostam de uma manguaça, tem traços bem definidos em sua façe.KKKKKKKKKKKKK, Falando o português claro!
    todos os bebum, paus-d’água tem a cara amaçada mesmo,igual caminhoes mercedes cara chata antigos da década de 50/60.
    ngraçado né? Ñ vejo mas ninguém, falando do ex presidente LULA? Heheheheheheheheh, ja sei…É porq viram a cara de mercedes cara chata do AÉCIO… Eu tambem ja observei a cara de paud´àgua do homem,DO AÉCIO DO PSDB. O CARA GOSTA DEUMA MANGUAÇA. engraçado… porq os tucanos do DEMO,ñ dizem nada??? Eita tucanadas do DEMO!!!! Vcs ñ tem jeito mesmo!!!!

  3. Jacob, e os “companheiros” que se exilaram em Cuba? Ou melhor, não foi um exílio, foi um período de treinamento. A guerrilha não foi e jamais será ato de patriotismo. A guerrilha dos idolatrados (por aqui) petistas (Zé Dirceu, Genoíno, Dilma…) nunca correspondeu aos anseios populares, nunca quis a democracia, e sim a substituição de uma ditadura por outra.

    Não há como negar o posicionamento diferente pessoas como Fernando Henrique Cardoso, Ulysses Guimarães, Leonel Brizola, citando aqui diferentes referências ideológicas, mas que lutaram por apenas um ideal: a democracia.

    O governo FHC foi um marco, definitivamente. A economia tinha começado a respirar no governo Itamar (com FHC no ministério), e FHC deu sequência ao plano de estabilizar a economia. Além disso, colocou em prática programas sociais. É óbvio que a questão social avançou muito mais com Lula, mas isso só foi possível por conta de uma política econômica de sucesso dos governos anteriores.

    Escândalos existiram, com certeza, mas ainda não foram trazidos a tona, não surgiu ainda (e talvez, infelizmente, nunca surja) um Roberto Jefferson para detonar a bomba. E se um dia surgir, que sejam investigados e condenados os eventuais culpados com o mesmo rigor que foram os petistas: o rigor da lei, pura e simplesmente.

    Realmente fica feio para um presidente de um instituto de pesquisa de opinião ser tão partidário. Existem certos cargos que exigem determinadas posturas.

  4. E não poderia ser o contrário com um cidadão educado e gentil como FHC, isso sem falar que foi o cara que transformou a realidade social deste país, pois sem plano real, que Lula era totalmente contrário, o país não estaria onde está hoje e Lula não teria feito a revolução que fez (se não tivesse roubado tanto seriamos ainda melhores)…

  5. Tratam-no com respeito que ele não tratou a economia brasileira. Pois quando assumiu o governo, o Brasil ocupava o 8º lugar na economia, quando ele entregou a Lula, o Brasil ocupava a 16ª posição na economia mundial.
    Isso é inedito na historia do mundo, um pais cair tanto em sua economia, mesmo em paises totalmente corruptos, como foram Ferdinando Marcos, Reza Palev, Stronner, alguem conseguiu tamanho feito.

  6. Respeitavel? ate a Mirian Dutra acha que ele merece todo o “respeito”.

  7. Fernando Henrique Cardoso se disse a favor da liberação da maconha. Não disse que se chapava.

    A discussão sobre droga é complexa, é motivo de estudos científicos e já rendeu milhões de páginas.

    Agora, todo mundo sabe que a cachaça – da qual Lula não faz questão de esconder sua afeição por ela, é muito mais danosa, mais prejudicial que a maconha.

    Nunca se viu FHC em público, dando sinais de que havia feito uso de qualquer substância alucinógena, entorpecente, mas Lula, muitas vezes a Imprensa o flagrou em estado etílico não recomendável para o seu status.

    Baita bebum, O Chefe.

  8. Enfim, FHC o “estadista” que é a favor da legalização da maconha, tse, tse…

  9. Fernando Henrique Cardoso, o “príncipe” do psdb e da PIG (Parte da Imprensa Golpista) e José Serra, em 1964 auto exilaram-se no Chile, quando Salvador Allende era Presidente. Mas, quando General Augusto Pinochet, bombardeou o palácio La Moneda (apoiado pela CIA dos USA) instalando + uma DITADURA, novamente ele e J. Serra, auto exilaram-se então, na França ( “resistentes” ??? patriotas ???).O ex-presidente LULA, pode não ter curso superior, como gosta a DIREITA “tupiniquim”, mas é um homem SÁBIO. Governou o BRASIL, por tempo igual ao fhc, tirando 40 milhões de brasileiros da pobreza. fhc, governou só para os ricos (banqueiros e grandes empresários…e outros priveligiados…!

  10. Todos tiveram seus erros e acertos, roubos todos os governos passam por isto, agora duvido aquele que depois de eleito em sua posse, dizer de hoje em diante se eu souber quem rouba no meu governo, seja ele de primeiro ou de trigésimo escalão vai pra cadeia. E realmente cumprir este sera o melhor. Acho que o Lula foi melhor que o FHC, pois só a entrega da VALE, já foi a maior traição a nossa pátria, me desculpem se estou falando besteira.

  11. Lembrando os menos avisados:
    O segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso (1999-2003), foi um verdadeiro desastre, não trouxe crescimento econômico e o Brasil viveu em recessão. Com a desvalorização da moeda que estava atrelada ao Dólar ocorrida no início de 1999 a inflação disparou, trazendo aumento generalizados dos preços, nosso presidente usando a receita dos países economicamente destruídos, recorreu sucessivamente ao FMI. No segundo semestre de 2001, a crise interna de energia elétrica que ficou conhecida como “apagão” levou o governo a impor à população e às empresas a um plano de racionamento de energia elétrica, como consequência da incompetência do governo federal, houve a queda da produção industrial, aumento da inflação, desemprego e um pedido de socorro junto ao FMI em agosto de 2001, de 13,8 bilhões. A renda média do trabalhador brasileiro caiu de R$754,00 (1996) para R$590,00 (2002). Em 2002 as aplicações financeiras no país foram suspensas e o preço do Dólar disparou chegando a R$4,00 (outubro de 2002), a inflação atingiu 12,5%, diante do desespero FHC recorreu novamente ao FMI e obteve mais 30 bilhões de dólares (obs: dívida que posteriormente foi paga no governo Lula – hoje o Brasil é a 6ª maior economia do Mundo e credor no FMI). Isso sem contar os escândalos da reeleição e das privatizações (entrega vergonhosa do patrimônio público aos interesses privados), FHC declarou publicamente que não acreditava em Deus, fez campanha pela liberação do uso da maconha e chamou os aposentados de vagabundos, tanto fez que não conseguiu fazer sucessor (Serra foi derrotado por Lula em 2003)

  12. Nomeou o procurador geral engavetador chamado Geraldo Brindeiro, mais de 600 processos engavetados, mandou fechar escolas técnicas, tucano é uma catástrofe pra governar.

  13. No blog ainda aparecem algumas viúvas do FHC, que vergonha. Esse cara quebrou 3 vezes o Brasil, o homem da emenda da reeleição por R$ 200.000,00 pra cada deputado, tse, tse…
    Xingou os aposentados de vagabundo, vendeu estatais a preço de banana, risco Brasil nas alturas. E tem gente que acha que ele é o cara…

  14. Ô Esmael – Cê não acha que não fica bem um presidente dum insituto de pesquisa de opinião, tomar partido?

    Quem crerá na imparcialidade – a mais exigida referência da empresa, na divulgação dum trabalho?

  15. acontece que quem deu dinheiro para jornaloes/revistas e tvs nao quebrarem foi fhc e nao lula,do lula eles tem raiva, do fhc tem saudades, querem a todo custo que volte alguem proximo ao fhc, para derramar trilhoes na imprensa golpista,mas vao ficar so no sonho, em 2014 dilma se relegera com com 80% dos votos, isto ja no primeiro turno, em 2018 a presidente do brasil continuara sendo uma mulher, e todos a conhecem e a aprovam, a saber… gleisi hoffman,governadora eleita no primeiro turno em 2014, e presidenta eleita em 2018, tambem no primeiro turno.

  16. e que ninguem pode contrariar o patrão todas concessões de radio e tv brasil afora que foi dado a politicos do psdb o pt não tem conseção de radios por isso a as cassetada no lula e na dilma todas as concessões estão nas mãos do psdb por isso que tem discurso ameno com FHC e com lula so porrada lula olhou o pobre FHC e o psdb ajudam os ricos.

  17. Prezado Carlos,
    escrevo com nome e sobrenome. Conheço pessoalmente FHC e Lula, portanto, no meu entendimento FHC foi um grande presidente e é um grande homem. Contribuiu e muito para o Brasil poder “avançar” como alguns dizem.
    Com relação a maconha, quem está preocupado com isso me parece você.

  18. Marcos Coimbra está cada vez mais míope. Se enxergasse um pouco a frente de seu nariz,já teria visto que o antigo Lula que ele conheceu , se transformou numa triste figura de ex presidente com um super ego ,semi analfabeto ,de moral duvidosa ,que ainda acha que com sua conversinha de buteco enrola o povo brasileiro. Nem se compara com a figura de FHC , que com todos os seus erros ( mais da tucanada em volta dele ) é um exemplo de dignidade , cultura e verdadeiro apego por este país .

    • Apego por este País???O Homem quase arrebentou a bunda do Brasil.
      O homem quase matou o povo Brasileiro de fome.
      Ocara vivia com o pires na mao junto ao FMI.

      Heheheheheheheheheheheheheheh, tem gente q anda fumando muita pedra…

  19. Parabéns Tiago Guetter, você entende muito de Brasil. Vamos ver então: Aonde foi parar os recursos (Dinheiro) das vendas das Estatais ?????? Tratava o pobre como se ele não existisse. Perdão, esqueci, não foi tão assim.
    Lembra-se que ele queria dar dentaduras para o povo (pobre) que não tinha dentes????? Pura demagogia. Bem não vou escrever mais nada e sabe por que??? O exemplo de como o PSDB (Fernando Henrique Cardoso) está ruindo é perda da Prefeitura de São Paulo. Coitado do Alkimin, já já vai cair também.

    Mais numa coisa posso concordar com você: ele quer liberar a maconha, daí tudo mundo vai ficar doidão, e todos vão votar nele novamente, menos você é claro, pois já ta doidão pela sua escrita no comentário.

  20. Por via de consequência, o paradoxalmente sugerido tratamento “menos carinhoso” que LuLLa, Zé Dirceu, PT majoritário e demais asseclas tem recebido da imprensa, possui origem em motivo óbvio e notório. São os repetidos e intermináveis escândalos nos quais sempre estão envolvidos…

    • Só que FHC e o PSDB tem os seus muitos e cabeludos escândalos devidamente abafados e/ou escondidos pelos compadres da grande imprensa e do então procurador da república. Aí fica fácil posar de santinho.

  21. Independente de partido, afirmo que FHC foi um grande presidente, não há como negar !