22 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
75 Comentários

“Se Dirceu fosse preso, Barbosa seria expulso do STF”, diz Requião

do Brasil 247

Governador do Paraná durante doze anos e senador que ainda tem mais seis anos pela frente, Roberto Requião (PMDB-PR) vive hoje na condição de um homem livre. Pode dizer o que pensa sem se importar com as opiniões alheias. Dias atrás, ele impediu a votação de um empréstimo de R$ 350 milhões que seria tomado por seu estado e foi chamado pelo governador Beto Richa, do PSDB, de “traidor do Paraná”. Ao 247, Requião concedeu entrevista em que falou sobre este e outros temas. “O Beto está perdido e acabado. Devia saber que um empréstimo deve ser tomado para realizar investimentos e não para gastos correntes”, afirmou. “Infelizmente, o Paraná tem hoje um governador que brinca de dirigir Ferrari em Londrina com macacão do Ayrton Senna”.

Requião faltou também sobre o processo do mensalão. Defendeu a convocação do procurador-geral Roberto Gurgel pelo Senado para prestar esclarecimentos sobre sua conduta. “O que ele fez foi uma manobra para fraudar a vontade do plenário”, disse o senador, referindo-se ao pedido de prisão antecipada, retirado na segunda-feira, quando seria rechaçado pela maioria dos ministros, e reapresentado na quarta. Segundo Requião, se Joaquim Barbosa acatasse, seria deposto pelo plenário do STF ou pelo Congresso. Confira, abaixo, os principais trechos da entrevista:

247 – O governador do Paraná, Beto Richa, acaba de chamá-lo de traidor do Paraná por ter levantado empecilhos a um empréstimo. O senhor não deveria ter ajudado seu estado?

Roberto Requião – Foi exatamente o que eu fiz. Em 2002, quando quando eu assumi o governo, o Paraná estava quebrado pelo excesso de endividamento, deixado pelo governo do Jaime Lerner, que tinha como grande operador o Cássio Taniguchi !“ o mesmo que atua hoje no governo do Beto. Foi essa situação que causou a privatização do Banestado e a quase privatização da Copel, bem como a venda de parte do controle da Sanepar, o que eu consegui evitar. Além disso, venderam a folha de pagamentos dos funcionários para o Itaú e continuaram devendo ao banco. Um trambicaço. O modelo deles é muito simples. Quebram o estado e depois privatizam.

247 – Esse empréstimo não era importante?

Requião – Não. Se fosse um projeto estruturante, que gerasse investimento e crescimento futuro para o Paraná seria uma coisa. Mas aumentar gastos correntes e fazer agrados para alguns prefeitos para ajudar o Beto a se reeleger não faz o menor sentido.

247 – Ele terá dificuldades para se reeleger?

Requião – A meu ver, está perdido. Não tem criatividade, não governa e gosta de dirigir Ferrari vestido com o macacão do Ayrton Senna, quando vai a Londrina. O Paraná, infelizmente, tem um playboy no governo. Um hedonista.

247 – Ele afirma que recebeu uma herança maldita.

Requião – à‰ verdade. Ele recebeu uma herança maldita, mas foi genética.

247 – O senhor já foi três vezes governador. Pensa em se candi Leia mais

22 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
12 Comentários

Relato da quase prisão de Dirceu

A jornalista Mônica Bergamo relata em sua coluna de hoje, na Folha de S. Paulo, os momentos de tensão vividos pelo ex-ministro José Dirceu, nas primeiras horas de ontem (21), quando esperava ser preso.

Dirceu falou à  colunista sobre as condições carcerárias do país, da luta política que fez nos últimos 7 anos e da sua sugestão ao PT de levar 200 mil pessoas à s ruas, em fevereiro, para fazer a disputa política. “à‰ preciso dar uma demonstração de força”, opinou.

José Dirceu comparou os órgãos de investigação à  polícia política do regime nazista de Hitler. “O Ministério Público e a polícia com esse poder, esses grampos… isso está virando uma Gestapo. Quando as pessoas acordarem, pode ser tarde demais.”

Leia a íntegra da coluna de Mônica Bergamo:

à€ espera da polícia

O interfone tocou ontem à s 5h30 da manhã na casa do ex-ministro José Dirceu, na Vila Mariana, em São Paulo.

Um de seus advogados, Rodrigo Dall’Acqua, e a Folha pediam para subir.

O porteiro hesita. “Como é o seu nome? Ele [Dirceu] não deixou autorização para vocês subirem, a gente não chama lá cedo assim.” Ele acaba tocando no apartamento do ex-ministro, ninguém atende. Dall’Acqua liga para o advogado José Luis Oliveira Lima, que está a caminho. Telefonemas são trocados, e Dirceu autoriza a subida.

Na saída do elevad Leia mais

22 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
35 Comentários

Richa confirma candidatura à  reeleição e diz que professores tiveram 35% de aumento; ouça

Richa diz que deu maior reajuste do país aos professores, que discordam.

Richa diz que deu maior reajuste do país aos professores, que discordam.

O governador Beto Richa (PSDB) confirmou ontem (21), em entrevista a uma cadeira de rádios encabeçada pela CBN Cascavel, que vai mesmo disputar a reeleição ao Palácio Iguaçu. ... 

Leia mais

22 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
23 Comentários

Requião e Gleisi juntos! em 2014

Gleisi Hoffmann (PT), Beto Richa (PSDB) e Roberto Requião (PMDB).

Gleisi Hoffmann (PT), Beto Richa (PSDB) e Roberto Requião (PMDB).

Perdoe-me pelo trocadilho, caro leitor, mas é exatamente isso que está acontecendo nos bastidores da política paranaense: o senador Roberto Requião (PMDB) e a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, vão operar juntos! para desbancar o governador Beto Richa (PSDB) em 2014. ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo