21 de dezembro de 2012
por esmael
45 Comentários

Joaquim Barbosa amarela ao negar pedido de prisão a réus do mensalão!

Joaquim Barbosa amarelou diante das pressões do presidente da Câmara, Marco Maia, e do PT de Lula, que ameaçava sair à s ruas para defender os seus.

Joaquim Barbosa amarelou diante das pressões do presidente da Câmara, Marco Maia, e do PT de Lula, que ameaçava sair à s ruas para defender os seus.

O ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), amarelou, na tarde desta sexta-feira (21), ao negar pedido de prisão imediata aos réus da Ação Penal 470, chamado pela velha mídia e demotucanos de mensalão!. Leia mais

21 de dezembro de 2012
por esmael
19 Comentários

Fruet e secretários vão à  posse de bicicleta em Curitiba

Gustavo Fruet será seguido pelo secretariado na posse. Foto: Everson Bressan.

Gustavo Fruet será seguido pelo secretariado na posse. Foto: Everson Bressan.

O prefeito eleito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), decidiu tomar posse, no próximo dia 1!º de janeiro de 2013, pedalando da Câmara Municipal até a prefeitura. No percurso, de aproximandamente 3 km, o pedetista será escoltado! pelos novos secretários e integrantes do primeiro e do segundo escalão do governo. Leia mais

21 de dezembro de 2012
por esmael
22 Comentários

Confirmado: o Globo quer uma nova ditadura no país

do Brasil 247

Manchete desta sexta-feira do jornal de João Roberto Marinho acusa o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), de intimidar ministros do STF, quando o que está ocorrendo no Brasil é justamente o contrário; charge traz ainda um "Papai Gurgel" com um presente de Natal para os réus da Ação Penal 470: é Joaquim Barbosa com a chave da cadeia.

Manchete desta sexta-feira do jornal de João Roberto Marinho acusa o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), de intimidar ministros do STF, quando o que está ocorrendo no Brasil é justamente o contrário; charge traz ainda um “Papai Gurgel” com um presente de Natal para os réus da Ação Penal 470: é Joaquim Barbosa com a chave da cadeia.

Duas capas desta semana do jornal O Globo foram emblemáticas. A de terça-feira dizia que o Supremo não apenas cassava parlamentares, como também advertia a direção da Câmara para que se aquietasse. No dia seguinte, o Congresso não era mais tratado como um poder independente, mas sim como um ente rebelado da República. A adesão do Globo ao novo regime político que se instala no Brasil, a chamada “supremocracia”, fez com que o 247 colocasse a seguinte questão: “Será que o Globo quer uma nova ditadura?” (leia mais aqui). Leia mais